quinta-feira, 4 de junho de 2009

AIRBUS


O que eu vou escrever vai desagradar uma meia dúzia. Bom, vá lá, vai desagradar um monte de gente.

Mas eu fiquei entalada. Então já peço desculpas antecipadas; se vc se sentir ofendido, não é pessoal. É só pensar "essa Elise é uma babaca mesmo", e seguir adiante, ok? Mas é como me sinto.

Sobre o acidente com o Airbus.

Putz, eu fiquei tão chocada. Eu sempre curti andar de avião, mas depois dessa fiquei com um medo... depois de velho a gente começa com esses medos. Talvez por começar a perceber que não é imortal...

O B anda muito de avião, indo a reuniões pra cima e pra baixo. Fico com um nó no estômago...

Foi um alívio não ter nenhum conhecido meu nesse vôo. Uma queridíssima prima minha é comissária, e quando acontece uma dessas, eu fico sempre meio nervosa pra ver se é a rota dela.
Sinto muito, muito mesmo se alguém perdeu alguém querido nesse vôo. Foi uma fatalidade de merda.

Quando soube do pai e da mãe que foram em vôos diferentes, por precaução, para que os filhos não ficassem órfãos de pai e mãe, e a mãe acabou no vôo fatal, fiquei até engasgada.

Dito isso, vcs talvez entendam a minha revolta.

Assistindo a reportagem com uma das pessoas que acabou não embarcando, e por sorte sobreviveu, ouvi a seguinte coisa da criatura: "EU FUI SALVA DE IR NESSE VÔO - FOI A MÃO DE DEUS".

Pára, pára, pára!!!! Sua idiota! Pra começar, foi A MÃO DE DEUS que derrubou a porra do avião!

É claro que eu não acho que foi algum Deus que derrubou o avião. O que eu quero dizer é: por que essa pessoa acha que foi agraciada com intervenção divina, e os MAIS DE 200 PASSAGEIROS DO VÔO NÃO??? Ela é o que? Especial?
Mais especial do que todo o resto? Deus não se preocupou em salvar o bebê e as crianças inocentes do avião, mas se preocupou em salvar ela???????????? Olha, a fé sem razão pode ser uma coisa bem estúpida, vai me desculpar!

Esse tipo de pensamento me dá um ódio, por ser tão tacanho...

Fatalidade. O avião caiu - fatalidade. Ela não embarcou no avião - fatalidade. Talvez até algum motivo obscuro (não sou eu que vou tentar adivinhar), mas fatalidade.

Se eu tivesse perdido meu marido - tão amoroso, bom, e bom pai - nesse vôo, e escutasse alguém se vangloriar de que foi salvo por Deus... olha, eu ía ficar muito puta da vida! DEUS NÃO TEM NADA A VER COM ISSO.

É melhor acreditar que não.

É que nem quem consegue alguma coisa que muita gente queria, e a pessoa diz que acreditou muito, rezou-orou muito e conseguiu. E os outros? E a fé dos outros? Por que eles não conseguiram? Deus premia quem é mais devoto? Se fosse sempre intervenção divina, todo mundo muito bom e com muita fé conseguiria tudo, certo?? Essas pessoas usam a própria fé com soberba, se achando mais merecedores.

AMIGO, SE FÉ ADIANTASSE ALGUMA COISA, NÃO MORRIA CRIANÇA DE FOME NA ÁFRICA. Não tinha assassinato e estupro de criança. E se Deus deixa elas morrerem por falta de reza e fé... então eu não quero nada com esse Deus filho-da-puta. A menina que ficou 14 anos presa no porão na Áustria, sendo estuprada todo dia pelo pai, disse que rezava sempre a Deus. Ela não acreditou com força? Não teve fé suficiente? O que ela fez pra merecer isso?

Se rezar ajudasse a ganhar uma partida de futebol (eles sempre agradecem a Deus!), isso quer dizer que o outro time não acreditou direito? Não mereceu? E Deus lá se mete em partida de futebol????

Vai ver ele estava distraído, assistindo alguma, quando o avião caiu...

17 comentários:

Anônimo disse...

Concordo em gênero, número e grau! Mulher inteligente é outro nível!
Abs, Má

Anônimo disse...

Elise,

Sempre leio seu blog e nunca comentei. Concordo plenamente com o post, o pior é quando falam: "chegou a hora deles". DE DUZENTAS PESSOAS !!!!!!!
E se chegou a hora só de um ??? Os outros vão de BUCHA ???? É isso mesmo ???? Também fico indignada.

Ótimo blog.

Bjs

Mi

Ana disse...

Como simpatizante do espiritismo, discordo mto mto mto... e nem sou carola... mas tbm acho que não se discute fé e religião... e nada mudou por isso... vou continuar vindo aqui...
Bjs

KarlaK disse...

Quanto ao fui salva por Deus... faço minhas as suas palavras. Quando disse isso sobre essa mesma situação, todos se chocaram. Mas acho que isso é uma certa arrogância, justo quando uma fatalidade põe todos no mesmíssimo nível, com fé ou sem, com religião ou sem. Entendo a necessidade de produzir notícia, mas esse é um tipo de "informação" que desrespeita as pessoas que se foram e as suas famílias. Eu não quero ouvir mais isso, sobre fatalidade alguma. Eu apenas torço para que o tempo passe depressa para as famílias e os amigos daquelas pessoas, para que a dor diminua e seja possível, mais uma vez, viver.

