segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

VENHA A NÓS O VOSSO REINO



Essa é outra história de amiga solteira.
Na verdade, essa é de amiga-de-amiga, se é que você me entende.
Mas, ok, a pessoa pede opinião, eu dou opinião.

Fulana mora no Leblon. Fulano mora no Méier.
(pra quem é de fora do Rio: os bairros são bem distantes e tem perfis de moradores bem diferentes. Sem entrar no mérito se esse ou aquele é melhor, e porquê. Só pra contextualizar).
Tá rolando uma "mega" paixão. Pelo menos da parte dela. E pelo menos ELE diz que da parte dele idem.
Mas.
Porém.
Contudo.
Todavia.

Nas três primeiras vezes em que eles saíram, ele sugeriu irem a um lugar "no meio do caminho", assim não ficava distante pra ninguém. Beleza, ela achou ok, normal.
Depois, ele começou a insistir que ela fosse sempre pra casa dele, e alegou que o bairro dela era muito longe (oi?! Questão de referencial?!).
Ela foi.

Os dois tem carro, e a condição financeira dele é ótima, mas ele NUNCA foi buscá-la em casa (mesmo no dia em que ela trabalhou até tarde, exausta, e ele saiu bem cedinho do trabalho). Ele NUNCA vai à casa dela (não foi nenhuma vez).
Se ela sugere uma saída pelo bairro dela, ou que saiam em um carro só, ou diz que está cansada pra dirigir, ele fica fazendo doce, arrumando um monte de desculpas.
Chegou a dizer que odeia o Leblon, e fica de bairrismos com o diabo do Méier.

E ela disse que as combinações de saída começam sempre com ele dizendo "vem pra cá". Ela disse que sente ele mó acomodado, e que se sente pouco lisonjeada (como se ele não fizesse tanta questão) e que a coisa está começando a incomodar.

"Isso é normal?" - me pergunta ela, confusa.

BOOOOOOOOOM, eu acredito que o normal não existe, isso é sabido.
Normal é aquilo que funciona pra você e blábláblá....
Mas, sinceramente, se você não está satisfeita... "Houston, we have a problem!"

Pessoalmente eu não gostaria nem um pouco da situação. Ficaria brochada, sabe como?
Ainda mais no começo de namoro, que rola toda uma questão de ser cortejada, de conquista. Se não vejo esforço do outro lado, desanimo.
Até porque eu sinto tesão no tesão que o outro sente por mim (ok, muito louco, eu sei. Em outro post a gente discute isso, rs)
Pode me tacar pedra, me xingar de retrógrada, e eu bem acho que nem sou.
Mas nessas questões HOMEM-MULHER eu sou old fashion mesmo.

Não vai me buscar em casa nenhuma vezinha??
Ainda se ele não tivesse carro vá lá, eu nem ligava, não mesmo.... mas isso não sendo um empecilho...
Se fosse o caso da falta de meios de buscar, que pelo menos as saídas fossem próximas de onde é mais cômodo pra mim, pelo menos algumas vezes.
Ou vem pra cá e saímos os dois no meu carro, com ele dirigindo.
Ou que ele fosse na minha casa, pra variar.
Sei lá, contanto que ele demonstrasse que o importante sou eu, estar comigo, e que esses detalhes são... detalhes.
E que o meu "conforto" também é prioridade.

Acho que não confiaria nunca num cara que não fizesse questão de me agradar.

Sei não. Acho que nesse caso é como dizem naquele filme: "Ele não está tão a fim de você".
Eu entenderia assim e pularia fora.
Acho que quando o cara quer, mermão, quando tá a fim MESMO, ele liga, aparece, surpreende, se importa, faz um esforço e não tem nada que segure ele!

Só "VENHA A NÓS O VOSSO REINO", e a recíproca nada??!!
Comigo não ia rolar....

34 comentários:

Juliana disse...

Ele só quer comer sua amiga da amiga, Elise.

Falta de interesse de outro me faz perder o interesse, e outra que somos mal acostumadas pq geralmente é o homem que prefere o mais comodo para a mulher, por questao de cavalheirismo e pra dar uma boa impressão quando estao se conhecendo.

