quarta-feira, 6 de abril de 2011

DIFERENÇAS REGIONAIS


Eu bem vou tomar umas espinafradas por conta desse post, rsrsrs.

Tudo começou com a história de uma conhecida.
Recém saída de um casamento insatisfatório.
Insatisfatório sexualmente, diga-se.
O cara (por acaso paulistano), era travado, daqueles que não faziam nem o básico.
Não entremos em detalhes

Aí, ela começou a sair com outros carinhas.
Paulistanos idem, pois ela mora por lá.
E.... nada de achar graça na coisa.
Os caras, segundo ela, muito cheios de frescura, de não me toques, não faziam isso nem aquilo, e eram de uma frieza só.
Aí.
Eis que... ela conhece um carioca.

E o cara vira a nossa heroína do avesso!
Fez dela gato e sapato, e ela gama!
Tá realizando todas as suas fantasias.
E o carioca, "ixperto", swing-sangue-bom, cheio das malemolências e safadezas tá deixando ela de quatro (literalmente também, rs)

Bom, antes de eu continuar a história, deixa eu dizer uma coisa:
esse post não é cariocas x paulistas, ok???
Eu tenho trocentos amigos em Sampa, e nem de longe estou insinuando que os caras lá não sabem o que fazem!
Não é isso.

Usei a história só pra contextualizar o seguinte: as diferenças regionais contam?


Será?
Não exatamente o lugar que você nasceu, mas as influências do meio, do ambiente... até dos outros caras com os quais se convive?
Até mesmo o tipo de mulher com os quais se lida?
Será que influenciam nessa área?

Sei que existem uma famas e rixas: "paulistas são mauricinhos workaholics frios, cariocas são os safados canalhas, os caras do sul são mais afrescalhados..."
Tudo bobagens e generalização, ok.

Mas... será que há um fundo de verdade???
Nem que seja no fundinho do fundinho? rs
Porque se não, de onde sairiam essas lendas?!

Eu não vou entrar na discussão, pois meu marido nem brasileiro é!! rs (e no que me concerne, os ingleses devem ser o povo mais apto pro negócio, hahaha)
Mas gostaria de ouvir as opiniões e experiências.

Será que os estilos sexuais e preferências na área variam, de acordo com a localidade e influências locais?
Por que, hein?
E variam como?
Ou é tudo balela e coincidência?

PS: por favor, não se matem no comentários!! rs

49 comentários:

Carlinha disse...

Menina...aqui na Bahia os homens são de uma audácia tamanha, se vc não tiver controle eles te jogam e te pegam em qualquer lugar, ainda mais se tiver um escurinho básico, ai fudeu!(literalmente).Namorei um filhinho de papai cheio de não me toque, para ele mamãe e papai estava bom, baiana do jeito mais puro que sou(hasuhaushaushau) me "retei" logo com a cara dele e ele me disse que iria voltar pra cidade dele (Sampa), depois dessa fico com pé atrás com os paulistas...Já namorei um malemolentedescaradosafadoetudode bãoooo um carioca que me fazia fazer loucuras, namorei um do Rio Grande do Sul que era um fogo total tbm....

Aime Chiquini disse...

Pow.... Tá aí o tipo de coisa que eu sempre me perguntei e não tive tempo de provar.
Pra te falar a verdade existe uma ENORME rixa entre cariocas e paulistas....
Paulistas acham cariocas folgados
Cariocas acham paulistas metidos
entre outros.
Agora uma questão que não tem como não ser diferente é o sexo. Afinal de contas, o rio, a bahia, espirito santo, cidades em sumo litorâneas tem um comportamento básico diferente. Eles tem diferenças no dia-a-dia que COM certeza devem afetar até o sexo.
Não há como dizer que não eu sou uma pessoa hiper fechada, meu pai é o workaholic nato, minha mae é a mãe de família tipica. EU fui criada de uma forma, minha personalidade aflorou e eu intensifiquei isso... Eu pra quem não conhece, sou metida, chata, atéja me disseram arrogante.. Sou de poucas palavras, não fico muito perto, nem dou muita risada.. Sou tão fechada num primeiro momento, pq necessito ver como a pessoa é... Como ela se comporta. Se me interessa ou se não.
É errado, é péssimo. Ou talvez não!rsrsrsrs
Isso reflete nos meus relacionamentos, com certeza refletiria no caso de ter um relacionamento sexual com uma pessoa que fosse meu completo oposto talvez.
Acho sim que regionalismo influencia em performance sexual.
Todos são o reflexo do meio ambiente em que vivem não tem como negar.

