quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

AINDA SOBRE OS CANINOS


Eu ando num momento muito "eu amo meus daschunds" sabe???? rsrs

Não sei se fico carente na TPM e são eles que me fazem companhia... sei lá. Mas eu realmente, REALMENTE sou uma dog girl. Amo.
O engraçado é que nem todo mundo entende essa relação. Pra alguns, cães (ou gatos) são bichos, assim, da natureza, sacou? Sem personalidade, sem inteligência...

Eu ACEITO isso, óbvio que ninguém é obrigado a entender o meu lance com os cachorros, rsrs. Mas é tão natural para mim que acho estranho.

Aí eu vi esse texto no blog da minha amiga maluquinha (e vet dos caninos) Márcia, e achei muito legal.

AVISOS PARA QUEM VISITAR MINHA CASA

1. Lembre-se de que cães vivem aqui. Você, não.

2. Se você não quer pelos em suas roupas, fique longe dos móveis.

3. Sim, eles têm alguns hábitos desagradáveis. Uns latem, babam e insistem em colocar a bola fedida e mastigada no seu colo, eles podem ficar pulando e fazendo da sala um verdadeiro vulcão em erupção, mas eu também tenho lá meus dias de preguiça e loucura, assim como você. E daí?

4. CLARO que eles cheiram como cães... a que mais poderiam cheirar?!

5. É da natureza deles tentar cheirar você. Por favor, sinta-se à vontade para cheirá-los também. Não fique triste se seu cheiro não inspira confiança, eles não conhecem o cheirinho dos perfumes caros ou importados q vc usa...

6. Eu gosto deles muito mais do que de muitas pessoas.

7. Para você, eles são cachorros. Para mim são meus filhos, amados, lindos, andam de 4 e não falam tão claramente, MAS são minha vida, meus amores.

Fica combinado assim?

8 comentários:

Anônimo disse...

concordo totalmente!!!!! Eu até procuro acalmar a cachorra (Princesa, uma Golden coisa mais fofa) pra não pular nas pessoas (porque elas podem cair né!) mas sem muito sucesso porque ela é a primeira a chegar no portão e quando a visita entra, ela dá uma pulada básica e vai na frente mostrando o caminho (ainda é uma anfitriã de primeira), se demoramos um pouco, ela olha pra trás, para e analisa se estamos indo ou não, senão tivermos indo ela volta, põe o fuço na nossa mão como quem diz: vamo ai ... a casa é la dentro!!!!
Eles são o máximo!!!! e acho que quem nunca teve um cão jamais vai saber o que é gostar e ter um ...
Hahahahahahahaha, o voo da filhote foi incrivel!!!! A Princesa uma vez roubou o pão com doce do meu tio, ele deu mole, pos a mão pro lado conversando com alguém e .... lá se foi o pão ... ela correu se enfiou na casinha, lá no fundo, comeu o pão e voltou toda empinada, rebolando se achando muuiiiito esperta mesmo ... impossivel nao rir deles
ANA CRISTINA

Vanessa Orgélio disse...

Amei! Eu amo cães e me sinto exatamente assim... Como já falei no meu blog, estou num momento sem um cãozinho e estou quase desesperada por isso!
PRECISO DE UM PELUDOOOOO!
Adorei seu blog... Descobri pulando pela net!
Já estou te seguindo! Beijooos!

Carol disse...

Concordo e muito. só quem tem cachorro sabe como é. E quando eu vou na casa de alguém que tem um cachorro chato/fedorento tipo Marley, eu simplesmente não volto mais. Simples assim, não vou fazer prenderem o cachorro por minha causa, né?

Aline Almeida disse...

Elise,

Acho q não é só um momento de adoração! Você apenas deixou seu amor pelos "seus daschunds" aflorar.
Eu simplesmente AMO cachorro e sonho muito em ter um sítio/chácara para acolher os abandonados.
Não consigo viver sem um bichinho por perto e concordo com todos os ítens dos avisos. Tenho 2 filhos caninos, o Bóris e o Gumercindo e apesar de não ter filhos humanos acredito que o amor que sinto por eles é muito parecido com o de mãe. Sou capaz de tdo por eles e sei que a recíproca é verdadeira.

Bjos,

Aline

CANIL AVALON LAND - DÁLMATAS E WESTIES disse...

ADOREI O TEXTO 0 ainda que tenha a impressão que já li em algum lugar ... (KKKKKKKKKKK)

Podem dizer o que quiser mas CACHORROTERAPIA É TUDO DE BOM !!!!!

BEIJOS E LAMBEIJOKAS DA MATILHA

Silvia Maria disse...

Eu não trato cachorro que nem gente. Trato sim, pessoas de quem eu gosto, como trato meus cachorros. Porque trato meus cachorros da mesma forma como sou tratada por eles (tá, não lambo eles).
Meu avô dizia: quem não gosta de crianças, não gosta de animais, não merece minha confiança.
É isso aí!
Bjks nos caninos!

Magali na escuta disse...

É isso aí! Tem gente que fica com frescura de vir na nossa casa, que na verdade é a propriedade de 2 gatos lindos! Eu não tô nem aí...

Eu nunca os prenderia pq chegou visita pq simplismente eles são parte da casa e da familia!

E tenho mais apreço pelos animais do que por gente!

Valentina disse...

Temos aqui em casa 3 cachorros e 4 gatos... todos sempre foram meus irmãos e filhos de meus pais... e ai de quem rir ou falar mal disso... sutilmente é desconvidado a voltar em nossa casa...
Não obrigo ninguém a gostar de animais, mas se vc vai na casa de alguém que os tem, aguente o tranco quietinho, sem fazer cara de nojo. Eu não gosto de cigarro, mas não obrigo quem fuma, na casa dele, não fumar quando estou lá... respeito é bem legal, não achas?

Um desses 4 gatos é meu filho, Mancha... amado por mim. Quando comecei a namorar, disse para o Marcos: "tenho um filho peludo, preto, bipolar e ciumento... conquiste-o e poderás ficar lá em casa de vez em quando..." Hoje ambos sentem ciúmes mortais um do outro, mas a convivência é pacífica... rsrsrsrs...

Ops!!!!!! Acho que falei demais... hahahahaha...

Beijo