terça-feira, 30 de junho de 2009

ENTREVISTA


A ICE fofolete resolveu fazer umas mini-entrevistas com meninas da blogsfera, e eu participei!!

Foi muito divertido!!

Era pra responder rápido a primeira coisa que viesse à cabeça (isso nunca dá muito certo comigo.... eu sempre falo besteira, rsrs).

Mas foi engraçado e legal.

Dá uma espiada lá:

http://nonewsatall.blogspot.com/2009/06/elise-salada-mista.html (o blog ainda está sem me deixar colocar links diretos, não me pergunte por quê!)

Aff, fiquei me sentido toda, fina, importante e famosa, HAHAHAHAHAH.

VOLTANDO (CADA VEZ DEMORO MAIS, RSRS)

Daí que aquele dia eu VIREI MESMO a noite, e acabei o trabalho 7 da manhã.
Mandei a criança ao colégio, e praticamente HIBERNEI, ontem.

Mas, amarradona. Chega de reclamar de trabalho, né? Que bitch ingrata eu sou, rsrsrs - AMO meu trabalho, e as facilidades que ele me proporciona (ah, sim, e o salário, hehe).

Nossa festecha foi tudibom, mas me deu aquele cansaço bom idem.
Até quadrilha louca dançamos - ah, esses balzaquianos descompensados!!
As pessoas foram ótimas, levaram muitas comidas deliciosas, várias estavam à caráter, e chegaram cedinho pra curtir tudo...

Sabe quando vc tá com tantas notas mentais a fazer, que nem sabe por onde começar???

***
Tive um sonho terrível ontem. Eu estava fugindo de bandidos. Odeio esses sonhos; coincidência ou não, meses antes do arrastão, e meses antes do assalto em casa, sonhava essas coisas..

***
Sabe o que é MARAVILHOSO, DIVINO, SENSACIONAL, DO CARALHO???????????

É ver o CASTIGO VINDO A CAVALO!!! rsrsrs

Sabe como é??? Quando uma pessoa é tudo de mesquinha, fofoqueira, quer ver o circo pegar fogo, não tem a menor consideração com os outros... e vc consegue ver essa pessoa SE FODENDO??!!! rsrsrs

(CORAÇÃO PELUDO MODE ON)

Pois é...

segunda-feira, 29 de junho de 2009

NA MADRUGADA

São 4 da matina, de domingo pra segunda.

Estou looonge de acabar o trabalho, que tem de ser entregue daqui a pouco, às 8 da manhã.

Eu sei que isso virou uma constância, sorry (não sou eu quem define os prazos, e eles andam apertados). Posts só depois do almoço, ok?

Pretendo dormir o sono dos justos a manhã toda (e boa parte do dia, rsrs).

Só pra avisar que não morri, rsrsrs.

Beijas-não-me-liga.

PS: tenho tanto emplastro Salonpas grudado em mim, (no pulso, mão, ombros... pra aguentar o tranco) que estou cheirando como um vidro gigante de Vicky Vaporoub!!! rsrsrsr

sexta-feira, 26 de junho de 2009

SÓ UMA SEXTA...

Voltei ainda agora do Mundial, e a trilha sonora do mercado era sabe qual??
MICHAEL JACKSON. Juro.

Não sei se acho mega engraçado, ou se fico triste. Bom, um pouco de tudo, acho.

Ah, o passarinho continua lá, firme e forte. Tão gordo, na verdade, que mal consegue voar, hahaha. A caixa me contou que houve reclamações (de PESSOAS TOSCAS QUE NÃO TEM MAIS O QUE FAZER DA VIDA), e até chamaram um bombeiro por causa disso.

Mas o bombeiro botou ele pra fora não sei quantas vezes, e ele voltou. Aí desistiram, hahaha.

Passarinho 1 X 0 pessoas com comportamento ANAL-RETENTIVO

Check list para hj:

- comprar as coisas, e fazer o Baião de dois para o encontro junino que estou organizando com a comadre Dani, para amanhã.

- cortar as toalhinhas de mesa

- ver a decoração (bandeirinhas e tals)

- ver as flores e velas

- fazer os cookies

- ir ao correio

- manicure

- ah, sim, e traduzir 15 laudas, rsrsrs.

Ah, apesar do meu humor de cadela hj, estou animadíssima com a reuniãozinha.

Não é nada de mais; uma coisa íntima, só pros mais amigos, tipo hi-fi.

Claro que "íntimo" para a gente, leia-se 40 pessoas, maaaaaaaaaas.....
Óbvio que as duas neuróticas ficam estressadas, e frenéticas.

Sim, no momento eu estou ODIANDO com todas as minhas forças os convidados, querendo que todos MORRAM, e maquinando como envenenar a comida de todo mundo e não ser pega, hohoho. (uma vibe Mrs. Dalloway from heel, saca?)

Mas amanhã, tudo passa, o estresse se esvai, e eu fico felizinha, amando todo mundo de novo...

Amanhã.

UPDATE:
Eu me esbaldo com os anônimos.
Eles não percebem que a parada é moderada, e colocam comentários me xingando, espinafrando os outros comments, os outros leitores. HELLO, seu ignóbil: ninguém vai ler!!!!
Pq eu não vou aprovar. Aliás, quando começa xingando ou enchendo o saco, nem EU leio e apago direto!

Engraçado é que normalmente é em posts de 1.000 anos atrás, que ninguém vai ler mais. E geralmente é um "" ofendido, pq eu esculhambei a Cristina Aguleira, chamei a Britney de vaca, acusei a Paris de vadia, ou a Mariah de gorda, rsrsrsrs.

Mas, por favor, continuem a escrever essas pérolas. Eu passo mal....
Juro que se for bem engraçado, absurdo e mal escrito, eu te publico, pra gente dar risada, ok?

FÉRIAS

Daqui a uma semana começa um período gostoso e complicadíssimo na minha vida: férias escolares.

Complicado porque, ao mesmo tempo que é gostoso tê-la em casa, poder fazer coisas juntinhas, EU NÃO TIRO FÉRIAS.

Então imagina trabalhar com uma criança de 9 anos te interrompendo o tempo todo?????

Às vezes ela vai à colônia de férias do Clube Marapendi, na Barra (caaaaaaaaaaaaaaaro!!).
E agora tem essa outra opção maravilhosa para crianças na zona sul, da Mimos Baby.

Só digo uma coisa: paciência, muita paciência....

RECOMPENSA

Porque há dias em que a recompensa demora muito a chegar....

quinta-feira, 25 de junho de 2009

MEMÓRIA GUSTATIVA


Engraçado, dia desses eu estava comendo uma batata-frita num barzinho, e vendo que a batata parecia não ter fim na travessa, declarei:
PARECE ATÉ A BOLSA DO GATO FÉLIX!

Depois de explicar ao pessoal do que se tratava (sim, só eu gostava desse infame desenho dos anos 80! rsrsrs), fiquei pensando em como a nossa memória afeta nossa vida. Nossas escolhas.

E nosso apetite!

A memória visual (ou mesmo a imaginária) é um terror - faz vc desejar coisas com as quais vc às vezes não teve o menor contato...

Quem nunca ficou com água na boca, imaginando os BOLINHOS DE POLVILHO da Tia Nastácia, do Sítio do Pica-Pau Amarelo????

Sabe o que é engraçado? É que eu sempre os imaginei salgados!! Acho que pq pra mim, criança, polvilho tivesse a ver com biscoito polvilho, salgado.

Depois de grande é que descobri (com pesar), que se fazem coisas doces de polvilho. Ô! Mas quanto que imaginei o gosto deles!! Quanto desejei em dias de chuva como hj...


Parte da minha anglofilia é culinária. E claro, vem dos desenhos animados e revistinhas.

As tortas da Vovó Donalda, esfriando na janela... nunca comi tortas com o gosto que eu imaginava para elas... (e até hj eu tenho compulsão em assar tortas, testar a melhor massa, inventar recheios diferentes... e deixar elas esfriando, não na janela, mas onde der, rsrs)

Aqueles bolos, sempre com camadas lindas, coberturas cremosas,recheios coloridos...