Anônimo disse...

Eu aaaacho que tem mais a ver com convivência mesmo... nao necessariamente do estado.
Mas ate as conversas desses posts fazem a cabeça das pessoas, Elise, vc influencia pessoas, saiba disso.
Acho que talvez ela deu azar com paulistas, eu nao posso dar minha opinião sobre paulistas pois apesar de morar em SP meu namorado é paranaense... dele pelo menos nao tenho nada a reclamar! Beijo! =)

Fernanda disse...

Pra mim é balela!

Já tive caso com um carioca, e não era lá essas coisas não, em contrapartida já namorei um paulista que vixe nossa era gênio no quesito. Acabei com um mineiro, e bem, casei com ele..rs

Bjos

Barbara disse...

Bem...
As diferenças regionais contam um pouquinho... Mas é uma questão de amostragem estatística (quanto maior e mais variado, mais fidedigno). Sou paulistana, moro em Brasília há 5 anos, dos quais 4 passei solteira, livre, leve e solta. E posso dizer, da minha experiência, que o ranking da "pegada boa" é o seguinte:
1) Baianos
2) Cariocas
3) Mineiros
Poderia falar de outros estados, mas aí ia ficar estranho pro meu lado, principalmente agora que sou quase casada (com um carioca tuuudo de bom).
Beijos

Ariane disse...

E lá vou eu dar os meus pitacos! kkk Só para constar... tou amando os posts!

Vou ser espinafrada também!? Mas eu sou paulista e... acho sim que alguns paulistas são mais cheios de não me toque, e que não fazem nem o básico!

E já falando abertamente, vou logo dizendo, ninguém é obrigado a fazer nada que não goste, mas não gostar de nada, então é mais fácil ser assexuado!

Já conheci mais de um cara que não gostava de fazer oral, que não gostava que na hora tocasse em nenhuma parte do corpo que não fosse a costa e o pau (não tou nem falando de c* não, é de perna, braço, cabeça), não gostava de beijar, não gostava de trocentas posições... cheguei a conclusão de que ele deveria trepar só com bonecas infláveis, porque né?!

Anônimo disse...

Eu pouco sei dizer sobre regionalismos. Acho que só estive com mineiros e sergipanos. Não tenho nada a reclamar dos representantes de nenhum dos estados na hora do rala e rola... rs.

Como conheço melhor os mineiros, posso dizer que minhas experiências são as melhores, pois eles podem até ser mais inibidos a princípio, mas se soltam e dão show.

Izabela disse...

Ah, eu não posso opinar sobre isso, só conheci mineiros na cama, rsrsrs. E te digo que aqui já encontrei de todos os jeitos.

selena disse...

olha, não tenho como defender nenhuma teoria a favor ou contra a influencia da regionalidade na cama, muito pelo contrário.

Mas uma coisa me chamou a atenção:
- voce falou que os ingleses devem ser o povo mais apto para o negócio. Sinceramente, até 2 minutos atrás, se me perguntassem de repente , eu, SEM NENHUM EMBASAMENTO CIENTÍFICO, chutaria que os ingleses, bem...são ingleses demais para a coisa. Mas depois da sua observação, obviamente COM EMBASAMENTO CIENTÍFICO (hahaha) pensando bem, acho que devo concordar. Porque né? O que é que Camilla Parker Bowles (é assim que escreve?)teria visto no (eterno) Principe Charles????? (uau!!!)

Manuela Alves disse...

E pq ela ainda não conheceu um Acriano! rsrsrs...

*.*Aline*.* disse...

Vou falar uma coisa: os bahianos tem todo um remelexo nos quadris até na hora do vamover! Sou paulista e já sai com alguns caras de outros estados e vi diferença sim na pegada. Do Mato Grosso do Sul também tem pegada forte, mas os Bahianos..OMG!!

Mundo da Fer* disse...

