quinta-feira, 12 de novembro de 2009

IN THE DARK

Sobre o apagão.

Tá, tava calor, foi foda de dormir, mosquito e yadayadayada.

Estava todo mundo alarmado, chocado de ser nacional... mas eu juro que curti.
É, curti.

Eu adoro quando fica escuro. E em apagão assim fica tudo tão... calmo.

Já repararam? Fica tudo silencioso, e.... eu AMO ESCURO.

Às vezes, quando está de madrugada, eu curto apagar tudo e sentar no escuro. O mundo parece maior, tudo se amplia. Os contornos se suavizam... as luzes cansativas se apagam.

Os barulhos são melhor ouvidos. A brisa chacoalha as folhas das árvores. Os morcegos dão rasantes na varanda. Ouvimos corujas.

Parece que a nossa própria essência se dissolve, parece que ficamos invisíveis e nos misturamos no todo. Isso dá uma sensação de distanciamento de tudo, de sonho.

Para algumas pessoas o escuro está associado ao medo do desconhecido. A monstros imaginários e perigos escondidos. Para mim, o escuro é poético, acolhedor, apaziguador. Um bálsamo para a alma.

Cara, viajei, né??! rsrsrs. Mas quando puder, experimenta... o nada do escuro.

12 comentários:

Eline disse...

adorei o "nossa própria essência se dissolve"...concordo mesmo! as vezes eu até acho que no escuro tudo fica mais claro, não tudo, as idéias ficam mais claras :] hihihi!

Sweet Carola disse...

Também gosto muito do escuro e curto esses apagões..rsrs
Você falou de coruja e me lembrei que dei de cara com uma no meu quarto nessa noite, tão linda, fiquei admirando-a por um bom tempo até ela me perceber e foi embora.
É poético mesmo!!!

Estava lendo todos os posts com atrasos, estava com vírus no meu PC!!! Parabéns para Memé!!!

Beijas

Renata disse...

Adorei esse post, nem sei explicar o motivo, mas adorei! Sério!
Saudadona. To indo pro Rio em breve e dessa vez vc não me escapa...rsrsrs!
beijoca

Ruiva disse...

Eu aproveito isso quando estou longe da cidade. Adoro também. Mas quando se precisa imprimir os textos da faculdade, pegar o elevador pra chegar em casa e dormir pra trabalhar no dia seguinte.... A apreciação do momento realmente se perde. rs

Andréa disse...

Pode crer.
Eu sempre tive o maior medo da escuridão total.
Mas venho me livrando disso ao longo dos anos.
A gente vai ficando véia e mais corajosa,uma beleza.
No dia do apagão fiz exatamente o que vc disse.
Sentei na sala,sozinha e fiquei no meio daquele breu todo.
Não senti medo,até curti.
Depois fui para o quarto e dormi em segundos.
Só não me venha com morcegos na varanda,aí é demais pra mim.hehehehe
Beijas.

MLR disse...

Gosto porque dá pra ver melhor as estrelas e quem sabe um disco voador!!! Meu sonho era ver um!!! Louca né??? hehehehehe
Bjs

Anny disse...

Nossa que poético, nadinha de viagem, não!
Você tomo conhecimento dos sons que normalmente não dá importância.
Bjas,

Carol Monteiro disse...

Vc esqueceu o melhor, dá pra ver estrelas, muitas e muitas estrelas!!!!
Adoro ficar no escuro tbm.
Ah! e na minha city nem faltou luz :o(
só piscou a luz do meu quarto pr a da sala não fez nada... hehehe

Fernanda disse...

Adorei o post, mas confesso que "cagodemedonoescuro"..minha mãe sempre teve medo de escuro, sempre disse isso alto e em bom tom..então, meio q passou pra mim sabe? estou no nordeste, aqui em Aracaju não teve apagão, só no interior..e eu pensando q ficaria aterrorizada..faltou energia onde moro semana retrasada, eu ja estava dormindo..acordei na hora (pelo calor) e pelo medo do escuro..fiquei acendendo o celular toda hora..acho q preciso de terapia né?
bjosss e um dia faço o teste de ficar no escuro..se eu n comentar mais, é pq morri de medo, literalmente..kkkkkk

Nathalia disse...

Sabe que depois que li isso, pensei na escuridão de outra forma?
vou tentar ver esse lado gostoso...

Carol disse...

Eu também curto um pouquinho do escuro porque dá uma sensação tão boa de tranquilidade. Apesar do calor eu até achei legal. Deu para parar e ficar pensando na vida. Beijo!

Gabriela disse...

Ih,viajei com vc agora Elise.