Que nem esfarelam, que parecem derreter na boca...

As pilhas de panquecas, outra compulsão minha.

Não tinha desenho do Pica-Pau, que não tivesse pilhas! Com o indefectível cubinho de manteiga em cima. Com a calda (tão alheia à nossa realidade), escorrendo convidativa pelos lados...

Eu era das poucas crianças que comia panquecas abertas, em pilhas. Minha mãe sempre fez assim pra mim.

Memée vai pelo mesmo caminho. Mas hj já uso a receita mais original, das de pilha...

E quem nunca ficou com água na boca para experimentar as CERVEJAS AMANTEIGADAS do Harry Potter??

O LEMBAS, do Senhor dos Anéis??

As pumpkin pies, dos filmes de Thanks Given??!!

O peru natalino da minha sogra, tão diferente do nosso tradicional recheado com farofa, é recheado com "recheio". Aquele bem inglês! Eu deliro, toda ceia - tem que ter recheio!!

E quantas coisas mais, que só provamos na nossa imaginação.. que QUASE sentimos o gosto, de tanto desejar...

A imaginação é muito poderosa mesmo.....

VOLTANDO...

Atchin! Atchin!

Ontem foi um dia modorrento. Como tinha entregado o infame trabalho, passei o dia dormindo, de pijamas, espirrando... essas coisas. Até porque Trimedal dá um soninho...

Pessoas gripadas normais ganham canja... o B me conhece melhor do que tudo nesse mundo, e trouxe Mc Donalds surpresa, pra me animar.

Fiz Pretzel, pra relaxar, e como pretzel ficou uma bela bosta. Mas até que saiu um pãozinho doce bem gostoso, rsrs.

Revi o primeiro episódio da temp. nova de True Blood, e em seguida assisti ao segundo, que tinha acabado de baixar.

Meio deprê. Ficar mals me deixa pra baixo. Psicologia, sabe como é: pessoas naturalmente controladoras não gostam de perder o controle do próprio corpo e blábláblá.

E tb, eu costumo ser uma pessoa muito saudável, sou sempre a última a pegar as viroses, ou normalmente não pego. Então quando efetivamente fico ruim... sei lá, fico me lembrando que fui uma criança meio doentinha, vivia internada. Sem falar nos quase 90 dias de cama, por conta de uma hepatite... tirando sangue dia sim, dia não.... brrrrr!! Traumatizou pra vida toda!!

Talvez por isso não acho que tenha um pingo de hipocondria no meu corpo - o que é meio comum na minha família. Geralmente quando eu PEÇO pra ir ao hospital, é pq já estou assim.. sei lá desidratada de tanto vomitar, ou com um dedo decepado (se bem que o último eu tratei em casa, rss). Só tomo remédio nas últimas, até pq tolero impressionantemente a dor.

E vcs? São estóicas em relação a ficar doente, ou ficam caidinhas?
Pedem arrego logo, e tomam remédio, ou ficam sofrendo de deprê escondido??

PS: não preciso nem dizer que o B não pára de curtir com a minha cara, me chamando de leitãozinho, e dizendo que eu estou com a gripe suína, né?? rsrsrs. Mas tá tomando conta de mim direitinho.

Ah, vou responder os emails e comments hj, ok?
Beijas.

terça-feira, 23 de junho de 2009

TOMORROW

Peeps, hoje eu tenho um trabalho enorme pra entregar, e ainda por cima acordei meio mal - uma gripe chegando.

Vou deixar os posts, comments e emails pra amanhã, ok?

Tou cheia de assunto, mas a garganta e o pescoço doem, e eu estou num mal humor do cão (vcs sabem, quase não fico doente, e provavelmente vai passar rápido, mas me irrita deveras)

Mas, como diria a música do musical "Annie" - "Tomorrow, tomorrow.. it's only a day away..."

segunda-feira, 22 de junho de 2009

THANKS!!

Ei, olhei ainda pouco o marcador aqui ao lado, e tomei um susto: CHEGAMOS NA MARCA DE 200 SEGUIDORES.

Depois do susto inicial, caiu a ficha; sabe o que isso significa?

Eu pensava que era meio crazy, mas loucos são vcs de me seguirem, chéries!!! rsrsrs

Brincadeira; na verdade eu gostaria de agradecer. Não sei bem ainda como isso aconteceu, o blog não tem nem 2 anos, nunca fui de fazer propaganda em outros blogs, na verdade quase não tenho tempo de comentar nos blogs que leio e gosto, mas eu valorizo demais as visitas, os comments, as críticas (bom, as construtivas, rsrs), os emails pedindo dicas, elogiando, o carinho... e principalmente a companhia - saber que eu não estou sozinha nos meus delírios!!! rsrs

Um MEGA OBRIGADA a vcs, ok? Que gostam de mim APESAR DE... e não POR CAUSA DE...

Vamos a uns números, por curiosidade?

- são 200 delirantes fiés aqui comigo, lendo sobre nada específico, só minhas abobrinhas mesmo, rsrs

- são 1.500 visitas por dia

- recorde de 40 comentários num post único

- já vi gente online às 3 da matina (quem era?? rsrsrs), e a média de gente online é de 10 pessoas o dia todo. Mas já batemos a marca de 30 pessoas online de uma vez. UAU!

- além dos leitores do Brasil todo (até do Acre!! Ele existe!! hahaha), temos leitores no Canadá, USA, Bahrein, Portugal, Japão (eu não sei quem é, vi no google. Quem é?? rsrsrs) e mais outros países (se tiver mais alguém de outro país, conta aê pra gente!!)

- uma comunidade no orkut criada por uma leitora fofa-fiel-escudeira!

- uma página no Twitter com menos de 2 semanas, que já tem 64 seguidores. Vários que eu não faço idéia quem são, rsrsrs.

- Meninos! Apesar do conteúdo bem mulherzinha, temos meninos que lêem quase sempre e alguns até tem coragem de comentar: ADORO!!

THANKS, THANKS, THANKS!!

Vcs ROCK MY WORLD!!

MIMOS BABY

Na sexta eu estava numa festinha, e tive a oportunidade de conhecer melhor uma pessoa que já encontrava vez ou outra em eventos familiares.

A Márcia, cunhada da minha cunhada (rsrs) bateu um papo muito legal comigo, e eu descobri que ela tem uma empresa incrível para mamães e futuras mamães: a MIMOS BABY.

Eles tem desde cursos para futuras mamães (para evitar que tomem um susto, como eu tomei quando me levaram para me "raspar" antes do parto, hehe), até um serviço de personal baby, onde uma profissional qualificada passa um tempo com a mamãe recente, dando "consultorias" sobre amamentação, como cuidar do bebê, tira dúvidas.... sensacional para quem não tem muito apoio, ou não pode contar com a mãe ou a sogra!!

Sem falar que eles tem um monte de presentinhos LIIIIIIIIINDOS para chás de bebês, books da gravidez, filmagem do parto, produtos para mamães, serviços de cuidados para as mães, que vão desde massagens até encontros... vale à pena dar uma olhada no site!

Ah, e eles estão com um curso a ser realizado já já, espia o convite: (clica que aumenta!!)

Aqui a programação: (clica que aumenta!!)


A Márcia foi uma simpatia, e ainda ofereceu um DESCONTO DE 20% para leitoras do blog no curso! É só avisar que veio por aqui, ok?

Na minha época não tinha essas coisas... no máximo li uns livros, e o resto foi no tranco mesmo!! rsrsr. Nada como ter outras mães (a Márcia é mãe e sabe bem) apoiando a gente nesses momentos.

Vai lá dá uma olhada, que vale à pena!! Mesmo quem não está grávida, ou é mãe, mas tem uma amiga que é/está, vai gostar!!

AQUI (http://www.mimosbaby.com.br/) (o blog está maluco, e eu não estou conseguindo colar links...)