Meu namorado era do Méier (ah, gosto do Méier, sério) mas eu morava em São Bernardo do Campo - SP, e ele preferia ir pra minha casa, insistia em pagar minhas passagens (mas no inicio do namoro eu tinha emprego e ganhava bem).

Comparado com meu caso a distância Méier/Leblon é infíma. Então o cara tá pouco se fodendo mesmo pra ela, sí tá interessado no máximo em foder mesmo e ter uma companhiazinha.

pensa nela investindo nesse relacionamento... Em um ano eles nem estarão saindo de casa. nem barzinho, nem cineminha, nem motelzinho. niente!

Silvia Maria disse...

Ó... Namô mora no Recreio. Eu em Guaratiba (15 minutos se a serra estiver OK). UMA VEZ, UMAAAAA (!!!!), ele disse que eu morava longe. Eu disse: é, tb acho. E dei um gelo nele. Não ia à casa dele - pô, é longe... é longe pra vc, que é um homem e pode vir à noite sem problemas.. imagine para mim, que não tenho carro e blá blá blá... dei gelo, deu certo. Hoje não moramos tão longe um do outro, embora nenhum de nós tenhamos mudado de endereço.
Ele percebeu: é longe para ele, é longe para mim.
Simples assim.

Apimentte Make-Up disse...

Eu já tinha mandado o cara ir catar coquinho...

Não há amor que resista, viu? rsrsrsrs

Elise Machado disse...

Juliana, concordo totalmente!
Cavalheirismo - essa é a palavra!
Onde está, né??
Vou fazer um post sobre cavalheirismo e a falta dele nos dias de hoje.

Sílvia, eu concordo idem. Eu perderia o tesão NA HORA por um cara que no mínimo não ficasse preocupado de EU ficar dirigindo sozinha à noite pra cima e pra baixo.

Amiga da amiga - eu não quis dizer no post. Mas tb acho que ele só quer te comer, sorry.

Elise Machado disse...

Aliás, ele só querer te comer não é o problema - você pode resolver que só quer dar pra ele também! rs

O negócio é que ATÉ pra SÓ me comer ele iria ter que se esforçar mais, rs.

Rick disse...

Elise e meninas:

Concordo com vocês!

O que define o assunto, ao meu ver, é isso aqui:

"Acho que quando o cara quer, mermão, quando tá a fim MESMO, ele liga, aparece, surpreende, se importa, faz um esforço e não tem nada que segure ele!"

Beijas!

Duda disse...

Magine!!!!
ABUSO PURO humpf!
Ooiii amiga da amiga da Lilika sarta fora que tu tah numa cilada braba :(
XOXO

Renata disse...

Super concordo! Eu morava meeeeeeeega longe do maridão e na primeira vez que saimos, eu mesma sugeri encontrarmos em algum lugar porque sabia que era um mega trampo ir até a minha casa. Ele não deixou, fez questão de ir buscar! Como já disseram, cavalheirismo, gentileza, educação e mostrar que está mesmo interessado!
beijos

aime disse...

Iiiiiiiiiiiih... ELiseeeeeeeeeeee....
Ohhh, vou te contar hein, meus namorados TODOS moravam longe, um morava em outra cidade no interior!! Era ele quem vinha pra sp (independente se ia embora no final do dia ou nao), e nunca disse q era longe, como eu tinha 16 anos, nunca falou pra eu ir pra la, ja q ele tinha 19... MTo pelo contrario, fazia de TD pra vir me ver...
Meu proximo namorado, morava na Zona Sul de sp (perto de interlagos) e eu na Leste (tatuapé), Ele saia 1,5 h antes de casa, pegava m puuuuta transito,chegava na hr combinada me buscava, iamos pra zona sul e me trazia de volta.. TA eu ajudava no combustivel... MAS nada mais justo.... Ele nunca flou q era longe, nunca sequer insinuou q tava com preguiça, mto pelo contrario... Sempre foi super de boa...
E meu utimo namorado, atual namorido, mesma coisa, morava no Campo Belo (zona sul) e eu no analia franco (tatuapé), no começo marcavamos num shopp q tinha um otimo cinema no meio do caminho (embora pra ele mais perto, por causa do transito mais demorado, pra mim mais longe, contra fluxo mais rapido...) ele começou a ficar incomodado em andarmos em 2 carros... Ia me buscar. E depois me trazia de volta, nem combustivel eu pagava...
Qd ele achou a distancia mto grd, alugou um ap perto da minha casa!
Acho que mesmo q o cara so queira foder, ele ainda tem q ir ate maomé neh... Pq afinal de contar a buceta tá é com ela, se ele quer fuder perto de casa, paga uma prima neh bem... Quer moleza FODE no pudim!!!