KarlaK disse...

Ana, sobre seu comentário, gostaria de saber, com sinceridade, como o espiritismo vê essas fatalidades. Você poderia me ajudar a entender?

Anônimo disse...

Eu acredito que seja carma, dessas ou de outras vidas... quando as pessoas rezam e não são atendidas, acredito que seja porque não tem merecimento... elas tinham que passar por isso para ganhar algum tipo de aprendizado. Quem escapa de situações de risco é porque não precisa passar por determinada experiência.

Flá disse...

Concordo em alguns aspectos...Também acho que em momentos como esse,sensibilidade é ouro: ok,vc sobreviveu,tah feliz...mas mais de DUZENTAS pessoas morreram,mais de duzentas familias de luto...Eh a hora de se vangloriar??Não acredito que tenha sido por mal,ou que qndo essa mulher falou ela percebeu que ao se auto-designar "abençoada",ela estava dizendo que os outros eram amaldiçoados...mas neh? um pouco de tato,por favor.

Quanto a questão religiosa...eu não tenho religião, mas concordo com essa visão do espiritismo...Pra mim o Deus que decide aleatoriamente quem morre e qm vive, punindo quem não reza o suficiente não é o Deus na qual acredito...Eu creio que as dificuldades acontecem como forma de aprendizado,msm. Mas sei lá,hauihaiua,eh o que parece que faz sentido pra mim...Pq de verdd,um deus que pune,vinga e mata, pouco se importando para o sofrimento alheio, me parece bem sem propósito!Um sádico,jogando com a gnt pra ver como é...Enfim...assunto tenso!heh

Paloma Peruna disse...

Elise, pensei mto se iria comentar ou não sobre um assunto tão pessoal e polêmico. Mas, apesar de não te conhecer e discordar de sua opinião em alguns momentos, gosto mto de vc. Enfim, isso é só uma introdução sem sentido.
A verdade é q neste quesito eu discordo mto, mto, mto, "MTO TOTALMENTE" de vc. Eu entendo vc não entender e se revoltar acerca de cmo é a ordem das coisas no mundo, e cmo tantas atrocidades acontecem e (na sua visão) "Deus não faz nada". Lembro de já ter pensado assim um dia na vida. Daí q li a Bíblia. Li mesmo, sabe?! Estudei os textos, um pouco de hebraico e Deus foi me explicando o porquê de tdo ser como é.
Um parêntese importante a fazer é: a Bíblia é um dogma: ou vc aceita cmo verdade absoluta e Palavra de Deus ou desacredita dela inteira. Não dá pra acreditar e/ou seguir só o q te parecer agradável. se for enveredar pela sociologia e misturar Bíblia e religião aí é q a confusão fica das grossas.
Qdo vc lê o Sermão da Montanha, por exemplo: Jesus é tentado pelo demônio e uma das tentações q o diabo oferece é o governo de todos os reinos do mundo e das suas riquezas em troca de Jesus servir a ele!
Eu encontro todas as respostas para minha vida e meus questionamentos na Biblia. Há resposta para tdo. Inclusive para o fato de nós sermos sempre levados a julgar os fatos tendo cmo referência o nosso conceito do q é justo (humanista) e não do que é justo para Deus.
O assunto é mto profundo para falar aqui e é mto delicado para mim expressar em poucas linhas, chega a ser temerário.
Elise, gosto mto de vc e por isso te peço: não se refira a Deus de forma tão desrespeitosa. Há mtos mistérios neste mundo, amore, e nós não temos a menor idéia de cmo chegamos até aqui.
Juro q entendo vc, por isso senti necessidade de dar minha opinião. Não sou nenhuma louca fanática, estudei filosofia, sou advogada, tenho 2 pós graduações, me considero razoavelmente culta e nada tacanha. Convivi e convivo naturalmente com pessoas das mais diferentes crenças e opiniões (moro em Salvador, imagine!!).
Qdo sentir necessidade de explicações, procure ouvir as mais diferentes opiniões para tirar uma conclusão. Foi assim q cheguei à minha conclusão.
Bjos
PS - sei q pode não fazer diferença, mas continuarei a ler seus textos. Me divirto horrores!

Elise disse...

Chéries, vcs são incríveis - são gentis até pra discordar de mim. Adorei, viu? Obrigada por ouvirem (lerem, rsrs) meu desbafo.
Obrigada por expressarem discordância de forma tão elegante, e por avisarem que continuam me lendo mesmo assim.

E obrigada pelos pontos de vista diferentes tb. É isso que faz a vida tão interessante, e faz a gente crescer - a capacidade de questionar e se questionar, e buscar a melhor verdade pra cada um.

Sim, pq a verdade não é de ninguém. Nem minha.

Beijas grandes.

Anônimo disse...