Menina esse post vai ser polêmico heim!Bom,já sai com paulistas,cariocas,gaúchos e um brasiliense.
De todos os citados os únicos que ficaram no meu conceito e que me deixaram de quatro mesmo(duplo sentido,rs)foram os cariocas e de Brasília,esse último então meu Deus!era aquilo que você tanto diz,o macho alfa meeesmo!acredito que um dos poucos que já encontrei.
Os paulistas que me perdoem,mas os carinhas eram tudo afrescalhadinho sim e o gaúcho não me acendia nem com maçarico!rs.
Opinião aí!rs...
Beijos!

Lisse disse...

Eu acho que não. Eu sou paulista, já transei com paulista, carioca, mineiro e sei lá mais o que e não vi diferença qto a isso. Mesma coisa dizer que janponês tem pau pequeno e negro é bem dotado. Mentira! Ou eu fui mto azarada de sair com o único negro que tinha um dedo mindinho no lugar do peru.

Paola disse...

Carioca fala demais ...é muito gogo...tira onda de macho alfa e na hora é aquele basico do basico, Eu só tive cariocas...eu achava q "carioca era a melhor especie" a malandragem, a safadeza..rs
mas aí apareceu um MINEIRO.
Nem preciso comentar.;)

selena disse...

eu achei que já tinha falado tudo, mas me vi obrigada a voltar e concordar com a Paola: cariocas, paulistas, baianos,...me desculpem.

pegada mesmo é dos mineirim comequietos.

Mirella de Oliveira disse...

Bom, Elise... todos os meus relacionamentos foram com caras daqui de Floripa. E entre eles mesmo eu percebi MUITA diferença. Uns lamentáveis e outros maravilhosos... E eu acho que generalizar que paulistas são isso, cariocas são aquilo, gaúchos, mineiros são aquele outro... por ter ficado com alguns deles um tremenda babaquice!!
Como você pode generalizar TODOS os caras de uma região por COINCIDENTEMENTE eles terem sido parecidos na performance sexual? Na boa, generalizar 1 para 200 mil é burrice. Acho que esse lance de ser bom na cama tem muito mais a ver com o entrosamento do casal, com os amigos que tem SIM e até com a educação. Tudo isso conta, mas, sinceramente, acho que a "pegada" e o jeito de saber fazer vem do útero da mãe. HAHAHA
O resto é bobagem das grandes.
Beijas
Mi

Aime Chiquini disse...

Ahhhh genteee....Eu nunca dei pra nenhum que nao fosse paulista e minha base estatistica eh baixissima!!!!! rsrsrsrsrs
Mas a questão é que eu acho que o regional incide sobre personalidade e que personalidade decai sobre a performance sexual!!!!!!
Nao é por ser carioca, paulista ou alemão.... MAS sim com quem ele conviveu... Eu acho que isso me influenciou muito.

Mirella de Oliveira disse...

Aime, concordo... como eu disse, acredito mesmo que tenha influência as pessoas com quem ele conviveu e convive. Mas será mesmo que a região incide MUITO sobre a personalidade? Concordo que não tem como não haver nenhuma influência... mas será que influencia tanto a ponto de incidir sobre a performance sexual? Pergunto isso porque já fiquei com caras de uma mesma região de Floripa, mesmo nível social e de educação, muito semelhantes em muita coisa e, olha... MUITO DIFERENTES! HAHAHAHAHA

Anônimo disse...

eita post danado de bom esse hein....rs

olha só .....experiencia com homens eu tenho de sobra...então posso te dizer que tem de tudo nesse mundãodedeus...aí é uma questão de autoestima.....qdo eu to baixo astral só arrumo curva de rio ...mas qdo eu to segura de mim e me sentindo ...aí aparece uns cara bom de "fuder" quero dizer bons de cama e bons de pau...até pq, quem diz que o q importa é a mágica e não a varinha é pura mentira...mulher q é mulher e sabe do babado gosta mesmo de rola gde .....se é paulista.....mineiro...baiano...capixaba etc ...pra mim não importa.....o importante é gozar e ser feliz ....não é mesmo Elise querida??
bjão proC

Michelle disse...

