terça-feira, 27 de janeiro de 2009

UMA GERAL PELA BIENAL (SPFW)

Bom, pra quem não tem idéia, eu vou explicar exatamente como é o esquema da SPFW - o espaço é grande, cheio de lounges fechados, e áreas de desfile mais fechadas ainda.

Existem algumas formas de estar lá: ou vc tem convite para entrar na Bienal, mas só tem convite para um ou dois lounges; ou vc é imprensa, e tem acesso quase livre a tudo, ou vc tem convite para um desfile, mas não para os lounges. Eu era o último caso. Ah, e vc podia ser VIP tb, e ter acesso a TUDO.

Eu podia entrar na Bienal, circular, ver tudo e todo mundo, tinha convite prum desfile (que seria beeeem mais trade), mas... não tinha acesso a nenhum lounge! (depois eu conto como "driblei" um pouco isso)

Então minha primeira opção era procurar os lounges que não exigissem convite para entrar - QUASE NENHUM!

E foi assim que eu parei no da MELISSA (foto da fila acima)

Esse lounge não exigia "visto", e ainda oferecia brindes! Bom demais, né? Vamos ver...

Ele era todo com a temática africana (não me perguntem porque; ninguém explicou nada, rsrsrs), mas ficou uma coisa conceitual bonita.

Essa Melissa- Vivienne Westwood foi a minha favorita!! Quase peguei ela e saí correndo, hahahahaha.


Viu o que eu disse? África......rsrsrs


O brinde era o seguinte: vc jogava esse joguinho aí (disputado à tapa, mas organizado com senha), e se ganhasse, ganhava uma Melissa edição especial do evento.

Muito bonitinha (branquinha), mas não consegui fotografar.

Mas.... pouca gente conseguia ganhar!
O bom desse lounge era a geladeira! hahahahaha

Era só abrir e se servir! Água, Refri...tudo Schincariol, que era a patrocinadora do evento.

Aproveitei para descansar um pouco, pq estava vindo direto do aeroporto.

Voltando a circular pela Bienal, vários stands e entradas de lounges bonitos.

O da Tam, por exemplo, bem rústico.

O espaço Nespresso, onde se podia comprar um café.

A rampa de subida, que estava sendo decorada e pintada durante o evento.

Toda hora alguém tropeçava na galera que estava sentada alí pintando, rssrsrs.
O espaço da Schin, que parecia um boteco, muito agradável, e com cervejinha.

Tinha uma bicha muito doida, de salto, que toda hora passava com um copo de cerveja diferente! No final ele/ela já estava trocando as pernas!

Hilário! Não fotografei de medo de apanhar ;)

Tinha uma exposição bacana sobre a Carmem Miranda (mas eu fiquei uns 5 seg. lá dentro só, rsrsrs)


E aí chegou o lounge da Natura. Eu estava meio triste de só ter entrado no da Melissa..pô eu QUERIA VER!!

O da Havaianas, outro disputado e só com convite, eu tentei desenrolar na porta (coisa de carioca, rsrsrs). O cara (com uma tremenda empáfia prum recepcionista!!!!) avisou que não podia entrar por causa do BRINDE EXCLUSIVO (uma Havaiana customizada, *bocejo*).

Coisa de POBRE, né? Não a Havaiana, mas não deixar entrar por causa de BRINDE EXCLUSIVO.

Quase que eu falei pra ele: "mermão, enfia o BRINDE EXCLUSIVO no cú. Eu tenho mais de 20 Havaianas em casa! Eu quero é fotografar, caceta!!!"

Mas, vcs sabem... EU SOU FINA, rsrsrsr.
Bom, voltando ao lounge Natura.

Eu não tinha convite pra entrar, mas a essa altura já tinha feito amizade com a Naná, uma menina paulistana de 17 anos, muito gente boa e FÃ DE CREPÚSCULO, hahahahaha. Ficamos amigas na hora!!!

E ela tinha convite! Entrei toda faceira com o convite dela.
O lounge era muito bonito, com espaço pra make, e com brindes maravilhoso!! (já já!!)

Eu simplesmente adorei fotografar lá dentro. Todo mundo foi educadíssimo e cortês comigo!

No geral, eu digo - a SPFW tem um pouco de prepotência, não é um evento relax como o Fashion Rio (sem puxar sardinha), mas é legal. Meio frio, se vc for como eu:

NINGUÉM.
(rsrsrs)

3 comentários:

Juliana disse...

A África, no estande da Melissa, é o tema da coleção nova rs
Eu sei porque não param de falar disso no Flickr!
Bjs

Elise disse...

Ahhhhhhhhhh
Pô, bem que eles podiam ter distribuído um folder, alguma coisa explicando, né?
Beijas

Camila disse...

Sabe que eu não gosto de Melissa? Até ganhei uma há uns anos atrás (óbvio que ganhei depois de pedir moooito), que era do Romero Britto (amo!), era estilo tamanca, e no salto tinha aqueles desenhos típicos dele, e tb um chinelinho tipo havaianas... Mas olha, eu gostei mais pelo conceito, pq é um sapato pesado, que dá chule (e po, eu sou limpinha, mas sapato de plástico no RJ não dá, né?) e ainda por cima é carésimo (eu acho caro pagar mais de 100 reais em um sapato plástico. Prontofalei.

Elise, fotos dos brindes djá! rs

Beijas, estou adorando seu periplo na SPFW :)