terça-feira, 19 de outubro de 2010

MAMÃE "NASCIMENTO"

Lembram do post recente do Nascimento, né? E como eu falei da questão da fragilidade feminina, certo?
Pois um causo que minha mãe me contou ontem ilustra bem o negócio, e só comprova o que eu disse.

Mamis tá com o braço machucado. Tá sensível, fazendo fisioterapia e coisa e tal.
Daí ela estava numa van, indo pro trabalho na cidade, quando entra um cara ENORME no diacho da van (ODEIO VAN!).
Tudo bem; o cara era grande, e já ficou meio espremido no lugar. Mamis cuidando pra não esbarrar no braço.
Só que lá pelas tantas o "efeito van" bateu, sabe como? O cara dormiu e começou a cair em cima dela.

Quem conhece minha mãe sabe que se tem uma coisa que ela é, é fina. Não tem um grama de barraqueira no corpo.
Então cutucou o meliante e gentilmente, em voz baixa, avisou que ele estava dormindo e caindo em cima dela.

Mermão!
Ela contou que o cara deu uma surtada, começou a gritar com ela, chamou ela de VELHA, MAL AMADA, que estava reclamando à toa, que não devia ter MARIDO NEM FILHO e não tinha mais o que fazer, e continuou....

Ela começou a discutir com ele, disse que ele estava sendo grosseiro, e que não tinha culpa dele estar caindo, e que tinha falado baixo com ele, e ele... nada!
Continuou berrando que ela deveria IR LAVAR UMA LOUÇA e baixarias assim.

Pô, minha mãe não é nada velha, mas é uma mulher pequena, de constituição delicada, olha que sacanagem!
Fiquei puta só de ouvir a história!
E sabe do que mais? NINGUÉM na porra da van abriu a boca pra dar um AI!
Como pode, as pessoas presenciarem uma grosseria dessas e não falar nada????????
Nego tá muito "cada um no seu quadrado" mesmo, sem querer se comprometer com nada...

Bom, em dado momento, mesmo ela rebatendo e coisa e tal, começou a ficar nervosa com o ataque, tirou o celular da bolsa e ligou pro meu irmão.
Agora é que vem a parte que mostra como homem pode ser ABUSIVO quando se trata de mulher, e afina na hora de tratar com outros homens.

Ela não falou nem o que meu irmão era. Ela foi muito sutil, como minha mãe sabe ser. Quando ele atendeu ela disse:

- Oi, meu filho. Tudo bem? Você está na DELEGACIA, ou está em ação? Ah, tá. Não, não é nada... é que tem uma pessoa aqui comigo na van me agredindo verbalmente, e eu queria saber se você viria aqui se eu precisasse. Não, não... não precisa vir... era só pra saber, se eu precisasse...

E continuou assim. E nem era onda nem nada - ela estava falando com meu irmão, que disse que iria lá na mesma hora.

Sabe que o cara BOTOU O GALHO DENTRO???!!!
Imediatamente?!
Não deu mais UM PIU!!!
Babaca, né? Crescer pra cima de mulher é mole, mas é só ver outro homem na história, ouvir a palavra "delegacia" e começa a se cagar....

Quando ela me contou a história, ela disse que ao ler o post se identificou de pronto. E que ficou cheia de raiva de ficar impotente também.
Não tem aquela que Deus não dá asa à cobra?  Pois minha mãe também trabalha numa delegacia, e tem porte de arma. Mas não anda armada. Podia ter dado uma carteirada no cara, mas ela NUNCA faz isso.

Já eu NUNCA poderia ocupar uma posição assim, pois eu abusaria FÁCIL do negócio a toda hora. Perderia a cabeça.
E iria ser arrogante como o quê, medindo pica a torto e a direito com esses tipinhos....
Humpf!

31 comentários:

soumenina disse...

Acho que todas as mulheres já sofrearam algum tipo de abuso uma vez na vida.
Eu, por exmeplo, passei um sufoco numa van quando o motorista disse que não dava para parar onde eu pedi. Só que eu tinha perguntado se ele pararia antes de eu entrar na porra da van. Quando eu reclamei ele disse que me deixaria onde ele quisesse e ponto final. Resultado, fiquei a 5 quadras da minha casa só pq eu reclamei...
Se fosse com um homem ele teria feito isso? óbvio que não!

soumenina disse...