Bia disse...

"Acho que não confiaria nunca num cara que não fizesse questão de me agradar"

Elise querida, pra mim vc tocou no ponto principal com essa frase!
Vixe, sei nem mais o que dizer depois dessa!!!

Anônimo disse...

Já foi falado aqui. O cara é acomodadão... Só quer comer a sua amiga-da-amiga... Ah! Ele ainda quer comer DELIVERY, ou seja, a xoxota tem que ir até ele?????? Como assim?
Manda passear!
Beijos, Mari.

O inverso também se aplica! disse...

Já vivi isso, já pulei fora e não me arrependi. Só digo isso!!! Embora ele fosse um partidão, em todos os sentidos mais plenos e amplos.Rsrs.

E...

"Até porque eu sinto tesão no tesão que o outro sente por mim (ok, muito louco, eu sei. Em outro post a gente discute isso, rs)...


O que tem de louco nisso. Marrecadauma! Maior verdade!!!

catarina disse...

muito paunocu esse cara e a mulher uma idiota!!!!!!

Sara Dyenne disse...

Concordo sem trocar uma vírgula.

Caroline® disse...

"Já foi falado aqui. O cara é acomodadão... Só quer comer a sua amiga-da-amiga... Ah! Ele ainda quer comer DELIVERY, ou seja, a xoxota tem que ir até ele?????? Como assim?
Manda passear!" [2]

Eu ri muitão e concordei. Cara preguiçoso da porra!!!!!

Rubinha disse...

Rindo mto dos comments aqui.
Morri de rir com a Aime... (quer moleza fode num pudim!)
Mas eu entendo a amiga da amiga.
Acho que até ela já manjou que o cara tá querendo ela como lanchinho e delivery (como disse a Mary).
Bom, e como disseram aí, até pra isso o cara tem que se esforçar mais né! Afinal, quem comanda a situação é quem tem a periquita! haha
Sei lá, a situação tá tão preta hoje em dia que a mulherada tá aceitando mta coisa que não devia aceitar pra ter qualquer pseudo-namoro. Assumo que já fiz idiotices em nome de pseudo-namoros. Hoje em dia é do jeito que eu quero, um cara que me agrade, preencha meus requisitos e blá blá blá senão tchau.
Ainda não to desesperada a ponto de aceitar qualquer coisa, ainda mais um cara que nem se esforce! Sem querer ofender a amiga da amiga.
É aquele negócio, se o cara tá a fim, ele dá um jeito!
beijas

Quarto de Despejo disse...

Que furada, fia!!
Pula fora, e rápido!
Se no começo o cara é assim, imagina depois!
Homem quando está "mega" apaixonado, vai no fim do mundo, liga, manda msn, email bobos, agrada, corteja...
Outra coisa, se já começou dizendo que "odeia" o Leblon, lugar onde ela mora, é um pulo para não gostar dos amigos dela,dos lugares que ela costuma frequentar, a praia, e por aí vai....
Sem falar que eu acho uma tremenda grosseria.
Enfim, incorpora a Maurren Maggi e pula..prá bem longe!

aime disse...

Rubinhaaaa.....

concordo contigo enaoabro...

