quarta-feira, 17 de setembro de 2008

ENVELHECER JUNTO

Há muitos anos atrás, minha sogra comentava comigo como a vida (a natureza e a força da gravidade, por assim dizer, rsrsrsrs) eram muito injustas com as mulheres.
Principalmente com as mulheres que tinham longos relacionamentos com homens da sua idade.

Minha sogra não é brasileira, e tem a cultura de se cuidar e arrumar muito, o que acho muito bacana (a última vez que alguém deve tê-la visto despenteada deve ter sido na década de 70). E ela reclamava de como é injusto para as mulheres envelhecerem muito mais rápido do que seus homens.

Na época não dei muita atenção. Mas de repente, tenho observado um "fenômeno" que vem me assustando muito.
(antes de mais nada, deixe-me esclarecer que NÃO estou falando do B, não precisam se preocupar, estamos ultra bem; só que eu tenho visto acontecer à minha volta com frequência alarmante: com amigas, conhecidas, amigas de amigas...)

É a questão de envelhecer junto. Não envelhecer, ficar velhinho, sabe? Tou falando de amadurecer.
Balzac escreveu sobre as mulheres de trinta. Pois bem! Ele deveria ter era escrito sobre OS HOMENS que chegam nessa idade.

Quem está na casa dos 20 talvez não entenda, então pule esse post; mas vamos lá. Nosso metabolismo cai depois dos trinta. Aliás, tudo começa a cair, lenta e inexoravelmente (releva o dramalhão, é a TPM falando, rsrsr).
Se a mulher tem barriga, fica com cabelo grisalho ou ralo, é escroto. No homem não.
A mulher perde atrativos, o homem envelhece como vinho (!).

Rugas? Para eles sinal de charme; para nós...afe!!

Então um casal que tem mais ou menos a mesma idade não vai envelhecer igual. Eles vão iguais até certo ponto, depois a mulher toma a dianteira e o homem permanece lá: estagnado no limbo da idade! (pode reparar: quantos casais famosos vc conhece que são da mesma idade? Aliás, na vida real, não é muito mais comum homens com mulheres mais novas???)

Já não bastasse isso ser um balde de água fria, acontece o tal fenômeno do qual vou falar.
Quando um cara tem 20 anos, ele pega o quê?, garotas de 20, certo? E as garotas de 20 até dão uma esnobada neles, pq eles não tem uma situação estável, são meio moleques e blábláblá. Eles tem de se esforçar.

Mas quando eles chegam aos 30, a faixa de interesse neles muda, AUMENTA. Normalmente os caras dessa idade são mais estáveis, tem carreiras mais consolidadas, tem ou já tiveram relacionamentos mais longos....nem importa se eles não são assim uma Brastemp!!!! A mulherada de 20 se joga, as de 30 também, e se bobear, até as de 40!(gente, é de dar medo o jeito que as meninas de 20 se jogam no B!!Quando ele anda sozinho com a Memée no shopping então...MEDA!Coisa que não era gritante quando a gente tinha 20, sabe?). Ou seja, eles não precisam mais fazer esforço.

E pra mulher???? Com 30, a maioria dos caras de 20 não quer mais. Os de 30 querem as de 20, então sobra....PORRA, sobra é a falta de opção.
Pra quem está solteira nessa idade é complicado (nada impossível, mas mais complexo). Quantas mulheres você não vê reclamando que não conseguem encontrar caras interessantes; e que se interessem nelas???

Mas o que está acontecendo à minha volta é o seguinte: OS CARAS ESTÃO COMEÇANDO A ACHAR QUE SÃO MUITA AREIA PRO CAMINHÃOZINHO DAS PRÓPRIAS MULHERES!!!

Bizarro!!! Eu tenho visto casais que estão juntos há anos, e de repente o cara entra nessa fase "do lobo" e começa a querer ir pra night de novo, começa a cobrar que a mulher está acima do peso, ou que não se cuida o suficiente, ou começa a achar ela um saco.

Peeps, o que que está acontecendo????? Estou vendo um monte de casais se separando por causa disso, ou em crise, com o cara de repente redescobrindo a adolescência, querendo tchutchucas de 20 anos (nada contra, mas é foda), se achando a última bolacha do pacote.... acabando com a auto-estima da mulher.

E pior: ninguém está seguro, viu?? Tenho visto coisas de arrepiar os cabelos do c....!!! Caras super estáveis, equilibrados, que surtam de uma hora pra outra, e a própria mulher vira o "monstro do biscoito"....