Acho que todas as mulheres já sofrearam algum tipo de abuso uma vez na vida.
Eu, por exmeplo, passei um sufoco numa van quando o motorista disse que não dava para parar onde eu pedi. Só que eu tinha perguntado se ele pararia antes de eu entrar na porra da van. Quando eu reclamei ele disse que me deixaria onde ele quisesse e ponto final. Resultado, fiquei a 5 quadras da minha casa só pq eu reclamei...
Se fosse com um homem ele teria feito isso? óbvio que não!

Adriana Pereira disse...

Ahh se eu tivesse um porte de arma... queria ver motorista de van e kombi se engraçando pro meu lado. Gata, diz pra sua mãe que isso ai é o tipo de homem que tem o pau pequeno e precisa ficar compensando a frustração no berro.

Andréa disse...

Ah,eu acabava com ele!
FDP mal educado dos infernos.
Que ódio dessa raça viu.
Tadinha da sua mãe,toda delicada daquele jeito tendo que passar por uma dessas.
Qto a sua mensagem,obrigada amiga,hoje já estou melhor.
Um beijo,ops,uma beija.

Ana disse...

Aff...

homem ache q é rei só pq tem volume no meio das pernas! Vai pro inferno! Tadinha da sua mamis.. Mas ah se eu fosse ela ctza q dava carteirada no rapaz! Mal educadO! Onde já se viu gritar com mulher? Ridiculo

Bjoss Lise!!

Gabriela disse...

Nossa Elise que abuso heim!Eu vou de van pra faculdade e sei o inferno que é,admiro a finesa da sua mãe,mas se fosse comigo eu descia do salto e dava uma carteirada nele.
Onde já se viu tratar uma mulher dessa forma.
Fico muito puta com uma coisa dessa!

Tamires disse...

Nossa, eu também ia abusar fácil e sair dando carteirada pra cima de meio mundo.
Mas na real, eu tenho pena de tipos mal educados assim, sejam homens ou mulheres, porque eu sempre fico pensando que eles nunca tiveram alguém que lhes desse a mínima educação. Afinal, como minha mãe sempre me ensinou, educação cabe em qualquer cantinho!

Beijos!

Ariane disse...

Ridículo... e com certeza não pode ser chamado de homem! Homem que é homem não faz isso!

Deveria apanhar muito! Só para largar mão de ser idiota!

Mas Lise... fiquei curiosa o que sua mãe faz???

Elise Machado disse...

Ariane, mamis trabalha na receita federal :)

Camila Monteiro disse...

uhauahuahuahua eu metia pipoco neles tudu... kkkkkkk
Eu tb nao posso ter porte de arma nao... ia ter atade de mulher maravilha e sair combatendo o crime...
Eu morreria na primeira boca de fumo kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Licele Faial disse...

Por isso que eu digo que eu, particularmente, não posso ser nem importante, nem rica.
Seria um nojo de pessoa.
Não ia levar desaforo pra casa, mas neeem morta!

Anônimo disse...

Adorei o "...ela é fina. Não tem um grama de barraqueira no corpo".
Sua mãe se saiu super bem, já eu sinto afirmar que tenho uma dose de barraqueria em cada célula do meu corpo (Juro! É mais forte que eu). Não aturo isso não! Lógico que eu tentaria falar na boa, mas se vier resposta atravessada... Comigo: Bateu, levou!
Beijos, Mari.

Brunaalot disse...

Puts que raiva. Só de ler esse post já deu vontade de dar umas bifas nesse cara. Que babaca meu. Afff ...

ni disse...

Absurdo total, incrível ver até onde chega a estupidez humana. Odeio esse tipo de gente que tá gritantemente errada, e que se vc reclama eles dão um piti como se VC fosse o errado!!

A última razão pra alguém ter porte de arma é pra usar nessas situações... tá, vc vai assustar uns idiotas tipo esse, mas a chance de acabar em merda é muito grande.