Não acho que seja questão de regionalismo, acho que eh questão de pele, de encaixar bem ou não. Ruim de cama tem no Brasil todo seja, no Norte, nordeste, sul ou sudeste. Sexo sensacional tem quimica, tem pele , tem encaixe!!! Lembrando que sexo são 2 pessoas....então, o paulista não foi bom, ou sera que não rolou a menor quimica enre os dois?
Sou suspeita p/ falar pq o meu paulista, não tem frescura nenhuma e sabe muito bem o que faz!!! 0/

Andréa disse...

Nossa,eu sou paulista e não me considero uma Brastemp,tenho a maior preguiça do mundo.
Mas o marido tbm é paulista e tá sempre com aquele negócio pra cima de mim.
Fiquei na dúvida agora.
Bem,mas uma mulher que faz xixi na cadeira e sonha que matou anões não pode dar muita opinião né?
Beijas amiga.

Elise Machado disse...

Selena, é conhecimento EMPÍRICO (rsrs) - afirmo que os ingleses são os melhores, rs (fala a verdade, só de olhar pro Beckham vcs já desconfiavam, né? ;))

Manu - e os acrianos existem??? rsrsrsrs (tou zoando. Piada de carioca sobre o Acre não existir, rsrs)

Anônimo - gozar e ser feliz! Sou adepta ;)

Rubinha disse...

Bom, acho que os capixabas devem ser uma versão praiana dos paulistas!!

Ô homarada sem a manha do negócio!! Cheios de frescurite.

E o pior, pq caras com pegada fraca e sexo meia boca, mesmo se vc tiver se esforçando pro negócio ficar melhor acham que tão abalando?

Acho que o pior mesmo é quando desiste e pensa: acaba logo!!

E como já disseram por aí, o meio em que a pessoa convive, a criação e etc. podem influenciar no desempenho na hora do sexo sim.

Mas o bom é quando vc fica com um carinha que não dava nada por ele (e nem pensava em dar pra ele!) que
chega na hora h e te surpreende! (surpreende só, não, te deixa de perna bamba!)

E Fer... bom, tem uma brasiliense que me deixou louca tb! hahaha

E Elise, não vi o filme sexo sem compromisso, mas aquela cena me fez lembrar na hora da pegação com meu brasiliense (aliás, que é nos mesmos termos do nome do filme!) rsrs

Anônimo disse...

Ah, hj eu tenho que comentar!
Moro em São Paulo a vida toda, e os paulistas são uns MERDAS.
Mesmo o melhorzinho é cheio de não me toques!

Só depois que comecei a sair com um mineiro é que percebi o que estava perdendo.

Os paulistas são metro demais, cheios de nojinho, não chupam, não se esforçam. Não gostam de demonstrações de carinho, beijam de má vontade e só querem fazer o feijão com arroz. PRONTOFALEI!

Agora quero experimentar com um carioca da gema, pra ver qual é!
Ufa, desabafei, Lise!

Rubinha disse...

Bom, e botando uma pimentinha no assunto... fiquei com um paulista (não rolou sexo), mas, eu tava dando a "maior condição" pra isso. Vi que ele tava afim mas pow, nem coragem de pegar na minha bunda direito ele tinha (as vezes que ele tentou foi patético)! Isso me fez desanimar pra continuar com a "cousa"...

Aime Chiquini disse...

Elise - piada sobre o Acre não existir AKI EM SAMPA tb rola!!!!!srsrsrs

Mirella eu acho que o seguinte, existe akele lance da química que algumas meninas falaram, mas por exemplo eu tinha química com um ex namorado, eu nao podia ver ele que eu nao resistia.... Ele era gostoso, tinha lábia, era apaixonado por mim, tinha química pra dar e vender e ate se bobear desfilar.... MAS ELE ERA UM JACÚ NA CAMA... UM PREGO!!!!!! Eu virgem dava mais caldo que ele... haiahiauhaiuhaihaiuahia
Nao ele nao tinha nojo, e quando a gnt dava uns amassos fazia o serviço direito, nao precisava nem de mto... MAS na cama ele parecia um jumento (leia-se jumento tb pq o pau dele nao acabava mais! ahahahah, mas ruim demais!)
Daí que tinha química, tinha pegada, tinha vontade, mas não tinha sexo do bom!!!!!!!
E aí? QQ houve? pra mim é o meio... Ele não teve mãe, a mãe dele faleceu cedo... O pai nao queria nem ver a cara dele direito... Montes de meninas se arrastando... Ele mto sensivel pra tudo.... Inseguro....
DAI que afetou em algum lugar ele... E foi exatamente o MEIO em que ele foi criado, as viadagens da mae dele e os excessos do pai transformaram ele num cara super legal pra umas coisas mas terriveis pra outras, sem contar o sexo, claro!
EU acho sim que o meio é tão importante quanto a família!
Afinal de contas na época em q formamos personalidade e carater somos intensamente preocupados com o meio, com os amigos... etc.