AMÉLIA COM IMPRESSORA

Mais uma dica Amélia vibe.

Tem impressora?

Então entra aqui (http://www.marthastewart.com/photogallery/clip-art-and-templates?lnc=bf89cf380e1dd010VgnVCM1000005b09a00aRCRD&rsc=lpg_crafts&lpgStart=1&currentslide=9&currentChapter=1#ms-global-breadcrumbs) no site da Martha Stewart, e imprime essas etiquetas de freezer.

Nelas você marca o que foi congelado e quando, e gruda no seus potes ou saquinhos de congelar!

Evita se perder naquele mar de gelo, tentando adivinhar o conteúdo obscuro dos potes, hehe.

Meu congelador tá arrumadinho ;) (ok, embora não seja assim, a descoberta da cura do câncer, mas eu fiquei feliz mesmo assim!!)

***

Cansada. Madruguei de novo.
Vou responder os comments já já, e tenho montes de coisa pra falar.

Stay tunned, ok?

sexta-feira, 19 de junho de 2009

AMIGUINHAS...

Eu tenho que confessar. Se eu ainda não tinha ingresso carimbado no expresso-belzebu, via inferno, agora tenho, rsrsr.

Eu tenho problemas com as amiguinhas da Memée. Vcs sabem, a minha política é a de quase-não-interferência, pra deixar ela ser exposta a todo tipo de gente, lidar com situações conflitantes ela mesma... então fico remoendo um monte de restrições que tenho em relação às garotas.

Que fique claro - eu até gosto de crianças. Bom, nem todas, rsrsrs. E em sua maioria bebês ou crianças pequenas. Agora com pré-adolescentes... putz.

E a Memée tem muitas, né. Tem dias de ter umas 5 ou 6 de uma vez aqui (minhas paredes! Minhas paredes!! Essas ogras não tem mãe, não!!). Uma delas, a melhor amiga dela, eu AMO. De paixão mesmo. Como se fosse minha filha. Sabe por quê?

Ela é um docinho, e educadíssima. Me abraça, me beija, me chama de tia querida, sempre agradece, conversa com a maior educação, não grita... quem conhece sabe do que estou falando.

Agora, a maioria...

Uma entra aqui e nem me cumprimenta, é mole??! Passa do meu lado, ABRE MINHA GELADEIRA, e nem tchum pra mim!!

Outra me chama pelo nome, e não de tia (tudo bem, nada demais. Mas cara, a moleca tem uns 11 anos; tá se achando muito adulta, né? Eu não curto não. Acho que chamar de tia demonstra assim, um respeito aos mais velhos, sabe? Pô, eu chamo minha sogra de "tia" até hj!! Pq eu conheci ela garota, e achava falta de educação chamá-la pelo nome, como se ela fosse minha igual... neuroses)

Outra, é a famosa ANTI-CRISTO, que eu já falei várias vezes aqui. Essa tem o coração PELUDO mesmo. Faz merda e bota a culpa nas outras; é mentirosa; judia do cachorro quando acha que ninguém está olhando. Faz intriga com as outras.

Tem a MINI-PERIGUETE, que usa short enfiado no c..., com top micro curto, dança funk rebolando de forma indecente até o chão, fala baixaria quando acha que eu não estou ouvindo..

Tem a TRATOR, que já quebrou 3 dos brinquedos preferidos da Memée, rasgou uma blusa, passou batom no corredor, quebrou o quadro da porta...

Pô, nem tou falando que a Aimée é uma santa, nem nada. Se as mães das amiguinhas dela tb tiverem restrições a ela, entendo completamente. Essas meninas até são boazinhas (menos a anti-cristo), mas, CARA, a verdade é que eu não aturava adolescente nem quando era uma, rsrsrs.

Aliás, acho que só aturo a Memée pq é minha filha mesmo, rsrs.

BIRD


Ah, esqueci de contar!

Toda vez que eu vou ao mercado, vejo um passarinho voando para lá e para cá, dando rasantes nas pessoas e nas gôndolas.

Os funcionários estão doidos com ele, pq está dando o maior prejuízo, comendo frutas, furando embalagens de ração...

Aí eles colocaram umas gaiolas pra tentar pegar ele, e soltar em outro lugar.

Eu estou torcendo doidamente pelo passarinho, rsrs.

COMPRAS

Há mais de 10 anos, eu faço compras mensais. Sabe como é? Vc fica hoooooras no mercado, compra tudo pra um mês, é uma saga pra subir com tudo, mais uma saga pra guardar tudo... mas qualquer coisa pra não ter de ficar indo toda hora no mercado.

Só que, quando ía chegando perto do dia de fazer compras de novo, a gente acabava comendo miojo, resto disso, resto daquilo... sabe como é??? rsrsrs. Eu até complementava durante o mês, mas era sempre assim - a gente comia hiper bem nas 2 primeiras semanas, e ultra mal nas 2 últimas, rsrsrs.

Daí eu e o B chegamos à conclusão que deveríamos começar a fazer compras semanais, que embora faça a gente gastar até mais,, também faz com que a gente tenha sempre muitas frutas e tals.

Seria tudo LINDO se não fosse pelo seguinte: a escrava Isaura aqui é quem tem ir ao mercado - ó que legal!!!

Eu até GOSTO, eu adoro comprar e gastar dinheiro, é uma compulsão, mesmo que seja macarrão, rsrs. Mas o mercado tem... pessoas. E aí complica.

Hoje, por exemplo. Sabe aqueles caras que ficam recolhendo os carrinhos???? EU QUERO QUE TODOS MORRAM AGONIZANDO!!!!
Eles ficam gritando uns com os outros, se estapeando, falando alto, batendo os carrinhos na rampa, intimidando os clientes.... é um inferno pra minha sensibilidade!!!

Sem falar que são todos muito mal encarados.

E na peixaria???? Estou eu toda pimpona esperando minha vez, quando uma mulher na minha frente começa a ENFIAR O DEDO NA BOCA DOS PEIXES, E LEVAR ATÉ O NARIZ PRA CHEIRAR!!! (e depois ainda limpou o dedo na saia!!)

EWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWWW!!! Quem são essas pessoas?????????

Uma outra, que deve ter sido criado por lobos (só pode), estava debruçada na banca de maçãs, e tinha DEIXADO A CACETA DO CARRINHO no caminho (é tão recorrente, que já nem me abalo muito...), aí a Dona Elise, do alto de sua suposta classe pigarreia e manda o "dá licença?".

A favelada não dá uma olhada por cima do ombro, olha pro próprio carrinho, e VOLTA A ESCOLHER MAÇÃS?!!!! Ignorando solenemente! Assim, do tipo, "dá pra passar".

Amiguinhos, vcs teriam orgulho de mim: eu dei um ENCONTRÃO no carrinho dela, e saí rebocando o desgraçado até o meio do outro corredor, enquanto a mula vinha correndo atrás. Fez o maior esporro, e todo mundo olhou.

Mas eu nunca me senti TÃO BEM!!!

(qualquer hora dessas eles vão proibir a minha entrada no mercado no período de TPM, rsrsrs)

quinta-feira, 18 de junho de 2009

AMERICAN DESCONTROL

Daí que a anglófila que mora em mim estava muito descontrolada, rsrrsrs.
Então eu fui até um mercado que vende importados e... VOILÁ!

Comprei sopa da Campbell's....hummmmmm!!!!

Um vidrão de peanut butter, Peter Pan. Cremoso, que gosto mais.


E uns grapefruits.

Enchi minha barriguinha de comfort food dos states, e fiquei toda serelepe. Me sentindo mais centrada, rsrsr

Legal é que a Memée entrou no clima total: hoje pela manhã fiz pra ela um sanduíche de peanut butter + jam (com a geléia de morango que fiz anteontem, rsrsrs).

Alguém me explica por que traduzem "grapefruit" para "toranja"??? Esquisito, né??