E imagina sua mãe usando a carteira de fiscal da receita... hahahaha... ela ia fazer oq, cobrar imposto dele? hehehe
Mas eu entendo e sei que pro leigo uma carteira bonita com um brasão impressiona e assusta.

Elise Machado disse...

Ni, é como vc disse - teoricamente a carteira não serve de nada... mas que assusta esses idiotas, assusta :)

Eles nem sabem qual carteira é o quê...
(se bem que ela é autoridade federal, e podia pedir auxílio policial a qualquer momento. Tá, era mais fácil o Michael Jackson ressuscitar do que ela fazer isso, rsrsrs)

Pety Nunes disse...

MEU DEUS! q homem das cavernas!!!....
merecia era uns tapas na bunda...isso sim!...e de cinta

Viviane disse...

Primeiramente quero dizer que amo e leio todos os dias o seu blog. Morro de rir com seus assuntos...mas nunca fiz um comentário, esse é o primeiro.
Adorei a atitude da sua mãe, dê os Parabéns a ela. Bjs

Karim disse...

Ai Elise seu outro texto do Nascimento me fez ficar tão chateada e esse agora foi fogo viu...
Eu faço psicanalise e vejo e ouço tantos relatos tristes de abuso dos mais diversos. Eu sou daquelas que se vejo uma situação onde outro há um abuso eu tomo as dores... quase apanhei por diversas vezes dentro de onibus, metro enfim...
Beijinhos grandes pra vc e sua mamis

Ricardo Aguiar disse...

O indivíduo idiota que destratou a sua mãe deve ser um foragido da justiça. Por isso ele quase se borra ao ouvir a palavra Delegacia. Muitos homens têm medo da palavra "delegacia" sim! Mas eles têm mais medo das palavras "arma", "revólver" e semelhantes. Até porque a maioria sabe que não tem "peito de aço" (segura porrada, mas não segura bala).
Educação e gentileza são qualidades que se perderam ao longo dos tempos...

aime disse...

Que linda sua mãe!!!!!
Eu nao tenho um grama de barraqueira no meu corpo eu tenho Kg!!!
Sério!!! não suporto abuso, tento ser educada e cordial, aliás, sempre começo sendo educada e cordial, sociavel..... Só que se nego abusa da minha boa vontade, se quer dar uma de fodão pra cima de mim, vix.... Daí saio do meu salto e não estou nem aí... Sou briguenta mesmo quando tenho razão!!!!!
Lindíssimo a sua mãe manter a postura fina dela.... Mas EU TENHO SANGUE QUENTE NAS VEIAS!!!!
hahahahahahaha


Bjkkk

Rosângela Grub Costa disse...

Cacete, que absurdo...tadinha da tua mãe..baita filha da puta esse sujeito.
Bom, eu também sempre digo: se tivesse uma arma...sai de baixo!!

Quarto de Despejo disse...

É incrível esse tipo de coisa, mas acontece demais por aí.
Me lembrei de algumas situações, e realmente, mesmo que você reaja seja de que forma for, o cara só se intimida com a chegada/interferência de outro homem.

Juliana disse...

Eu sou do time que acha que nesses casos todo tipo de poder deve ser usado SIM!
Se sua mãe fosse dferente e fizesse uso desse plus como mulher, um filhodumaputa feito esse morfético pensaria duas vezes antes de hostilizar outra mulher pela rua.

Eu sou uma que sairia pelo mundo usando meu porte de arma e qualquer coisa que faça esses malditos perceberem que sou mais macho que eles!

Renata Mel disse...

Também estou com a maior dó da sua mãe... Isso tudo é um grande absurdo, eu sempre fico com a maior raiva desses tidos "machões" q fazem o q bem entendem, agem como animais (que para mim é o q são) e ficam livres e soltos nessa sociedade absurda!