Aime Chiquini disse...

Aiiiiiiiiiiii Girls!!!!!
Só eu só encontrei paulistas dispostos a tudo e mais um pouco?!?!!??
TO chokita aki com os relatos contra os paulistas!!!!!!
Eu sou meio cheia de frescuras (sorry, mas acho menstruação NADA sexy) mas eles sempre topavam tudo seja época vermelha ou não!!!!!!!
POW... tava sabendo de toda essa burocracia paulistana nao hein!!!! =O

Jackie disse...

Bem, minha, humm... digamos farta experiência, diz que: paulistas são o ó (e sou paulista criada no Rio e recriada na Bahia), cariocas são safados, escorregadios e criativos, cearenses são sem graceira, mineiros tradicionalistas (pensam que são safados, mas são café com leite...rs) sulistas, uns doces mas muito doces, brasilieneses, mais formais e secos e os baianos...ah os baianos... são tudibom: hot, sexies, cheios de amor pra dar com uma pegada de tremer. Tanto é que casei 3 vezes e todas as vezes com baianos, apesar de dar uma rodadinha básica por esse Brasil...
Claro que há exceções, como tudo na vida, mas é mais ou menos por aí...rs

beijo

Henrique disse...

Acho isso tudo MITO.

Não acha que haja nada de genético nisso e se existe algo é por força da cultura que inculti certos valores...o moleque cresce no Rio de Janeiro e vai aprendendo aquela arte da malandragem...de certa forma, areas litorânes são mais permissivas sexualmente...mas para mim é tudo elemento cultural...

Uma coisa eu sei, falar muito em sexo não quer dizer que se pratica...

Fazer sexo bem feito é algo que denota alma, corpo e tesão. Libido é algo formado por N variáveis...

Acho que a gente é muito singular independente das coordenadas geográficas...

Anônimo disse...

Mas é claro que variam.
Variam uma barbaridade!
Por que tu acha que existe aquele mandamento que diz que toda gaúcha deve namorar pelo menos um carioca na vida?
;)

*cristina* disse...

Puxa...se não fosse casada,faria até uma pesquisa de campo,haha,porque nunca dei prum mineiro ou carioca...=(
E agora até fiquei curiosa...

Jejum de três dias só pelas lembranças que esse post me trouxe!!Teve um do Mato Grosso do Sul,que Jisuis,ai...

Bjoo

Anônimo disse...

Também acho balela, não é porque alguém é de um estado X ou Y que tem necessariamente o estilo sexual W. As pessoas diferentes, e vai dizer que todos os cariocas são iguais, todos os paulistas, todos os mineiros?? Lógico que não! Eu sou baiana e minha personalidade não tem nada a ver com o estereótipo que criaram do baiano típico... e quando querem me empurrar isso, eu me irrito. O que pode acontecer é existirem mais pessoas do tipo X ou Y no estado H, vá lá. Mas qualquer afirmação do tipo "paulista é frio na cama"; "carioca é fogoso", sou contra. Não gosto de generalizações.
Concordo com quem disse que somos fruto do ambiente em que crescemos/vivemos, beleza, mas esse ambiente é muito mais o familiar, sua criação, do que o ESTADO... tem família liberal, rígida, em todo estado, e isso serve pra tudo na vida.

Ass: ni

Anônimo disse...