Enfim. Já estava há tempos querendo falar sobre isso.
De tudo que vejo acontecendo, e como tenho achado injusto que com pouco esforço eles se mantenham bem, e pra nós a cobrança só aumenta.

Tem dias que é tanta coisa, que acho que vou surtar: creme pra celulite, ruga e mais um monte, fazer unhas, depilação, academia, regime, secar cabelo, aplicação de micro-varizes....

E não é exagero; se não rolar isso tudo, vai tudo pro saco!!!!

Bom, é isso. Desabafo influenciado por cólicas.

Ah, e se eu pegar quem programou a natureza pra ser assim, dou umas boas porradas nele.

12 comentários:

Milena disse...

É uma merda né Elise, mas como vc disse... É da natureza mesmo... Pensa comigo: A mulher para de ovular, não pode mais ter filhos. Qual é o proposito NATURAL dos casais? Procriar. Então a "sábia" natureza dá um jeito de barangar a mulher que tá "secando" e deixar o cara que ainda produz esperma mais atraente, pra atrair as mulherres que ainda podem engravidar!
Rá! É tão deprimente que fica até engraçado!
Por isso que nós, mulheres, temos que achar felicidade em outras coisas e não só no relacionamento! Profissão, amigas, esportes, arte...
E juro: Quando eu baragar vou atrás de um gatinho bem novinho! Nem que tenha que pagar por isso! Rá!
Beijoooooo

E desculpa o papo de louca!

Daniely Novo Kamaroff disse...

ahahaahhah, Olha, você para de ficar usando o meu adjetivo para tudo que é coisa hein? Vou exigir exclusividade....(depois vai no meu blog que vc vai entender, se já não entendeu...rs)
Mas é assim mesmo minha amiga, idade é uma merda..ahahahahah
bjs

Cinthya Rachel disse...

acho qeu chega uma idade que 99% dos homens surtam. não sei o que´é, nem o que se passa na cabeça deles, mas eles piram o cabeção e acham qeu tem 20 anos de novo. medo. meu amrido tem 36...

Marina disse...

Tá, fiquei de cabelo em pé agora!!! hahaha...Eu que tenho 22 é melhor me garantir antes do 30 né!!
E outra, Elise essas meninas que dão em cima do seu marido são muito cara de pau...Se eu vejo um cara com uma criança no shopping vou imaginar logo que ele é casado! E se por um acaso ele for divorciado ,ele que venha me dizer isso ,oras! Beijos

Elise disse...

Mi, rolei de rir!! rsrs
Olha amiga, se Deus me livre eu separar um dia (ou enviuvar, sei lá) tb vou querer é um gatinho. Nunca fui chegada num véio...rsrsrs.

Danda, a idade É uma merda mesmo, rsrs.

Cinthy, o B tem 32 (minha idade, olha a bosta), mas tenho amigos pirando desde os 29....

Marina, não se desespere: é só desabafo!! rsrsrs
Mas, olha, vou te falar. Pode perguntar pro B (ou outros caras na mesma situação): depois que ele começou a usar aliança, comprou um carro melhor, e passou a sair com a Memée (desde que ela era bebezinha), tá chovendo muito mais mulher!!

Não sou nada puritana, mas....sei lá, acho que essas coisas são chamariz. De que o cara é responsável. De que tem grana. Enfim....

Vai entender a mulherada, né?

Rob Gordon disse...

Excelente texto. Muito bom mesmo. Em forma e conteúdo.

Mas me vejo obrigado a discordar e mostrar um outro lado da moeda.

Tenho 33 anos e, por mais que eu reconheça que muitos homens da minha idade se envolvem com mulheres mais novas pelos motivos que você citou (vaidade, vontade de recuperar a adolescência, falta de interesse em mulheres da mesma idade que ele), devo dizer que nem todos são assim.

Isso porque tenho 33 anos e minha namorada tem 19.

Claro que, à primeira vista, eu poderia estar com ela por qualquer um dos motivos acima. E aposto que, quando estamos juntos, muita gente pode pensar a mesma coisa.

Mas, na verdade, a idade dela não altera isso em absolutamente nada o que sinto. Ao menos, no meu caso. Estou com ela não porque ela tem 19 anos, mas porque ela é ela.

Mesmo porque temos 14 anos de diferença, mas, quando estamos juntos, esta diferença simplesmente não existe.