Ah, Cinara, eu te vi de volta, menina!! Entro no seu blog na esperança quase toda semana, rsrs. Tou feliz que vc voltou!!! Tem alguma receita legal pra fazer com peanut butter????

DIVIDINDO AS CONTAS


Algumas leitoras chéries comentaram, dizendo que achariam divertido se eu falasse sobre dividir contas de primeiros encontros, relacionamentos e tals.

Como eu disse antes, deixa eu explicar que eu tenho experiência quase ZERO - só tive um namorado antes do B. E fiquei só com uns poucos caras. Não sei então se a minha opinião vale de alguma coisa, mas vamos lá, rsrs.

É tudo feeling, né, peeps?? O que funciona com um cara, em uma saída, não funciona com outro e por aí vai. Tudo depende da receptividade do cara com quem vc está.

Mas eu entendo assim: em primeiras vezes, quem convida, paga. Mesmo se for a mulher.

Fora isso, o que se deve fazer, para ser elegante é quando a conta for entregue a ele, sorrir e dizer: quanto foi a NOSSA conta?
Se ele responder o valor - esboçar pegar a bolsa.
Se ele não recusar na hora com um "não, nem pense", ou algo assim, estenda o cartão para ele dizendo: metade aqui, ok?

Se ele não responder o valor, ou disser pra vc que a conta é dele, NÃO FIQUE INSISTINDO. Não é que vc está se aproveitando, mas nada mais chato do que uma feminista discursando sobre direitos iguais (por mais que vc pense isso. Dirá depois, em outra ocasião), ou estragar o cilma do momento com embates sobre dinheiro. Ou fazendo conta. Péssimo.

Vc pode sim dizer: ok, então a próxima é minha. É elegante, e garante um segundo encontro, rsrsrs.
Vcs podem combinar tacitamente assim; cada um paga uma. Tudo é o bom senso. Mas tem caras que REALMENTE se incomodam em não pagar. Tem que ter sensibilidade pra não ofender a masculinidade de ninguém. Então faz assim: se ele insiste em pagar o cinema, compre a pipoca. Ou o sorvete depois do jantar.
Assim vc não se sente mal.

Tem caras que esperam que a mulher divida sempre. RACIONALMENTE, eu não acho nada demais. Vc trabalha, tem sua grana. Não acho que o cara tenha de pagar tudo, sempre. Nem eu nem vcs precisamos disso, certo chéries?
Maaaaaaaaaaaaaaaaaas, como eu disse, isso é racionalmente. Como tenho problemas com figuras paternas e protetoras (hahaha), fico meio decepcionada se o cara quiser sempre que eu divida. Fazer o quê?? É o meu irracional falando! Quando a gente sai, o B sempre se encarrega de pagar. Claro que o dinheiro na conta é meu e dele (literalmente. Meu salário está lá), mas eu não gosto de me preocupar com isso. Século passado TOTAL, ahahahaha.

Tudo depende do momento, e da pessoa. Quando eu comecei a namorar com o B, ganhava uma merreca de estágio, mas ganhava uma mesada gorda. Ele era estagiário, e não ganhava quase nada. Eu sempre bancava os programas, sem problema.

Hoje em dia, nossas contas são todas mituradas. Tem gente que prefere tudo separado do marido, e funciona bem. Eu me sentiria um pouco estranha, esse negócio de separação de dinheiros, pq afinal a gente é uma família, então a gente junta os dinheiros e é tudo nosso.

Mas, como eu disse, funciona bem de outra forma pra outras pessoas. Tem gente que separa tudo, com medo de uma separação futura, de complicar. Aí eu já acho mais chato - começar namoro/casamento pensando em como vai ser a separação.

Ah, mas é que no fundo, no fundo, eu sou uma romântica incurável, rsrsrs.

PS: ALERTA! Se quando a conta chegar, ele olhar pro teto se fazendo de rogado, ou for ao banheiro - FUJA!!! Fuja como o diabo foge da cruz! rsrsrs. Pague, mas não saia mais com o pagué!!
E se ele começar a dividir a conta, fazendo conta de centavos... bom, quem iria ao banheiro seria eu. E ESCAPARIA POR UMA JANELA!! rsrsrs
Foge, que é fria!

quarta-feira, 17 de junho de 2009

A TREPADA


Peeps, acabei de apagar o comentário anônimo mais engraçado e mal educado do mundo. O chato é que, 1 seg. depois de ter apagado, me arrependi.

Óbvio que eu não apaguei por discordar de mim de alguma forma; eu não ligo pra isso. Foi por achar sem educação mesmo.

Mas, resumo do negócio: a fofa resolveu me espinafrar, pq no post anterior eu falei....atenção... TREPADA. (ui, que agora ela desmaiou!! Alguém abana a pobre! hahaha)

Ah, peeps, fala sério, né? A criatura vinha dizer que eu era chula (hahaha, tou rolando), e que eu não tinha responsabilidade, porque o blog tinha muitos leitores, e era falta de respeito me referir assim a fazer sexo. (rsrsrs, foi mal, não consigo controlar o riso - nem escrevendo)

Bom, já que DEU PANO, deixa eu falar logo.

No dia que eu disser que eu FIZ AMOR, me interna, ou manda o veterinário sacrificar! hahahah
Porque no dia em que eu disser que FAÇO AMOR, eu vou começar a rir tão loucamente de mim mesma sendo cafona, que não vou parar.

Eu gosto de TREPAR. Bom, eu gosto de trepar mesmo, mas o que eu quis dizer é que eu gosto de falar TREPAR, dá licença? Eu gosto, cada um com seu jeito, e ninguém tem nada a ver com isso. Eu acho dizer "FAZER SEXO" ok, correto, mas uma coisa assim, meio ginecológica, saca? Tipo, com pênis e vagina..rsrsrs.

Acho que aqui é todo mundo grandinho, e aguenta ler um TREPAR, certo? E se não for... bom, meu conteúdo não costuma ser inadequado, mas se vc for menor (ou moralista), é melhor não ler.

Não sei qual é a das pessoas, que se ofendem ou tem vergonha de falar de sexo. "Ai, é íntimo. Ai, é do casal, blábláblá". Ok, ninguém precisa saber quem colocou o quê aonde, e quem engoliu o quê, mas tb, não precisa tratar com tanto preciosismo, né??????

Sexo é o seguinte: todo mundo faz, e quem não faz, queria estar fazendo. Não sou Freudiana, mas aquele velho tarado tinha lá suas razões. Não precisa tratar a coisa como anormal, um bicho de sete cabeças. Como TABU, PELAMOR!!

Eu tb acho essas pessoas que falam o tempo todo um saco, que estão querendo se exibir, que quem muito fala, pouco faz. Mas daí a ficar constrangido por qualquer coisa....

Muitas, muitas, muitas mulheres tem essas neuras de sexo. Graças à Madonna, na minha geração a mulher ficou mais liberada. Pode admitir que gosta. Ou admitir que está achando um saco, não está a fim, ou não gozou. Isso não acontecia antigamente.

Eu acho tudo tão natural... não acho que estou EXPONDO MINHA VIDA, só por escrever uma palavra, G-sus!!

Não pode dourar muito a pílula, nem romantizar: o negócio é confuso, suarento, esquisito, molhado... e maravilhoso por isso! E não dá pra ter muito senso de ridículo, senão não rola. Ou, por acaso vc diz: "Com licença, eu vou ter um orgasmo em 5, 4, 3, 2...."???? (não que não possa haver romance ou amor envolvidos, mas a gente ouviu muito conto de fadas quando era criança!)

Se vc não gosta de falar a respeito, é o seu jeito, respeito. Mas não venha aqui no meu blog, meu PEQUENO IMPÉRIO DITATORIAL encher o meu saco sobre como eu escrevo as coisas.

Eu sou assim - pra mim é normal, e sempre vai ser. E quem discordar, que vá ao analista.

NA CIDADE... AGAIN

Muito embora eu trabalhe em esquema de home office, a sede brasileira da empresa em que trabalho fica no centro.