E olhe, na minha opinião, a não ser que a moçoila seja muuuuuuuuuuuuuuito rodada, todas aqui tão falando de suas experiências pessoais, vão elogiar seus maridos/namorados, então, se ele é acreano/paraibano/gaúcho - opa, o acreano/paraibano/gaúcho é o melhor amante ever. E naquela vez que foi pra cama com um mineiro/paulista/brasiliense e foi ruim - eap, mineiro/paulista/brasiliense é ruim de cama.
Base estatística fail, minha gente.

Ass: ni

Greice disse...

Oii...
Bom, aqui no RS, como tu falou, existe a fama dos caras serem 'afrescalhados' sim, mas isso existe pq antigamente, famílias que tinham grana, mandavam os filhos pra frança, pra estudar, daí dizem q qdo voltavam, vinham com sotaque e falavam fazendo 'biquinho', logo pareciam 'fresquinhos' rsrs. Reza a lenda!! bjoo

Michelle disse...

Henrique, o contigo! Super concordo como que vc falou.

Aime, vou defender paulista ate a morte!!O meu eh paulista e pega muito! Zero de frescura, sabe o que faz e faz de forma, que UOU!
E sem mais propaganda!

Não tava sabendo desse papinho que paulista pega mais ou menos, p/ mim eh balela forte.

Patric disse...

Então... Posso afirmar uma coisa... Tdas as namoradas q já tive aqui em SP me disseram q os EXs delas eram "frescos"... Faziam o básico o e necessário e olhe lá...
Acho q o lance do carioca é pela ginga, pela malandragem e todo o swingue q ele tem... Querendo ou n (tendo rixa ou n!) tds amam os cariocas... As paulistas tb!!!
Até agora só tive elogios (sim, não sou modesto... hehehehehe)...

laura disse...

babadoooo elise..rs.sempre ouvi falar mal dos ingleses..nao sabia dessa fama de serem bons..ate porque tenho cunhado ingles/londres e nunca ouvi altos elogios..haha.SORTE sua.bjossss

Aime Chiquini disse...

Ahhhhhhhhhhhh.... Patric
Também nunca tive reclamações não...
O problema é que as mulheres reclamam bastante é por TRAS!!! hahahaha
Massss, eu tb nunca fiquei sabendo dessa fama dos paulistanos serem frescos. Mas HA de se observar um outro lado... Vai saber se o pauslita que as meninas pegaram nao tava traumatizado... Pq oh... VOU contar em OFF aqui hein.
Aconteceu DUAS vezes comigo, estava uma vez sentada no chão da sala (escola) e a menina passou por mim e mó cheirão de xota fedida.... E outra na faculdade... A menina passou e deixou akele bafo quente (eu sentada no chão novamente)...
Dai vamos combinar.. Que quem já enfrentou uma situação assim mais de perto, fica meio retraído. BAFO de genitalhe QUENTE e fedido NINGUÉM merecem e óh não é toda mulher que toma sequer o cuidado de ter um lencinho umidecido pra dar um jeito na região em caso de banho nao ser possível.
PRONTOFALEI!!!!!

E daí?! Se eu fosse homem? eu que nao colocaria minha boca num buraco assim nao... Nem o pau eu iria curtir mto colocar. Ah tá pode ser um bad day da garota, mas nao causa uma boa impressao.
girls prestem atenção, não estou falando que é o caso de VCS e sim que pode ser o caso do cara que vcs saíram terem pegado já! Ta?


(expliquei meu pensamento sobre o regionalismo melhor aqui....rsrsrsrshttp://aime-caixadepandora.blogspot.com/2011/04/as-diferencas-existem.html minha cabeça ficou fervendo e nem tinhamais espaço pra ficar expondo aqui!!! hahahaha)

Anônimo disse...

Então experimentem um baiano uma vez na vida!!! e depois me falem... apesar disso casei com um paulista, pq nem tudo na vida é sexo!

Pri! disse...

Só posso dizer...
cuidado com os Goianos.Só isso. Mas esses sim são perigosos.
Mas também reparei na diferença dos homens Paulistas (do estado) e os Paulistanos. Os homens paulistas (pronto os do "interiorrrrr" )tem mais malemolencia, mas tb tendem a ser mais machistas. Os paulistanos são mais liberais mas tb não tem aquele jeito de "joga na parede e chama de lagartixa". Mas sei la... eu acho q o regionalismo tem um fundo de verdade por questões culturais, e mtas vezes a gente estranha ou gosta do jeito da pessoa. enfim bjos

Maela disse...

