quinta-feira, 18 de outubro de 2007

NA CÂMARA DOS HORRORES (OU, MINHA VISITA AO GINECOLOGISTA)


Mulher sofre. Isso já é até clichê, todo mundo sabe. Será?

Lembra das minhas dores abdominais indeterminadas? Pois é, eu tenho um ovário ferrado, então toca Elise marcar consultinha com a ginecologista.

Eu nem me lembro qual a primeira vez que eu fui na gineco, era bem criança. É que a minha mãe é uma "histérica" em matéria de saúde, e eu tenho casos de câncer na família. Bom, o caso é que esse tipo de médico sempre fez parte da minha vida; sou daquelas que faz preventivo de 6 em 6 meses.

Mas você acha que eu gosto, acho normal?

Humpf; pra começar que antes de ir lá, teve que rolar uma sessão bááásica de depilação (parecia até encontro). Um saco.

Depois tu chega lá, a médica (que, vamo combiná, tem um senso de humor meio sádico) diz:

- tira toda a roupa, coloca essa camisola e fica A VONTADE que eu já venho.

Como assim? No meu mundo o conceito de ficar a vontade não tem nada a ver com usar uma camisola ABERTA NA FRENTE. É constrangedor, isso sim. E faz frio.

Daí ela volta, vc deita naquela posição BACANA (quem deu o nome de ESTRIBO praquele apoio de pé só podia ser homem. Mais sadismo e humor negro), e ela começa o exame dos seios.

Já tentou pegar uma pessoa toda dolorida por causa de TPM e espremer os peitinhos dela? Dores excruciantes, e vc lá, tentando disfarçar, olhar pro teto, ela puxando papo como se nemmmm fosse com ela. E vc pensa, não tem nada aí, féladaputa, pára de me apertar.

Mas se vc é a Elise, disfarça a careta de dor e manda aquela: " e aí, gosta de futebol americano??" (puxar papo com dor afeta os neurônios, eu sei)

Depois começa o vamo-vê, que é quando bicho pega.

Eu tou pra ver um homem ir ao urologista. Só se o negócio estiver caindo de podre. É muito mais fácil ele falar com vc, com um amigo, e até pedir pra vc ligar pra SUA médica, do que ir se examinar. Injustiça? Imagina.

Mais desconforto e dores excruciantes e a médica "corna-safada-escrota" continua puxando papo. A sua voz alterna do fininho ao grosso-quase-grito, no meio da conversa, dependendo do que o bico-de-pato está fazendo. Conhece? Se for mulher, pode crer, se for homem, sem chance.

Amigo, se a sua mulher se arrepiar ao ouvir a palavra "bico-de-pato", seja solidário. Imagine 30 cm de ferro dentro de vc, pra alguém poder te olhar por dentro, falou?

Eu acho que consultório de gineco tinha que ter coisas pra ver no teto, um desenho ou tipo assim, dessa forma vc se distraía enquanto o resto de sua dignidade ía pro lixo.

Então foi isso. Mulher sofre. Ponto. Some-se a isso, dieta, depilação a cera, fazer as unhas, tirar sobrancelha, clarear pêlos, pintar cabelos, cólica, TPM, parir e tal, e vc ainda quer que sejamos normais?

Tio, na próxima encarnação, posso vir homem?


16 comentários:

Drica disse...

bah...sem ironia...adorei o post...como vc descreveu o fato foi perfeito...é terrível...e fazer o preventivo...parece q está raspando tua alma....não tem como "ficar a vontade" nesta situacao!

Cristina L. disse...

E a agonia continua: se vc usa DIU, tem que fazer o transvaginal a cada seis meses.

Aline T. H. disse...

Ai Elise, nem me fala. A minha gineco, ao menos, é hilária... mas bico-de-pato (uiii arrepio) é realmente palavrão!

Beijoca, baby, passô!

Helen disse...

Amiga, Tina: eu não uso DIU, mas tenho endometriose e por isso um cisto em cada ovário. Transvaginal? A cada TRÊS meses.

