segunda-feira, 23 de novembro de 2009

ZOOLÓGICO HUMANO

Então que nesse finde foi a apresentação de dança da Memée, e eu fiquei com vontade de contar pra vcs. Ela foi o máximo, e a coreografia do Michael Jackson foi demais e tals. Depois, se a monga aqui conseguir, até coloco a filmagem aqui no blog.

Mas... ficar 2 horas num teatro, com um bando de gente (e nem da mais educada), por dois dias, foi demais pra mim. Antes deu começar a dar uma de Scrooge, e reclamar de tudo, deixa eu explicar uma coisa - eu juro que eu tento não me aborrecer. Ter paciência. E, na vida real (fora dos desabafos do blog), até consigo. Acho chato tb quem reclama de tudo. E eu super quero ser uma pessoa melhor (pára de rir, caceta, juro que quero, srrs. Acho o fim essas pessoas que dizem "eu sou assim mesmo", e não tentam melhorar. Eu tento; mas, ok, nem sempre consigo).

Só que... como disse a Maela, tem muita gente sem noção - que reclama que a filha não ficou na frente, e outras coisas assim. Pois bem.
Começa que nego não consegue ficar COM O RABO SENTADO nem por meia hora. Era um tal de levanta-senta insuportável!

O pessoal da gravação do dvd reclamou no microfone duas vezes, dizendo que a movimentação no corredor atrapalhava a filmagem, e o povo CONTINUAVA LEVANTANDO E ANDANDO.
Saco!

E falando. Qual é a dessas pessoas que NÃO PARAM DE FALAR????????? Eu acho que elas não sabem que incomodam, porque ninguém entra aqui e comenta "pois é, eu falo à beça em apresentações e cinema, e nem ligo". Se ninguém assume que faz isso... onde estão essas pessoas??????? Porque elas são MUITAS.

Aí começava uma coreografia, e algumas pessoas ficavam GRITANDO; isso mesmo - gritando. Tipo: Uhúúúú! Vai Camila!
Era fácil saber qual era a criança que a mãe gritava o nome, porque sempre era aquela que perdia a concentração e errava a dança, ou ficava com cara de bunda de vergonha.
"Uhú" até deixo passar, mas gritar o nome da criança???!! Sério?!
E uma que gritou: "E o sorriso, fulaninha???!" Como assim??! Passando instrução no meio da apresentação??

Cara, acho que cada um faz o que quer... desde que não atrapalhe o outro. E isso de gritar e torcer como se fosse prova de natação (e não espetáculo de dança) é meio o fim da picada pra mim.

E pra COROAR o meu dia, no domingo sentei do lado de um velhinho. Mermão, o que o diabo do véio comeu no intervalo, eu não sei. MAS PASSOU A PORRA DO SEGUNDO ATO TODO PEIDANDO DO MEU LADO!!! PUTAQUEPARIU!!

Eu atraio!

Aí hoje eu fui tratar da roupa da apresentação do colégio, na sexta. É, mais apresentação. Quem não é mãe ainda, se prepara. Dinheiro nessa época do ano, com essas coisas, é merda.
E toca ir comprar tecido pra fazer a buçanha da roupa.
E a instrução que a professora mandou pro tecido era - "AZUL"

E eu pra criança, no meio da loja: "mas que tipo de azul? Claro? Escuro? Marinho?"
E ela - "ela disse azul-azul mesmo".

Não é brilhante, essa beócia dessa professora??!! GRRR!!!

16 comentários:

Megdmaville disse...

hahahah pensei que fosse só eu q usava chamar as coisas de "buçanha", hahaha, adoro o blog.

Sil disse...

Nossa muito medo dessas pessoas, mais ainda porque elas estao procriando!! Serio, o que esperar da coitada da Camila daqui a alguns anos??

Beijo!

Dani Claudino disse...

Te mandei e-mail!!! Vê logo, purfa!!
beju

Lele disse...