Vamos lá...kkk

Sem ofensa irmã querida, tem uma amiga minha ( mora em Londres ) que diz que os ingleses ou são promíscuos ou afeminados ou assexuados - último ítem pertence as mulheres.

Os cariocas são mais atirados e desenvoltos, os baianos transam com tudo que se mova e sem frescura ( fiquei até com medo e nunca provei), mineiro come quieto e bem ( segundo minha amiga que provou e casou com um ) e paulistas.... eles são divididos entre paulistanos e paulistas.
Paulistas no geral mandam bem... mas paulistanos... ai ai.... parece que tem nojo de coisas molhadas! kkkk

Anônimo disse...

Ah olha só, já peguei paulista viu, e foi uma decepção! O cara é tão frio, e tudo tão rápido, que eu demorei a me dar conta que ele já tinha gozado e que tudo já tinha acabado e eu não senti nada...absolutamente nada! Meu marido carioca, dá de 1000000 a zero! Sério, isso não é mentira! Aconteceu mesmo!

Anônimo disse...

Esse post realmente tá demais!!!
Já estive com paulistas (onde moro), mineiros e cariocas e vou te dizer uma coisa...os cariocas teeeeeeeemmmm pegada messsssmo, os caras te pegam de todo o jeito, te jogam na parede e tal e o fogo, vixi dá e sobra pra pelo menos uns dez dias, hahahah....os paulistas são mais carinhosos, não que os outros não sejam, mas gostam mais de fazer amorzinho, meu ex marido é paulista e sempre deu muito bem no couro....rs, Ah! os mineiros que me desculpem, mas não gostei não, muito cheios de frescura....tipo o cara ficou com nojo do motel, ah vá querido!!!!
Mas no meu rankin os cariocas ganham!!!!!

Daniel disse...

É pra gerar polêmica né?

Então eu digo. Sou Paulistano, nascido e criado na Zona Norte de São Paulo. Gosto MUITO da COISA e frescura num tem lugar. Mas tenho amigos, colegas que não curtem não... E amigas completamente assexuadas, quase freiras.

Mas, tenho visto MUITA reclamação de falta de homem por aqui, homem com H, Alpha, de pegada... Isso não é bom para a "fama", não é bom para o "mercado", mas FODA-SE a fama e o preconceito das pessoas, ME CONHEÇA ANTES depois me critique, ou game.

Amigas se separaram pois o marido marcava data e hora para meter e de 15 em 15 dias, isso se não cair em dias vermelhos (ahh dias assim são bons as vezes)... e mesmo assim não podia ser de lado, de quatro ou descoberto... não poderia estar calor, ser depois da refeição (adoro uma sobremesa), de dia, com luz, na casa dos pais, sem beijar, sem chupar... Já ouvi e li reclamaçõe de todos os tipos (devo ter cara de psicólogo).

Uma boa pesquisa (se alguém ai se prontificar a fazer) seria perguntar para PUTAS, elas devem dar um bom retorno estatístico para essa dúvida. Nisso não poderei ajudar nada contra elas, mas para mim não funciona Putas.

Adoro fazer de tudo... TUDO.
Então acho que me beneficio por esse "problema" que existe por aqui, por essa frescura paulistana.

Sobre ser cultural ou não, acredito que não seja só isso, pois São Paulo é o lugar que mais tem casas de suingue por habitante e para ir em um tem que gostar da coisa.

Em compensação concordo que no Rio a praia deixa todos no mesmo nível, a nudez é mais aceita. Na Bahia mais ainda... Acho que quanto menos roupa, menos frescura. Mas tem também questões de disponibilidade, uns são mais abertos a trabalhar desde cedo, outros a puxar um beck na praia, uns gostam de ler e tem paciência de ler, outros ouvem música e preferem a história sair no cinema... Já foram feitos vários estudos, dizem que uns são mais preguiçosos, outros mais quietos, mas duvido que em todo lugar sejam todos de uma mesma forma.

Para mim sempre tem os pervertidos e os travados.

E viva a diferença...

Beijos
Do Saladeto Taradão,
Dan

Anônimo disse...