Eu penso que uma mulher qd deixa como o cara quer, simplesmente pra ter um "namoro" de album de figurinha (sim, pq vc tem a fotinho dele no seu albinho e ele tem a sua, mas na verdade MESMO, nao teve é NADA, aliás, ter TEVE neh... Mas nao foi de verdade, nao foi curtido.. ) ela abre mao de depois querer se impor, de querer ditar regras, de querer dar limites.. O cara tende a nao respeitar mulher mto complacente e com mta compaixao, ele entende boa vontade com falta de vergonha na cara (mts vezes ele entende certo, ok ok... ) mas ela, depois qd ja ficou cansada de ser pisoteada, de ser deixada de lado e renegada e quer reivindicar, vai perceber q na vida dele nao tem espaço pra ela... unica e simplesmente pq ela nunca se importou, nunca brigou por aquele espaço, nunca reivindicou um espaço dela.
ele simplesmente está la na dele querendo q ela orbite a vida dela em torno dele, o DEUS SOL.
COM certeza ele se acha o FODA, do PINTO grd e grosso, AMANTE tipo Don Juan de Marco!rsrsrs

Renata disse...

"Sei lá, a situação tá tão preta hoje em dia que a mulherada tá aceitando mta coisa que não devia aceitar pra ter qualquer pseudo-namoro."

Rubinha, tu sintetizou TUDO q eu demoro uma década p/ explanar rs...é exatamente isso...hj em dia acho q o percentual d rapazes comprometidos/gays/não prestam di cum força (leia-se 30+ na casa d mamãe e papai num emprego meia-boca - qd tem - e frequentando micaretas e afins fzd merda como se tivesse 17 anos) tá TÃO alto q as meninas andam mendigando e disputando a tapas migalhas de pão amanhacido no chão...

qqr "relação" q mantenha ínfimo resquício q a menina possa usar de ilusão de relacionamento "sério", elas agarram com unhas e dentes e suportam coisas absurdas...o pior é q nem tão no fundo assim, elas sabem, as amigas sabem, a mãe sabe, todo mundo consegue traduzir o comportamento do cara como: isso NÃO vai dar em lugar algum, mas muitas meninas continuam amargando ilusões com coisas como "mas ele me manda sms´s tão fofos" ou "ele puxa conversa no msn cmg td dia" come on, meu povo...isso, acredite, ele pode fazer com vc e com + 10 "lanchinhos" ao mesmo tempo (e provavelmente ele faz), e vc merece mais do q isso, não dá p/ se contentar com tão pouco, mesmo nesse mundo cão...

Michelle disse...

Concordo com tudo! O Gui descia a serra e descia de boa! As vezes saia do consultório super tarde e mesmo assim descia p/ me ver.
Uma dica p/amiga da amiga, furada total!
Concordo com tudo que vc escreveu, Chérie.
E Aimé, adorei "o quer moleza vai foder um pudim"!!!! rsrrsrsrs

Juliana disse...

Isso o problema nao é querer comer, o problema é querer comer e ser preguiçoso, caçamba!!!!

Jajá vai querer sexo só com ela por cima pra nao precisar fazer esforço nenhum.

Anônimo disse...

os homens estão perdendo o cavalheirismo, e as mulheres estão se mostrando excessivamente disponíveis.
esse cara é um encosto[Delete]
e boa sorte prá ela!

Rubinha disse...

Po, esse blog e os comentários são fodaa! Fala-se de tudo e sem pudor!
Adorei o "Jajá vai querer sexo só com ela por cima pra nao precisar fazer esforço nenhum."
Mto esforço pra não cair na risada no trabalho!

ni disse...

Caramba, se tá assim no início da relação imagina depois de um tempo! O problema é que muitas vezes a mulher não vê e vai aceitando isso, dando desculpas pra si mesma pra tentar explicar o motivo do cara ser assim.
Meu noivo faz uma viagem de avião de 800, 900 reais todo mês, passar 1 fim de semana só, pra me ver. E não, ele não ganha muito.

Maela disse...

Que o Bob não leia...
Eu morava em Americana e o cara em Sampa.... ele NUNCA reclamou de dirigir 2 horas e meia só ara dormir comigo.

Detalhe... não era namoro....só sexo mesmo!

Manda passear!

Ruiva disse...