Cara odeio que fiquem gritando nas apresentações. O pior é que não tira a concentração só da pessoa que ela grita o nome tira das outras tb. A apresentação dela foi a do Lyceu? Quase fui nela mais eu iria no sabado.
Beijos

Anny disse...

KKK, vai se benze urgentaço, please!!!!!
Gente mala sem alça, tem de MONTE.
Elise, força na peruca e coragem.
bjas,

Bruna Hernandes disse...

Eu ODEIO quem fica falando fora de hora, principalmente dentro do cinema. Eu sou chata, gosto de silêncio até na hora dos traillers.
hunf.

Ozenilda Amorim disse...

Eu fui à colação de grau do ensino médio da minha sobrinha. Olha ninguém merece esse tipo de sacrifício, pois foram 600 adolescentes, todos gritando, aquelas empresas de formatura que inventam de tudo. O lugar até cabia todo mundo lá dentro, mas do lado de fora, com chuva, estava impraticável. Me perdi da família, sequer cumprimentei minha sobrinha e fui embora, assim, sem dar satisfação. O pior, como você disse, é aquele povo que acha que só o filho dele tá se formando, é a treva!
;)

Luciana Leal disse...

Esse ano ainda tenho duas apresentações de sobrinhas diferentes para encarar.....

Adriana Pereira disse...

Eu super te entendo, paciência não é meu forte e eu faço cara feia mesmo e reclamo e sou rabugenta!!
Eu tento mudar, mas as pessoas não me ajudam!! O que eu posso fazer?
Beijos Gata

Carol Ribeiro disse...

Tão bom encontrar pessoas que têm o mesmo pensamento que o meu...
O mundo seria tão melhor se as pessoas tivessem um pouco de respeito, bom senso e noção. Até p/ não confundir cinema, teatro, apresentações com feira, churrasco, futebol no estádio! (Coisa difícil né?)
Não é ser rabugenta, é a simples questão do local onde vc está, a adequação do comportamento e respeitar os outros...Ainda sim sou rabugenta!kkkkkk....estou tentando ser menos, mas ainda sou!
Bjos Elise!
Pobre professora. "Dá um desconto"kkk! Talvez ela desconheça as centenas de tonalidades existentes de azul disponíveis em uma bendita loja de tecido!

Mary, a dona da casa disse...

Elise,
Teus comentários são os melhores :)
Buçanha e beócia tu resgatou do fundo do baú! Achei que só eu falava isso.
Continue assim :)

Amor,

Mary

Patrícia disse...

Ahhhhhhhh, mas eu duvido que tb não teve o clássico: "pipiii, pipiii" daqueles rádios da Nextel dos infernos!!!
Acho o fim da picada!!!

Flá disse...

Acho que das apresentações de dança, vou escapar (ninguém está livre de filhos dançarinos ou bailarinos, embora não seja muito comum...), mas provavelmente vou participar de competições esportivas. Pelo menos, nessas o silêncio não é tão fundamental.... Ah! Quanto a roupa da escola, a professora quer vários tons de azul no palco, "mãezinha"... (sei que vc adora que te chamem assim!) E a sua apresentação de fim de ano? Vc desistiu do jazz?????

Maela disse...

Se liga Elise!!!
Fui hoje para apresentação de teatro do meu filho, sentou do meu lado um velho, ele não peidou, mas me chamou o tempo todo, até fiz post... qdo li o seu velho aqui qse morri de rir, vontade de mandar o meu véio conhecer o seu!

Aninha disse...

kkkkkk tem mta egnte sem noção mesmo nesse mundo !!!!

Ri pks com esse post! E o véio peidoreiro então...UOH ! rsrs cada uma!

beijos

Nice Oliveira disse...

Oi chérie! Me acabei de rir do lance do velhinho kkkkk...Ri tanto que o marido ficou curioso.
Bjs

P.S. ando sem tempo de comentar, mas leio o blog sempre que posso.