Aliás, a nossa diferença de idade conta em apenas uma coisa: como tenho uma expectativa de vida 14 anos menor que a dela, passei a me cuidar mais, em termos de saúde, porque isso pode (e vai) fazer diferença lá na frente, e eu não tenho a menor intenção de deixa-la sozinha lá na frente. Ou seja, sou mais velho que ela e, ao mesmo tempo, adoro a idéia de que vou envelhecer ao lado dela.

Afinal, se eu nasci em 1975 e a pessoa que amo nasceu em 1989... Bom, ela continua sendo a pessoa que amo. E isso me basta.

Mais uma vez, parabéns pelo texto. Um dos melhores que vi essa semana.

Elise disse...

Nossa, nem sabia que andavam boys por aqui (quer dizer, além dos meus amigos pessoais, que são gentis o suficente para me ler, rsrs).

Rob, obrigada por elogiar o texto. De acordo com as minhas estimativas, se eu ficasse de tpm 25 dias por mês, já teria conseguido publicar meu livro :)

Bom, é excelente ouvir uma opinião masculina, pra variar. Mas seu caso não se aplica: como vc disse, calhou do seu amor ser mais jovem, e isso não tem nada de mais.

Eu mesma, como disse acima, sempre curti pessoas jovens. Acho que os caras mais velhos são cheios de manias e maus-hábitos (rsrs). Mas pra que generalizar, né?!

O chato não são os caras se interessarem por meninas mais jovens (ei! eu já tive 20! rsrs).

Chato é surtar; é largar filho e mulher sem aviso, do dia pra noite; chato é humilhar a companheira; é arrumar amante e trair a confiança....

Eu fico triste de ver amigos que eu sei que realmente gostam de estar com quem estão, mas parecem endoidecer. Que deixam subir à cabeça esse "poder", e trocam belas coisas duradoras por caprichosos repentinos...

Enfim... esquece. É a minha tpm falando.
Beijas e volte sempre.

Dzinha disse...

Aff, Elise. Acredita que na faculdade um amigo meu surtou lindamente desse jeito? O pior: achou que eu faria papel de amante. Mereço????
Bom, eu tô no fim dos meus 20 e poucos anos e tenho visto isso acontecer aos montes com casais amigos também. É assustador. Mas, sei lá.. acho que as relações (todas elas) estão muito banalizadas.
Ae que é até "bonito" surtar de uma hora pra outra, largar tudo e viver como um adolescente. Acho muito estranho esse mundo novo onde o certo virou errado e o errado passou a ser certo.

Andréa Ramos disse...

Minha opinião é a seguinte:
Concordo com um montão de coisas que vc disse,mas a verdade mesmo é que casamento só dura muitos anos se ele for baseado no amor mais verdadeiro e no respeito e isso tem que ser desde o comecinho do namoro.
Meu marido está carequinha e eu o amo demais,ele é o homem da minha vida,o meu companheiro,o meu melhor amigo,o maior de todos os homens.
Eu estou gordinha,acima do peso mesmo,tenho "vários fios de cabelos brancos" tingidíssimos e cheio de luzes é verdade.
Mas meu marido está sempre dizendo o qto ele me ama,que minha pele branquinha é linda,qdo eu passo maquiagem ele diz que ficou lindo,qdo eu não passo ele diz que adora minha pele ao natural e está sempre me caçando,se é que vcs me entendem.
Então essa estória de envelhecer primeiro,o marido querer bancar o lobo é coisa de relação que não tem mais o amor verdadeiro,ou pior,nunca teve.
Então é isso meninas,em abril do ano que vem comemoro minhas Bodas de Porcelana,ou seja,vinte anos.
Vinte anos difíceis mas muito felizes.
Beijas

Drica Menezes disse...

complicadissima questão!acredito q mtas destas considerações sobre o corpo feminino e o masculino tem influencia da mídia e da nossa cultura como um todo, pois a mesma prega diversos rituais d cuidados para a mulher (cremes, depilacoes, dietas e tal) e para os homens tudo vira charme.....ahhhhh!

Renata R. disse...

Eu me sinto como se tivesse prazo de validade.

Camila disse...

Elise, muito bom esse texto, como sempre, seus textos de tpm sao os melhores ;)

Mas vou te falar que concordo em parte com o que a Andréa disse - tem muito casamento aí superficial demais, em que a primeira crise - dele ou dela - é motivo para um surto e um retorno à adolescência. Na minha opiniao, isso é falta de amor verdadeiro. Todas (e todos) estamos sujeitos a surtar, mas a maneira como a gente lida com isso é que define com o que a gente realmente se importa...

Bjs!