Cara, Leo trabalhava na Barra e morava no Flamengo qnd eu morava em Niterói. E ele saída do trampo, pegava o trânsito da Ponte as 18h e ia me ver muito feliz da vida.
Enquanto o bonitinho que morava quatro ruas depois de mim reclamava de ir na minha casa. Com qual tu acha que eu fiquei????
Se eu não valho o esforço dele ir até mim, então ele não vale o esforço de eu tirar a minha roupa.

Anônimo disse...

Olá,

eu resisti não deixar minha experiência registrada: há pouco tempo encontrei um ex da época da faculdade. Nunca foi namoro, era só uma pegação e a gente nem chegou ao sexo. Depois de tanto tempo, o cara me vê e resolve fazer uma graça, né? Até porque, mesmo depois de anos, não tinha tido a capacidade de me comer... Como eu estava a fim de dar pra ele, para conferir se a imaginação batia com a realidade (já sabia de antemão a dotação do rapaz...mas queria ver a performance...). resolvi dar corda pra ele se enforcar, aí ele soltou a pérola: " que horas vc sai daqui (faculdade onde eu dava aula) hoje?" Eu disse: " só mais tarde, lá pras 10h (noite), fico muito cansada..." Ele: "Então, faz assim, quando sair (do centro do Rio) pega o metrô e vai lá pra casa (na Tijuca)". Como assim? TI-JU-CA!! De metrô à noite depois de trabalhar o sábado inteiro???

Sabe quando ele vai ter a chance de me comer na vida: NUN-CA! Apaguei até o tel dele pra não cair em tentação num momento difícil...

Então, realmente, a amiga-da-amiga, morando no LE-BLON, merece coisa muito melhor, nível Leblon, né? Que vamo combinar: é muita cara de pau do filho da p...

Pronto. Ó, amo seu blog, leio sempre... Bjs.

Livia disse...

Como foi falado aqui: mesmo se for só pra comer, o cara tem que fazer o mínimo esforço!!

Tenho irmão homem, e o vi diversas vezes saindo de Vila Valqueire (onde moramos) para ir até Paciência, Bangu, Barra, Niterói atrás de bu***. Até pra Volta Redonda e Florianópolis ele já foi. E nem era amor, hein...

Anônimo disse...

Chorei de rir com um comentário ae de "XOXOTA DELIVERY"! HAHAHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!

Elise Machado disse...

Preciso dizer que também estou rolando de rir com os comments??? rsrsrs
Vocês são engraçadas demais.... depois falam de mim! :P

Cici disse...

Na boa, esse cara não gosta dela e ele ainda é frouxo e sem atitude!
Se no começo é assim imagina depois.
Melhor ela cair fora agora do que ficar gostando cada vez mais dele e ele sem ter nem se quer um pingo de consideração com ela.
As mulheres precisam se valorizar mais, pulem fora de relacionamentos com esses tipinhos. Quando agente gosta é difícil, eu sei, mas melhor no começo que é mais fácil desapegar.

Daniel disse...

O cara pode compensar em outros quesitos e pode até deixar sua a amiga da amiga em dúvida.

Mas fato. O cara é preguiçoso desde já. Melhorar não vai, pode ter certeza, pois ele está acomodado e a tendência masculina é só piorar.

Se ele não e esforça na conquista, no bem querer agora o relacionamento está fadado ao conformismo. E acho que NÃO adianta a amiga da amiga PEDIR, como dito em outro Post daqui mesmo. Ele tinha que QUERER fazer as coisas por ela.

Beijos
Daniel

Claudio Barretto disse...

Po mermão assim ficou difícil vir aqui pra manter o corporativismo.

Malandro é malandro e mané é mané. Se depender da mulhegada, a tua casa caiu. hahahaha

Gui da Michelle disse...

Malandro é gato que já nasceu de bigode. Porra, não dá p/ falar nada a favor desse cara, a mulherada já detonou geral. Não adianta a mina pedir, implorar, dar ataque, o cara não tá afim e pronto. E outra, se esforçar p/ que? O buraco tá disponível e se esforçando p/ agradar. A gente só se esforça pelo que vale a pena. Mulherada esperta desse salada!