Putz vou ter que ir de anônima nesse hahaha

Sou Paulista e namoro um Paulista tb. Masss já me apaixonei por um carioca que tinha aqueeeeela pegada saka? Mas era muito "Venha a Nós", na hora de eu receber... NADA! Um saco né? Mas pior que o fdp era um partidão!Lindo, educado, forte e com aquele sotaque meo bem, que já me levava aos ceus na hora do "vamover" rs.
Ai eu nao resistia. Ja cheguei a ir pro rio e voltar no mesmo dia só pra gente passar uma tarde juntoo... E apesar desse defeitinho SUPER valeu a pena kkkk

Por fim, hj ele é casado com uma SEM SAL que tem cara de mamae e papai e chega. rs (que ele msm ja me contou, por hj sermos "amigos" e termos essa liberdade).
Problema dele, quem mandou nao ficar com a paulista aki? rs

Hj to com meu paulistinha que tb não é fraco não rs.

Mas super acho que todas TEM que ao menos testar um carioca kkkk

Beijas Elise

Anônimo disse...

olha q vou te dar a minha opnião, sem ler as demais e ser influenciada..meu ex é mega paulistano...e olha só não pegava do avesso pq não dava mesmo...acho q td isso tem a ver mais com o cara e não da origem dele...

Anônimo disse...

Tive muitas experiências com um goiano e foi o melhor, sem comparação... desde a primeira vez prometia muito! Um do MS que tb mandava muito! Mas não dá pra dizer muito dps de experimentar apenas 1 dessas regiões, né? Agora sobre paulistas e paulistanos posso falar mais... namorei e tb apenas sai com alguns paulistas e pelo menos as minhas experiências foram melhores que as com os paulistanos. Os paulistas são mais esforçados, não tem nojinho, tive boas experiências. Já os paulistanos realmente deixam um pouco a desejar... na minha listinha eles estão com os últimos lugares.

Juliana disse...

Não li os coments, preguicinha, perdi muitos posts haha.
Mas sou paulista, o namorado carioca e ele é o homi que mais me enlouquece sexualmente falando.

Não sei se tem a ver com a região, até desacredito que tenha... Mas, né.

Anônimo disse...

Páááára o mundo q eu kero descer! Concordo sim que o meio influencia. Maaas, como nao poderia deixar de ser, vou fazer as minhas colocações baseadas em experiencias científicas rsrsrs. Lá vai: Primeiramente, explicar que sou paulista lááá do interiooorrrrrzão mesmo. E pra quem pensa que a cidade sendo pequena ou nao sendo litoral a coisa fica meio mal informada, haha, to pra falar que ja ensinei muito a mulherada aki da capital, pois a internet, livros, tv, revistas e afins lá existe da mesma forma que aqui e pra quem quer se informar as coisas estão ai pra isso ;). Bem, continuando, agora moro aqui em Minas. Então passei por: Paulistas, Goiano, Gaucho, Mineiros e Capixaba (este capixaba nascido em Minas mas criado desde cedo lá). E posso dizer que os goianos ao menos onde eu convivia, tem um quê de safado, akela coisa de no frescura. O gaucho que me pegou arrasoooooou! Gatissimo, bem dotadissimo, foguento e mara na pegada. Os paulistas, bem, essa época eu era mais nova e apesar das experiencias não sabia que ainda não sabia o que era sexo bom de verdade. Tive um namoradinho que transavamos o fds inteiro pois so nos viamos nestes...mas ja fiquei com um tbm que parecia um virgem. Tive que pegar a mão dele e botar na minha bunda, costas cintura etc...Aff! Maaaaassssss! Que rufem os tambores hahahaha! Vim a descobrir o que é sexo bom (mediante essas experiencias) com os mineirinhos rss Casei com um, ja me separei mas a quimica de sexo eh boa até hoje. Ja tive outro depois do casório que mandava bem tambemmmm :D Estes não têm frescuras, se jogam pra valer e gostam do trem meesmo. O capixaba tambem tinha uma pegada bem forte, gostosa, selvagem até,daquelas que demonstram interesse com quem está. Agora me falta provar os tao ovacionados baianos né?(snif) E se puder um carioca tbm hahahhaa! Beijos!