segunda-feira, 7 de abril de 2008

PRA COMEÇAR A SEMANA CHORANDO



Abro o orkut (essa coisa "maravilhosa") , e encontro recados do seguinte naipe:

- ..."derrepente eu gostaria que..."

- ..."agente ama nossa casa"

- ..."fasso academia no lugar tal"

O B abre um email em que um colega UNIVERSITÁRIO (oi?! PUC, tá ligado?!) diz "pesso que você me ajude..."

E me dá um cansaço, sabe?

Uma velha amiga me escreve que está "anciosa" pra me ver.

Eu já superei aquela fase de ficar com raivinha de quem não sabe qual "porquê" se usa em que ocasião; já não odeio quem escreve "mais" no lugar de "mas".
Já não acho que todo mundo tem de saber que o certo é "em nível de " ao invés de "a nível de" e que você só vai lá "à noite" e não "de noite".

Já superei.

Já entendi que é muito pra quem não é da área acadêmica (!). Ok.
Mas tem coisa.... dá não. Não tou falando de regra gramatical (que ninguém sabe mesmo), tou falando do MÍNIMO.

Será que algum dia a minha filha vai falar e escrever direito?????

Muito medo.

Porque as amiguinhas dela vem aqui e falam: tia, é pra mim fazer esse dever??
E eu corrijo. Corrijo, sabe? Acho que tenho que corrigir! Gostaria que corrigissem a minha filha também.

Eu brinco, digo: mim não faz, mim é índio! rsrsrs

Mas tá difícil. Cada vez mais difícil. Antes as pessoas tinham vergonha de não saber a PRÓPRIA LÍNGUA, mas agora.... agora é a onda do "não sei mesmo, e daí?!" Parece que é bonito ser inculto. Parece que é maneiro não se importar. Tipo, pensem o que quiserem.

E que se foda. E toca email errado. E toca msn, orkut, RECADOS DE TRABALHO errados..., trocadilhos errados, citações erradas....

Ai, não é possível que eu seja uma pessoa totalmente pedante.
É?

15 comentários:

Drica disse...

não é só vc q se irrita com estas coisas, por favor.....eu tbm nao aguento mais ver tantos erros.....e eu ainda nao superei a fase d me irritar com quem fala mais qd o certo é mas, a nivel de, qd é em nivel d....etc....parece ate q o pessoal se orgulha d falar errado, credo! bjao!

Sílvia disse...

Nossa, achei alguém tão chato quanto eu!! Eu me irrito tanto com isso que não consigo ouvir calada, corrijo na hora, hehe. E texto também, se eu leio algo que alguém escreve vou logo apontando tudo o que está errado :) Agora minha cretinice se volta para mim: estou exigindo de mim mesma que eu consiga escrever tão bem em Inglês quanto em Português...toma!! :P
Beijos e bota a Memée pra ler muuuito, que é assim que a gente aprende a escrever certo!!

Dani Claudino disse...

O pior é que muitas vezes quando vc corrige as pessoas elas te sacaneiam. Lá em casa acontece muito isso!!! Tipo: ontem a minha mãe soltou um "engordou duzentAs gramas!". Eu ouvi e não falei nada. Blz. Só que aí ela mandou mais uma vez. Porra! Tive que falar:"duzentOOOOs". Surreal! Ela, minha irmã e meu cunhado ficaram me sacaneando me chamando de professora de português. Sério! Todas as vezes que eu corrijo alguém lá em casa eles ficam me sacaneando como se eu tivesse errada e eles certos. Foda que eu não consigo não corrigir. hahahahaha Ah, sim!!! Nego acha que isso é ser pedante, sim. Eu acho que isso é o mínimo: falar corretamente a sua língua. E teje dito!!! hahahahaha Mais uma palavrinha irritante: SEJE! AFF!

Tina Lopes disse...

Nenhum pedantismo. O duro é quando vc (já acho um absurdo escrever assim, vc) conversa via msn com alguém cuja profissão exige perfeito conhecimento do português - amigos jornalistas, por exemplo - e a pessoa escreve errado propositadamente, como se estivesse se adequando a essa nova "linguagem". Socorro.

Renata disse...

Concordo com você.
Eu sou advogada e uma vez pedi alguma coisa para o estagiário do quarto ano e ele me respondeu: "Fasso isso hoje mesmo"!!!
É de chorar!!! Pior são os adolescentes que escrevem no msn com aquela linguagem que é impossível decifrar!

Priscila M.R. disse...

cauma Elise,
Herrar é umano meo!

heheheehehe...

blog é um ótimo treinamento pra escrita, todos nos damos nossos deslizes (eu sou um ótimo exemplo) hehehe.

hehehehe bjaum amore

p.s: ADOREI a zoeira com a capa da vogue. hehehe.

Elise disse...

Ufa!!

E, olha só, não quero dar a entender que não erro. Erro; nego mas erro. rsrsrs. E erros de digitação, distração....acontecem.

Mas erro em coisas que eu mesma acho que não são assim tão banais.
E gosto de escrever umas coisas erradas "de zoeira" tipos: "gentem, tipos, néan, sien.." mas isso é pra dar força de fala à linguagem informal escrita! Nem por um momento eu acho que isso está certo!!

É diferente de barbarizar uma palavra (como no caso de "pesso").
Eu gosto quando me corrigem; fico passada (pq me acho infalível, claro,rsrsrs), mas no fundo gosto.

Helen disse...

E eu escrevi sobre algo parecido lá no Bactéria, migam :)

Além dos erros 'normais' na linguagem tem esse caráter aí que vc falou: e daí que estou errado? Tipo, ninguém tá ligando se você está entendendo direito ou não. Se é regra.

bjk!

Ice Ice Baby disse...

isso tb me irrita profundamente..."dá nos nelvo"!!!

outro dia eu quase postei uma frase q o cara de TI daqui me mandou: "Pôxa... valeu pelo insentivo."

siiiiiiiiiim, ele escreveu incentivo com "S"....fiquei com peninha...depois raivinha...depois nojinho mesmo!

bjs chuchu

Ana Barros disse...

Hoje em dia falar Português é artigo de luxo. Ainda mais sabendo que nem nosso ilustríssimo presidente sabe falar, e abomina leitura... então o que podemos esperar do povo ?!
"Mais não si estreçe" ! Iço paça ! :-)

Renata R. disse...

É de doer os olhos, né, Elise?

E é bem verdade isso que as pessoas nem se importam mais. Acham frescura a exigência de um português correto.

Priscila M.R. disse...

Elise Elise, consegui fazer um post consegui fazer um post inspirado naquele seu "Dando a cara a tapa". Vc sabe que sou sua fã né? hehehehe
Qndo tiver tempo da uma olhadinha lá. Mas não vá corrigir meus erros de português tá? hehehe
bjão pra ti

Dumuro disse...

See Please Here

MLR disse...

Quanto aos sapatos, eu dei a dica e fui junto né hehehehe Se fosse por conta própria jamais seriam esses hehehehe
Irei com eles no sábado ;)

Cris disse...

Elise:

Dói nos "óio" e no "célebro"!! Deus me guarde de quem não sabe escrever...


Bjs,

Cris