E, olha que divertido, eu tenho de ir até lá agora, pra assinar uns recibos.

Se alguém que trabalha no centro me vir, e quiser bater um papo, é só me chamar, vai ser ótimo.

Bom, claro que eu vou ter de fingir que não sou eu; que sou a minha gêmea má. Pô, peeps, é que são 7 da matina, e a vontade de me arrumar está zero...rsrsrsrsrs. (e eu preciso manter a minha fama, rsrs)

PS: nossa, o que foi a cena de trepada da Sookie e do Bill ontem, no True Blood?????? Passei maaaaaaaaaaaal!! rsrsr
Eu amo a HBO - deixou tão pouca margem para a imaginação...hehe.
E o B em Sampa, humpf!

terça-feira, 16 de junho de 2009

A ANÃZINHA


Antes desse post começar: anões são pessoas normais, eu não discrimino anões, não me entendam mal. Se alguém aí é anão, ou parente/amigo de anão, leve na brincadeira, ok?

Bom, tem uma coisa muito peculiar a respeito do B: ele adora anões!
Não anões de desenho animado. Pessoas anãs mesmo. rsrs. Sério. A-D-O-R-A.

Ele é maluco por anões! Acha-os completamente encantadores.
Ele me faz passar cada uma... uma vez no shopping ele ficou seguindo um anão, pra "ver ele". Ele acha fofinho. Só que vira e mexe eu tenho que lembrar a ele que é uma pessoa de verdade e tals, rsrs (brincadeira, né).

Mas ele sempre mexe comigo - posso levar ele pra casa??

Meu medo é ele encontrar algum anão e apertar as bochechas dele, ou dar uns tapinhas na cabeça, sabe como é? Feito brinquedinho?? HAHAHAHAHA

Mas enfim. Por uma dessas coisas da vida, mora uma anã no meu condo. No meu bloco.
O B ficou que não cabia em si, quando descobriu. Sempre é ultra simpático com ela no elevador e tals. E fica doido pra ter a oportunidade de encontrá-la.

Aí ontem ele desceu pra passear com o Jack e subiu todo cabisbaixo.

Eu perguntei o que tinha acontecido, e ele reclamou do Jack - esse cachorro me mata de vergonha!

Acontece que o meu basset, que não late e rosna nem pra mosca, rosnou pra anãzinha. O B brigou com ele, falou pra ela que ele era bonzinho, só meio retardado ou coisa assim, mas não teve jeito do cachorro fazer amizade com ela, rsrsrs.

Ele ficou todo triste....e tenho certeza que agora ele anda bolando uma forma de se desculpar com ela, hahahaha.

Você queria o quê? Que ele fosse ultra normal?? HELLO, ele é casado comigo, rsrs.

GELÉIA DE UVA

Aqui em casa, praticamente só quem come uva é Memée. O B não pára por aqui. E eu não curto. Gosto só daquela bem docinha sem caroço (cúmulo da preguiça, rsrsrs).

Daí tinha um monte de uva, daquela vermelhinha pequena, na geladeira, e a criança viajando. E a uva quase estragando...

Geléia, né?

Fiz assim:
- lavei as uvas e coloquei com um pouco d'água numa panela, com fogo médio, e deixei ferver bem. Ela vai abrir toda, vai subir um cheiro maravilhoso, e ela vai desprender a cor.

- depois tira do fogo, passa tudo numa peneira, pra tirar cascas e caroços. Volta pra panela com açúcar. A medida é assim: pra cada xícara de polpa, 1 xícara de açúcar. E deixa lá em fogo baixo. Mexe de vez em quando.

E É SÓ ISSO! JURO!!!

Pra saber o ponto da geléia, pinga uma gotinha em cima da pia; vc vai ver ela endurecendo. A minha eu não levei fé de que iria endurecer depois de fria, e cozinhei muito. Ficou uma geléia beeem durinha, mas deliciosa.

Depois é só vc pegar um pote de vidro (pode ser reaproveitado de palmito, ou outra coisa qq), esterilizar e usar. COMO ESTERILIZA? Bom, bota o pote sem tampa numa panela e cobre com água. Bota a tampa lá na panela tb. Tem que ter água cobrindo o vidro, e dentro dele.
E deixa ferver. Depois não me vai secar com pano de prato, que estraga tudo!

Deixa escorrer ao natural até secar.

Eu até fiz um rótulo bonitinho pra minha geléia, em momento raro de ócio, hehe.

Moleza, né? E dura à beça!

Fica a dica.
Qualquer dúvida é só gritar.

Foto: reprodução

UPDATE

Aff.... fiz tanta coisa, tem tanto pra contar... então vai assim, meio desordenado mesmo.

Daí que domingo eu fui ao baby shower de um amigo. E cismei porque cismei que não quero mais meu cabelo liso, lambidão, rsrsrs.

Queria ele esvoaçante, com cachos. E me embolei com o baby-liss. E queimei o dedo. OUCH!
E fiz alguma coisa errada, porque ficou maneiro na hora, bem suave, mas chegando na festinha, já estava mais pra lá do que pra cá....

Do jeito que eu sou surtada quando encasqueto com alguma coisa, não dou muito tempo pra estar às voltas com "bob's" na cabeça, numa vibe Dona Florinda, sabe????? rssrsrs

Na sexta Valentine's, lembra que eu falei que a gente tinha despilhado de sair?

Pois então, à noite depois da troca de presentes, acabou que ninguém estava era na pilha de arrumar comida, então acabamos saindo mesmo. Fomos a um bistrô pequeno na esperança de estar vazio: foi ótimo, "" uns 20 minutos de espera, rsrsrs.

Mas nós estávamos de ótimo humor. A gente estava se divertindo, rindo alto e falando merda, enquanto os outros casais no maior romance. Todo mundo olhava pra gente com olhar de reprovação, rsrs.

E o diacho da comida do lugar era uma coisa! A idéia era voltar pra casa, ver um filminho, namorar... quem disse??!!

Eu fui de Filé Paris, o B de Steak Au Pouvre, e nos entupimos de Creme Brulée de sobremesa, e vinho. Empanzinados total!! hahahahah (é assim que escreve tudo??)

Ficamos moles de tanta comida. Daí a palhaça aqui levanta o dedo e grita: "eu por baixo, PRIMEIRA!!" hahahaha
Ao que o palhaço-2 emenda, esfregando a barriga: "ah, pode ser de ladinho??"

Intimidade é uma merda? Que nada... é engraçado e divertido pra caramba....

Acabou que nesse frio, só se come! Ops, sem trocadilho! rsrs

Sábado fiz um macarrão ao molho de gorgonzola, que até o B se amarrou (ele não é muito chegado em massa)

E domingo, fomos ver o Exterminador, na última sessão. Putz, achei do caralho o filme quase todo.

Mas detestei o final, e achei o roteiro meio fraco..

Saudades da pequena, que volta hoje. Cansada, porque ontem me despenquei pro centro da cidade (céus! Andar de metrô é uma aventura, rssr.)

Ensandecida pra baixar True Blood, que já está no ar. E muito trabalho, o' course.

Miss me?

segunda-feira, 15 de junho de 2009

1 MINUTINHO...

...passei o dia no centro hoje; quando estiver recuperada física e emocionalmente, volto, ok?

Me dêem um segundo, rsrsrs.

BEIJAS.

sexta-feira, 12 de junho de 2009

VALENTINE'S DAY

Que chuvinha hj, hein?!

Tá bom pra ficar em casa, fazer um fondue, ou uma bela "pasta", abrir um vinhozinho e namorar mesmo.

A gente tinha até combinado sair pra jantar, mas depois do fiasco de ontem, desanimamos.

Como a criança está indo viajar agora depois do almoço, com a minha sogra (está indo a uma exposição dela. A minha sogra é artista plástica), resolvemos curtir com ela ontem mesmo.

Ela queria ir ao Hot Zone no Barrashopping, comer no Burger King, e depois ir ao cinema. Iríamos ver Uma noite no museu 2. Bom.