Eu não comentei no seu post sobre o Capitão Nascimento... Vi o filme na estréia, fiquei em total êxtase e concordei com cada letra do q vc escreveu... Eu tb passei por uma situação horrível, muito traumática, fui assaltada por 2 caras quando estava indo trabalhar (eram 6:30h da manhã), não satisfeitos em pegar minha bolsa com dinheiro, celular, meu documentos e etc um deles puxou o meu casaco e conforme eu gritei o outro desceu da moto e começaran a me bater... Bateram muito, e eu q sou toda pequena e peso 51 quilinhos não pude faze nada... Fiquei bastante machucada e traumatizada! E quer saber o pior, haviam umas 6, 7 pessoas perto e ninguém fez ABSOLUTAMENTE NADA! Não sei até hj se o cara tentou pegar o meu casaco ou se faria algo pior (fico até nervosa só de lembrar) e as vezes lembrando penso q se alguma daquelas pessoas consegui passar aquele dia bem, se não ficaram com aquela cena bárbara na cabeça...

Isso foi em 2006 e até hoje quando eu vejo uma moto com 2 caras fico com medo! Tenho horror a violência, não gosto nem de ouvir grito do q quer q seja e barulho alto já me deixa meio assustada... Mas q eu gostaria de ser uma "capitã" Nascimento para dar muita porrada em malandro e colocar esses tipinhos no lugar, ahhh eu queria!

Desculpa pelo comentário enooorme, mas só mais uma coisa: Sempre leio esse povo falar de direitos humanos e etc... Acho engraçado q agente que trabalha pra caralho, dá um duro danado, passou muitos perrengues na vida e ainda tem q ficar preso em casa com medo do q pode acontecer! Acho engraçado alguém falar de onde se mora, o carro q tem, os lugares q frequenta sem nem pensar em tudo q se lutou para estar ali, como deu duro!

Na boa, eu tenho nojo dessa sociedade ridícula, desse povinho baixo e de tanta coisa nojenta!!!

Ruiva disse...

Cara, é isso!! Mais uma vez vc expressa exatamente o que eu penso.
Só que diferente da tua mãe, eu surto!! Parto pra cima, perco a noção do perigo, bato, mordo, faço o diabo. rsrs
Já quase fui presa por isso, pq o filhodumaputa ainda se fez de vítima e achou q ia sair por cima da carne seca só pq era vereador de cidade pequena. CAGO BALDES!!

Uma amiga diz que qualquer hora vou levar uns tapas na cara e uns tiros de sal nas 'nadigas' por causa do meu "atrevimento".

Nina disse...

UAHOEIUHAEOIAEUHOAIEU Elise ia ser tipo A Nascimenta! 'PEDE PRA SAIR FILHO DA PUTA, PEDE PRA SAIR DA VAN AGORA!'

Tirando a parte cômica que tu sempre dá as situações e comentando sério: pô, foda demais, marmanjo se aproveita pelo fato de ser mulher e quer pagar de valentão. Eu sempre digo que gente assim, só pode ter problema sexual.

Anônimo disse...

ai Elise, td o q eu queria falar já falaram então só manda um beijinho pra fofa da sua mãe, bixinha :)

Luciana Leal disse...

Eu fico revoltada quando escuto esse tipo de relato.
É muita covardia!

Daniely Novo Kamaroff disse...

AH...Eu também não tenho um grama de barraqueira no meu corpo, o que eu tenho é kilos de partir pra porrada com quem faça uma injustiça dessas....
Quando eu digo filé, que o povo não ajuda mais ninguém e que não compra barulho, é exatamente isso...psicologia de confronto é o que há...rs
Bjks

Vanessa disse...

Esse negócio de estar todo mundo olhando e ninguém fazer nada me lembra o caso daquela senhora que foi assaltada dentro da delegacia, chegou a lutar corpo a corpo com o ladrão, ficou todo mundo olhando e ninguém fez nada. No final, ainda teve que ouvir o pessoal da delegacia dizer que não protegeu ela porque achavam que se tratava de briga de marido e mulher. Ah tá, super normal marido sair na porrada com a mulher, ninguém tem que meter a colher no meio...

Solange Carvalho disse...

Elise, que raiva!! as vezes encontro sua mãe na van, ela é uma fofa!! fala baixinho!! que pena q não estava na Van neste dia.. PDP do C..... q raiva!!! Mas adorei a reação da sua mãe!! jamais teria a finesse q ela teve!!rs