Elise, solidariedade, flor. Dói mesmo, né? Faz o tratamento que tiver que fazer, viu, porque se ele rompe dói demais, parece um parto.

Melhoras djá!Beijo!

Ivy disse...

Elise,só de ver seu post já me deu arrepio!!!!!O meu dia ta chegando de novo,em dezembro estarei lá firme e forte pra aguentar o ferro kkkk...falando assim parece até que eu gosto,mas é não,é a neura mesmo,prefiro sentir aquela dorzinha chata(que eu sempre reclamo na hora da introdução)do que ter um problema sem saber.

Espero que fique bem querida!
Bjs

Mil Retalhos disse...

Elise, eu também quero ser homem da próxima vez, porque ser mulçher é trabalhoso demais....

Bjs

Ro

Andrea disse...

Bico-de-pato de ferro nem e mais usado, o correto hoje e o de plastico esteril e descartavel se a drª a quem voce sem criterio algum se refere como corna-safada-escrota ainda o utiliza recomendo que repense suas escolhas quando for marcar uma proxima consulta. Quanto a medir 30 cm, impossivel querida, caso contrario me de o nome de sua medica para que eu possa denuncia-la ao CRM.risos
Santa ignorancia!!
Abraços,
Drª Andrea Salgado

Elise disse...

Ih, nem se preocupe "Dra. Andrea" querida, acontece que eu adoro a corna-safada-escrota; ELA é uma boa médica.

Quanto a ser de ferro, de aço, de criptonyta ou não, e ter 30 cm ou 1 km, eu te perdoo por não ter entendido a piada. Eu devia ter exagerado mais na descrição mesmo, pros menos intelectualmente capacitados poderem brincar de rir também.

Os médicos são sempre reprovados em licença literária e poética mesmo... rsrsrs

Abraços,
Dra. Exc. Sen. Dona dessa porra.

Cinthya Rachel disse...

hhohhohohohohoho! tem gente que .... sem comentários! ai, ai, vc ta ficando famosa Elise! acho melhor vc começar a explicar as piadas entre () para TODO mundo entender, saca? heheheh. deixa pra lá. bom, eu tenho uma história óteeema de ginecologista! vou roubar sua idéia e até colocar no blog! posso? beijoca

Elise disse...

Claro que pode, maravilhosa! rsrs
Escreve que eu vou lá correndo ler!
beijas.

Drica disse...

ahahah...adorei a tua resposta para a "Sra. Dra."....quem sabe da proxima vez voce faz uns desenhos pra ver se ela entende a piada...ahahha...bjao!

Andréa Ramos disse...

Terrível mesmo né.
Nessas horas eu adoraria que certas partes do meu corpo fossem de encaixar ou rosquear.Seria ótimo né.
Posso postar vc no meu bloguinho???
Beijos

Elise disse...

Oi Andréa, bem vinda! Claro que pode! Eu já vou lá espiar o seu blog.
Beijas

Ril disse...

mais uma na mesma situação?

amiga, adorei esse post!bj

Dani Claudino disse...

Aff!!!! Tem gente que pega o bonde andando e não sabe nem pra onde vai...Pq isso, hein?! Santa ignorância (com acento, por favor)!
beijo

Danda disse...

Caraca aí...o que leva uma pessoa entrar no blog da outra para falar imbecilidades? Ou melhor, para tentar dar uma de superior, quando NINGUÉM PEDIU A OPINIÃO DA MESMA????? é por isso que cada vez mais médicos são processados, porque de uma coisa posso afirma...SÃO PÉSSIMOS COM A PALAVRA, E PIORES AINDA NO TRATO FCOM PESSOAS...Se liga Dra. Andrea! Se quiser dar sua opinião de profissional faça-a sem agredir e ser arrogante, pois quem sabe conseguiria aqui até algumas clientes...VÁ PROCURAR O QUE FAZER!
Perdão Elise, mas é que tb sou vítima de pessoas que se metem onde não são chamadas...