Imagina a equação FERIADO + BARRASHOPPING, e imagina o que aconteceu - 20 minutos no estacionamento procurando vaga, nós putos, desistindo e caindo pro Via Parque. Cheio do mesmo jeito.
Cinema lotado, praça de alimentação xexelenta, com um bando de gente falando alto, crianças correndo.... um INFERNO.

Por que, por que a gente não ficou aqui no Rio Design mesmo?? Odeeeeeeeeeeeio o Barrashopping e o Via Parque. Todas as pessoas mais sem classe do mundo estavam lá ontem....

As únicas coisas boas nesse shopping são a Zara, e a Livraria da Travessa.. (e mais umas lojinhas que não tem por aqui, ok). Mas a frequência...

Enfim... perdemos até o filme, e acabamos vendo a Hanna Montana...., mas deixa pra lá, rsrs.

***

Ah, a criança vira pra mim hj e pergunta:

- Mãe, quando é que vcs vão em dar um CARTÃO DE CRÉDITO??

(monstro, monstro!! rsrsrsrs)

PS: resposta pra ela - "nunca. Vc que trabalhe e tenha seu próprio cartão". Seguido por risada sarcástica, rsrsrs)


FELIZ VALENTINE'S DAY!!!!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

MAIS DECOR... (AH... ELA ESTÁ DESCONTROLADA!!)

A gente sempre fez churrasco na varanda. Eu adoro.

E embora agora o condo tenha churrasqueiras, quero manter a tradição. Só que... A JULIETA MORREU!! (nome da minha churrasqueira, rsrsrs. Ah, é. Eu coloco nome em tudo... em quase todos os objetos inanimados. A neurose é grande, rsrs)

Então vou ter de comprar outra. Ó a escolhida aí!
Esmaltada de vermelho, bem American BBQ!! Fofa, né??

Nunca fui chegada a anões, gnomos, duendes e outros objetos meigos de jardim ou decor, mas ando DOIDA pra achar um anão igual ao da Amélie Poulain!!! rsrsrs

PRE-CI-SO de um anão daqueles no meu "jardim", rsrsrs.

Bem kitsch, e bem divertido. Se alguém souber onde compra, avisa? (mas tem de ser bem parecido com esse, não serve qq um!)

E por fim... como vcs sabem, eu sou uma ANGLÓFILA fanática - então meus maiores desejos de decor são uma mistura de Diner, com Fifties... uma coisa bem American Lifestyle.

Meu escritório ainda estava sem cor, nem decor.
Agora decidi pintar a porta dele naquele azul-lanchonete da foto.

Uma coisa assim meio site da Martha Stewart, meio Tiffany's...

E a cadeira do comput, vou mandar forrar de vermelho, assim bem Coca-Cola, hahahaha.

Cool!

MANUAL DE ETIQUETA SALADA MISTA - A REVANCHE

Como vocês gostaram das minhas maluquices de convivência pessoal... SENTA, QUE LÁ VEM ESTÓRIA! rsrsrs

Mais dicas (que vcs, mulheres e homens finos, não precisam), mas que vou colocar aqui só pra desabafar. Sim, desabafar. Porque como vcs sabem, pequenas DESELEGÂNCIAS, me tiram do sério (sou praticamente o Hannibal Lecter. A qualquer momento vou começar a esquartejar e comer os rudes, hahahahaha)


- EMAILS
Hoje em dia é muito comum se convidar as pessoas por email. Coisa que seria impensável para nossas finas vovós.

O chato é que, você organiza uma festa (encontro/aniversário), e precisa se programar para saber quem vai e tals, e nego CAGA em responder ao convite.

Claro que tem aqueles MALAS que mandam mensagens genéricas pra toda a sua lista de emails, dizendo "vai rolar tal... estarei lá". Esse você não precisa se dar ao trabalho de responder, se não quiser.

Mas se é uma coisa mais íntima, ou se a pessoa PEDE uma confirmação, é o cúmulo da falta de atenção não responder o mais prontamente possível. Sua mãozinha não vai cair se vc digitar "obrigada, vou", "obrigada, não poderei ir", ou "obrigada, vou verificar a data e te aviso assim que puder".

Vc não precisa saber se vai na hora. Mas não responder nada, nem um OK, RECEBIDO, faz a pessoa se angustiar sem saber se vc sequer leu o email!!!

- CÃES

Sim, eu tenho cachorro. Sim, eu amo cachorros. Pra mim eles são as criaturinhas mais amorosas e fofas da face da Terra. Maaaaas, nem todo mundo é assim. E a gente tem de respeitar. Bom, pelo menos na casa deles! rsrs

Então, o que te dá na cabeça ao aparecer de surpresa na casa de fulano, com o cãozinho a tiracolo?????

Se vc tem ABSOLUTA CERTEZA que a pessoa ama cães, tem cachorros, não liga muito pra limpeza, você pode LIGAR e perguntar. Porque em caso contrário seria uma indelicadeza até ligar, e colocar uma pessoa menos canino-entusiasta na posição de ter de concordar, pra não ser chato.

Acho que as únicas pessoas pouco caninas que eu perguntaria se posso levar, e numa EMERGÊNCIA, seria a minha mãe e a comadre Dani, por causa da intimidade extrema. E eu saberia o tempo todo que elas não estariam felizes, estariam me fazendo um favor, hehe.
Quando eu viajo em grupo e TENHO de levar o Jack, não tem jeito, fico constrangida o tempo todo. E tentando minimizar as merdas que ele faz. Sim, ele faz MUITAS.

PS: eu sempre fico feliz quando meus amigos levam cachorros lá em casa. O Jack gosta, e eu não ligo pra sujeira. Mas quem não tem cachorro não é obrigado a gostar, e eu entendo isso perfeitamente.

- CAVALOS, OPS, CAVALHEIROS
Sabe quem é o cúmulo do cavalheirismo? MEU SOGRO. Eu acho o máximo, e acho que todos os homens deveriam aprender com ele! Ele é do tipo que levanta, se uma mulher na mesa se levanta.

Não ser cavalheiro não é nenhuma gafe fatal, é hábito mesmo. Mas quer me matar, é um homem não dar a mínima bola para a minha presença feminina. Explico: uma vez, quando eu estava grávida, eu fui atender um cliente. E o filho-da-puta resolveu conversar comigo falando e andando.

Cara, ele ía falando sem olhar pra trás, andava tão depressa que eu tinha quase que correr, e sentou e ME DEIXOU DE PÉ! PUTAQUEPARIU!!

Eu acho isso o fim. Eu deixei ele falando sozinho e fui embora, fui mesmo.

Eu fico meio decepcionada quando não abrem a porta pra mim, ou no elevador, não me deixam sair na frente. Ou quando um homem fica sentado enquanto eu estou de pé.

Sim, é frescura, e é mulherzinha. E eu não PRECISO disso, não sou frágil. Mas eu sou capaz de julgar o caráter de um homem pelo modo como ele é gentil, ou não, com uma mulher.

Muitos homens acham isso frescura, e desnecessário. Mas não é não. É uma atenção, uma gentileza. E o mundo precisa dessas convenções de gentileza, não? (se for meu amigo, ele pode até peidar e arrotar na minha frente, que eu acho graça, rsrsrs. Desde que me ceda a cadeira, rsrs)

- CRIANÇAS
Como diria a Olly: HARE BABA!!! (tecla SAP - PUTAQUEPARIU!!) rsrsrs

Pais tem que ter atenção redobrada com os filhos em lugares públicos, ou na casa dos outros.

Pra começar - CRIANÇAS NÃO PODEM IR A QUALQUER LUGAR. Isso pode parecer engraçado vindo de mim, já que eu levava a Memée bebezinha a praticamente tudo quanto era lugar. Mas estou falando de eventos sociais.

Por exemplo: há uns bons meses fui à um casamento, e tinha um bebê beeem pequeno lá. Até aí, nada demais. Cada pai é quem sabe onde leva e como cria o filho, tou pouco me fodendo. De repente, era da família mesmo dos noivos, e não iria perder o evento por isso. Ok.

Só que a mãe da criança cismou de assistir a cerimônia bem na frente, quase no altar. E a criança começou a chorar ensandecidamente!! Pensa que a mongolóide saiu??????
Que nada, ficou fazendo "Shhhh, não chora filhinho", fazendo barulho e atrapalhando o padre. Uma vergonha!!!!!

Uma outra vez, uma imbecil levou uma menina bem pequena ao teatro. Teatro ADULTO. E a porra da garota ficava falando alto no meio da peça. GRRRRRRRRRRR!!!

No dia das mães, passei por outra. Restaurante lotado, o burburinho por si só já incomodava, quando um moleque começou a dar um ataque aos berros. Se jogando no chão. O restaurante inteiro olhando e constrangido. Pensa que a família fez alguma coisa? Que a mãe deu um sopapo no pivete?? (coisa que eu faria NA HORA. Psicologia infantil é o caralho). Ou que puxou o menino pra fora do salão?

Que nada. Ficaram rindo, achando engraçado, e no máximo falavam : "ai, fulaninho... não faz assim......" com aquela voz mole..... GRRRRRRRRRRRRRR!!

Bom, como vc cria seu filho em casa, é problema seu. Mas na rua, ele tem de ter comportamento exemplar, e ser retirado quando está atrapalhando ou incomodando os outros. Na casa dos outros então... deixar a criança tocar o "zaralho", quebrar coisa e sujar tudo é feio, muito feio.

Assim como ser convidado pra jantar na casa de alguém, e pedir pro anfitrião preparar outra coisa só pro infante, porque o capetinha não come o que vai ser servido. Leva a comida dele separada, né múmia paralítica???????????????!!!!!!!!!! E pára de importunar o anfitrião, que já tem um milhão de coisas pra fazer!


- DINHEIRO
No meu universo é assim: ninguém deve menos de 5 reais a ninguém.
É cobrar merreca dos outros. Deselegante.

Claro, se a pessoa estava com dinheiro contado, e precisava daquela merrequinha pra alguma coisa, é óbvio que essa regra não se aplica. (tipos, vc precisou pedir 3 reais à sua empregada, e era o dinheiro dela da passagem. Normal ela te lembrar).

Fora isso, é coisa de gente sem educação cobrar.

Conhece aquela frase: "Tu tá me devendo 4 reais, hein! Não esquece!" - coisa de gente sem classe e mesquinha. Ainda mais se o dito cujo não precisa do dinheiro.

Esse é o típico cara que numa divisão de conta em restaurante, CONTA MOEDA. Putz, quer mais feio do que isso?

A sua conta não deu R$ 40,80, a sua conta deu R$41, PORRA.

E ficar vendo o que cada um bebeu e comeu?? Ai, eu quero me enfiar debaixo da mesa!!!!!!!!!!!!!!
Isso só não se aplica em contas de 200 pratas nais quais vc bebeu uma água. Aí, ok. Vc pode até brincar - pô, galera, dessa vez só bebi uma água. Pelo menos deixa 5 pratas. Não vai deixar R$2,20, PELAMOR!!

Mas quando todo mundo bebeu e comeu meio igual, vai ficar fazendo divisão, SEU ZERO-DOIS????!! rsrsrs. As pessoas reparam SIM.

(Ah, vc tomou 5 chopps, eu só tomei 4, vou pagar menos??!!). Nunca mais eu convido!!! rsrsrs

-CONVITES DE CASAMENTO
Era pra ser uma coisa simples, mas muita gente se atrapalha.

Funciona assim:
- se está escrito "Sr. e Sra. fulano", o convite é só para o casal.
- se está escrito "Sr. Fulano e família", o convite é extensível aos filhos. Ou a uma pessoa que mora com a família.

Um jeito fácil de verificar é olhar a quantidade dos infames "convitinhos" individuais que vem dentro. Eu ODEIO esses convitinhos com todas as minhas forças. Acho das coisas mais deselegantes do mundo, MAAAAAAAAAS... eu mesma tive de usar. Isso porque ainda não inventaram nada mais eficiente contra pessoas intrujonas sem noção (que aparecem com meio mundo na festa)

Se há RSVP no convite, NÃO TEM DESCULPA, tem ligar e confirmar. É o fim da picada não ligar. Se há dresscode (tipos, "passeio completo"), é deselegantíssimo não obedecer.
Já expliquei isso aqui - não é obsessão controladora da noiva, é uma gentileza dos noivos explicar aos convidados o tom da festa, e não deixar ninguém desconfortável por ter ído vestido de forma inadequada. Sem falar que os noivos estão tendo o maior trabalho em organizar o evento, para que seja o melhor para seus convidados. Retribuir a gentileza observando o que foi pedido é o MÍNIMO.
Se não concorda, é simples: não vá.

Outra coisa, quem já casou sabe: o desespero da lista de convidados. Isso é a maior das dores de cabeça do evento. Nunca há convites suficientes, vc acaba deixando de convidar quem gostaria. Então, NÃO PEÇA CONVITE. Vai deixar a noiva numa tremenda saia justa.
A única exceção é quando vc tem muita, MUITA intimidade. O suficiente para ela negar se for preciso.

E por fim. Listas de presentes.
Me desculpem as milhares de mulheres que colocaram o cartãozinho com o lugar da lista, no próprio convite.
É DESELEGANTE E É FEIO! Não importa se todo mundo faz, e é prático, É O FIM! Não estou julgando o gosto de ninguém, mas é o que eu acho.

Presente de casamento tem de ser uma coisa espontânea, não pode ser "ingresso". (tipos: eu paguei a festa, o mínimo que vc faz é me dar o presente). Fez a festa porque quis, ninguém é obrigado a dar nada. Então colocar a lista assim tão óbvia é indelicado, porque torna a coisa compulsória. Se vc diz onde está a lista sem te perguntarem, implica na obrigação do presente. Quem quiser mesmo dar, vai perguntar ou descobrir onde está.

Essa desculpa de ser prático, ser prático, virou clichê. As pessoas se acostumaram a isso, e nem pensam mais no casamento como uma festa OFERECIDA, e sim como um negócio de troca.

Não pode ser assim.

Enfim, por hoje as minhas neuroses em lidar com o ser humano são essas, rsrs.
Se vc não gostou.... como diria a Milena... Oh, well.....

MAIS WISHLIST - CANTÃO




AMEI os vestidos do desfile do Cantão!!!!

NOTA MENTAL: começar a usar mais calças, e parar de comprar vestidos, rsrsrs.

AMÉLIA 3 - O APOCALIPSE

Ainda bem que eu agora sou uma pessoa que faz café, rsrsr.

Porque antes, quando eu servia um cafezinho lá em casa, significava servir suco, refri, chá...

E eu tenho recebido umas visitas inesperadas esses dias - fui toda pimpona oferecer café! hehe

Só que, padawan ainda, tenho feito muito, e tem sobrado bastante.

Eu não tenho muitas manias domésticas (aliás, mania quase nenhuma, pq nunca fui muito do lar, ssrrs), mas se tem uma coisa que eu "peguei" da minha mãe, é ter dó de colocar comida no lixo.

Bom, TEORICAMENTE café não é comida. Mas mesmo assim fui procurar alguma coisa pra fazer com o resto do café (não o resto das xícaras - EWWWWWWWWWWWW!! o RESTO DO BULE!!)

E descobri duas dicas interessantes, que repasso agora (não me pergunte onde foi que vi, que já não me lembro):

- Aproveitar a BORRA de café que sobra no filtro, para ADUBAR AS PLANTAS. Legal, né? Coloquei o pozinho usado lá no canteiro de ervas, e olha, bem acho que elas se amarraram! hahahahah. Nem sabia que era bom.... (acho que eu era a única!). E como agora eu tenho plantas...

- CONGELAR numa cumbuca de gelo o café restante. Vc deve estar perguntando - what the fuck?! Mas é que você pode usar esses cubos de gelo de café para serem batidos com leite, ou sorvete de creme, pra fazer um Frapuccino de café! Ó que maneiro! (e ainda impressionar umas visitas bestas ;))

PS: o B não entendeu nada ontem, ao abrir o congelador, e dar de cara com a bandejinha cheia de gelo preto, HAHAHAHAHAH.

terça-feira, 9 de junho de 2009

VIVENDO PLURIDIMENSIONALMENTE (!)

Há anos eu li um livro que falava como os acontecimentos estão interligados. "Teoria do Caos", saca? Aquela coisa de que quando uma borboleta bate as asas na América, ocorre um tufão na China. Tudo no mundo interligado por eventos em série.

De acordo com o dito no livro, isso é meio física-quântica. Ora bolas, eu sou daquelas que faz conta de somar nos dedos - não tenho pretensão nenhuma de saber física alguma (aliás, não lembro nem a fórmula da velocidade).

Mas sei que isso tudo é possível por uma questão de pluridimensionalidade. As coisas, a vida, os acontecimentos, as pessoas, os sentimentos - nada disso é linear. Elas acontecem em dimensões, e direções múltiplas e interligadas ao mesmo tempo.

Essa introdução toda pra dizer o seguinte: quem acompanha o blog há muito tempo, deve andar estranhando que ele passou tanto tempo falando de moda, e agora fala um dia do Jack, um de moda, um dia de casa, outro de decor, outro de maquiagem.... tudo ao mesmo tempo agora. E eu queria explicar.

Eu não acho que seja entendida de tudo, não. Na verdade, eu não sou entendida é de nada. Mas é que eu vivo bem a minha pluralidade. Eu não sou uma - EU SOU MUITAS.

As pessoas passam temporadas infelizes, porque acham que tem de se apegar a um estilo de vida, um trabalho, um gosto, uma mania, para sempre. É MORAL E SOCIALMENTE certo isso (no entendimento do coletivo).
Sabe como é? Vc cresce ouvindo dos seus pais, dos professores, de todo mundo que vc tem de escolher UMA coisa, ser uma coisa... com 18/19 anos, todo mundo quer que vc já saiba o que vai fazer pelo resto da vida!

Eu vivia ouvindo: "mas vc tem que TERMINAR as coisas que começa. É muito importante terminar, terminar, terminar!".

É? Por quê? Quem disse? Aí por causa disso, vc vê gente em carreiras infelizes, em hobbies monótonos, pq se sentem na obrigação de continuar nas escolhas que fizeram. NÃO TE DÃO O DIREITO DE MUDAR DE OPINIÃO. Porque mudar de opinião é sinal de volubilidade e fraqueza de caráter. Ora, faça-me o favor!!! Humpf!

E aí, um belo dia, quando vc vai se apresentar, você não sabe quem vc é. Você se define como "o professor", " a médica". E eu tenho muito pesar por isso, pq essas pessoas são tão definidas pelo que elas FAZEM e não pelo que elas SÃO, que se não puderem mais ser isso, se perdem.

Você pode sim ser economista e amazona (oi, Olly!!!), pode ser advogada e cantar (oi, Filééé); pode trabalhar com peões, e ser ótima organizadora de coisas delicadas (oi comadre Dani!!). Pode estar fanática por livros hoje, e por filmes amanhã.

Pode descobrir que gosta de tocar rabeca, ou pintar em cabeça de alfinete. E pode descobrir que seu trabalho é isso: TRABALHO. Uma coisa que vc faz para ganhar dinheiro. Se vc gostar do que faz, melhor. Mas ele não é quem vc é!

Por que vc não pode ser clubber e urbana, e sonhar em ter um sítio?! Por que não pode ter nascido no interior, e sonhar em ser estilista?!

Quando eu era criança, eu queria ser um monte de coisas (como a maioria das crianças). E eu sempre me revoltei muito com o fato de ter de escolher uma só! As possibilidade eram tantas!
E de repente eu me toquei - êpa! Não tem segundo "round" - a vida é só essa mesma! E se eu escrever a vida toda, e não tentar cozinhar? E se fizer uma coisa só, e não souber como é experimentar outra??? Não tenho outra vida pra viver!!!!!! Quero fazer tudo nessa mesmo, rsrs.

As pessoas esquecem isso. Sonham com o que poderiam ter feito. As pessoas se agarram nas suas certezas e seguranças com unhas e dentes. Se agarram nas constâncias. É essa necessidade absurda de ter coerência, de fazer sentido.

Tem coisa mais chata do que ser previsível? Do que todo mundo te conhecer como um mapa? Saber tudo que vc é capaz? VOCÊ É PLURAL!!!! Você existe um muitas dimensões ao mesmo tempo, em muitas sintonias, e em muitos pensamentos contrastantes.

As pessoas (babacas e inseguras), acham que quem é assim não é confiável, não faz sentido, é confuso. Mas não há confusão alguma!

Quando eu apareço com alguma novidade, um interesse novo, é batata: meia dúzia revira os olhos e sorri com sarcasmo superior - "é mais uma das coisas que a Elise está tentando!". Mais uma mania. Mais uma coisa que ela NÃO VAI TERMINAR. hahahahaha . Eu acho isso tão engraçado! Então vc só pode fazer balé se for "terminar"? Tipos, virar bailarina profissional do Theatro Municipal????! Não pode ser só para experimentar? Pelo prazer momentâneo?! Tinham que ver quando eu resolvi estudar violino! rsrsrs

Era um tal de sorrisinho de descrença..... aquele ar de "lá vem ela com mais uma coisa"! Até piadinha ouvi - que o violino iria ficar encostado junto com a guitarra. E se ficasse? Qual o problema???????

Sim, eu voto pelo direito de mudar de opinião. Se agarrar a qualquer coisa POR HÁBITO, é burrice.

Então, a melhor coisa que eu posso dizer, pra quem quiser ouvir é: SE EXPERIMENTE. SE TESTE. SE DESCUBRA. Tente ao máximo. Não tenha medo de mudar a direção. De desistir; desistir não é feio, quando não está dando certo, ou não é o que vc esperava. Não tenha medo de parecer incongruente com a sua personalidade. Não se tome por certo.

E assim, vamos vivendo - nós criaturas peculiares e complexas, nos admirando sucessivamente com as novidades e possibilidades que a vida nos apresenta.

BEIJAS GRANDES.

VARANDA E PLANTAS

Plantar é legal, né? Bom, pelo menos quando vc não mata as plantinhas...haaahhah.

E o legal é que tenho descoberto que não precisa espaço - qualquer latinha, vaso, caixa já dá pra vc colocar aquela sua flor favorita, aquele seu tempero que vc não vive sem.... não tem desculpa!!


Eu quero arrumar umas caixas de madeira agora, e aproveitar o cantinho da varanda pra plantar mais... só o canteiro de ervas não "deu onda", hehe.

Aliás, um dos lugares que está faltando decorar é a minha pequetita varanda! Então ando buscando inspiração....

Mas quero que seja uma coisa assim, bem verde!

Olha que boa idéia para temperinhos na cozinha!! Eu sei que antigamente esse negócio de ter planta em lata usada era considerado coisa ... brega. Mas eu acho isso uma bobagem!!

Adoro latas bonitas, exóticas - e americanas, claro, rsrsr.

Sábado cozinhei um chilli pruns amigos, e usei uma latinha de um tomate pelado italiano. A lata, tão mimosa, já foi lavada e guardada, e espera seu uso decorativo!!

Então - mãos à obra! Ou melhor, à terra!! rsrrs

Não importa quão pequeno é seu apê ou casa; plantar é extremamente prazeroso.

E muito terapêutico para pessoas que tem trabalhos mentais exaustivos como o meu. Inclusive está provado que pessoas que usam muito o cérebro no trabalho, precisam contrabalancear com coisas manuais.

Depois me contem!