DEUS NÃO MOVERÁ UMA PALHA PARA SOLUCIONAR OS PROBLEMAS QUE OS SERES HUMANOS SÃO CAPAZES DE RESOLVER.

Daniely Novo Kamaroff disse...

UM PRIMEIRO PROTESTO CONTRA ESSE POST FILÉ!!! TRATE DE PAGAR ROYALTIES PARA MIM, PQ A PALAVRA "FATALIDADES" FOI DITA VÁRIAS VEZES E FATALIDADES SÓ NO MEU BLOG...RS
Quanto a religião flor, Deus colocou diversos filhos no mundo, e a grande mágica e sabedoria divina fez com que ele nos criasse completamente diferentes uns dos outros, o que significa que ele conhece a filha desbocada que tem...O que conta na verdade não são as palavras escritas ou ditas pela boca, e sim as palavras encrustadas dentro de nossos corações. E o seu filé...É DE OURO!
Ninguém morre de véspera e Deus não deixa cair nenhuma folha de árvore sem um propósito não é mesmo?
Quanto a não ter fé...deixa de ser cara de pau, tu tem fé sim...mas do seu peculiar modo!
BJKS sua revoltadinha...rs

Natalia Oliveira disse...

Paloma, concordo plenamente contigo.


Elise, vc sempre inteligente, se mostrando aberta às opiniões.

Monica Vieira disse...

Elise!!!

Eu já andava desconfiada, mas depois deste post fiquei muito certa de que, se for possível isso, você é a manifestação física da minha consciência. Hahahaha. Vai pensar igual lá na conchinchina...rsrsrsrs

Cara, vc bota a "cara na janela" com referência a certos assuntos e eu acho isso o máximo porque eu ainda fico cheia de dedos de como me expressar sem magoar ou chocar, entende?

Ô blog bom...

Beijo,
Monica

Clarisse disse...

Elise, eu sou do time que concorda e penso exatamente o mesmo que vc falou. Li uma vez uma frase de um ateu famoso, que escreveu um livro (não lembro o nome agora se era "Deus não é grande" ou "Deus: um delírio") que dizia que não foi Deus quem criou o homem à sua imagem e semelhança e sim os homens que criaram Deus à imagem e semelhança da humanidade.

Beijos,

dani disse...

Agora vai alguém dizer que é ateu junto de quem tá se vangloriando porque "fulano morreu, antes ele do que eu". Pra mim religião se discute sim e eu fico do lado dos que são contra, principalmente contra esse fundamentalismo religioso bizarro.

Beijo, Elise.

milly disse...

Olá, Elise, eu comentei em seu blog uma única vez, e retorno hj pq após acompanhar o teor desta postagem e dos comentários concordantes, fiquei um tto desconfortável. Vc pode dizer, como de hábito, dane-se, vai arrumar o q fazer (acredite eu tenho e muito!!!), mas por outro lado eu tenho apreço por vc, gosto do estilo irreverente q marca seus textos, e como vc se considera uma pessoa aberta, assumi q talvez possa lhe oferecer outro pto de vista. Eu não estou aqui pra defender Deus, simplesmente pq Ele não precisa disso, e um dia todo ser humano, vai ter esta convicção. Eu queria trazer o questionamento pra outro nível. Pq Deus é o culpado da fome na África se ela é fruto da ganância por dinheiro e poder de governos e empresários ocidentais, que investem pesado em fornecer armas pra manter guerras étnicas q tiram do povo a paz pra cultivar a terra e produzir alimentos, enquanto seus territórios são explorados? Pq Deus é o culpado de um avião com tecnologia automatizada de última geração cair, possivelmente por pane elétrica, que impediu o funcionamento de seu circuito? (e essa corrida tecnológica é fruto da ganância humana pra dispensar cada vez mais o trabalho humano, barateando-o ao substituí-lo por máquinas! Vc já viu fábrica funcionar em pane elétrica?) Pq Deus é culpado de terremotos, inundações, e ttos fenômenos climáticos derivados da nossa forma de administrar esse planeta? Pq é mais fácil viver de modo individualista e egocêntrico, mas achar em Deus um bode expiatório, qdo um ser humano mata o outro, do que buscar se envolver com a realidade e lutar para que todas as pessoas tenham melhores condições de vida? Mesmo qdo ateus (e não são a maioria) pesquisadores de distintas formações: físicos, químicos, etc., buscam encontrar explicações na mecânica e na física quântica para a existência humana pq soa um desperdício de energia cósmica q um ser humano dotado de tamanha capacidade de raciocínio lógico simplesmente deixe de existir. E pra finalizar, como vc deve admirá-lo, uma famosa frase de Voltaire afirma que a Igreja e a pessoa de Jesus Cristo não sobreviveriam por mais 200 anos, e isso foi no século XVII!!! Enfim, existem outras verdades, e se uma pessoa se sente aliviada por não estar num acidente de avião, não quer dizer q ela não se compadeça dos q estavam e de seus familiares, talvez ela só tenha amanhecido pedindo a Deus que a livra-se do mal naquele dia, ou msm q não o tenha feito, sua missão nesta terra ainda não estava completa, na verdade, nós deveríamos nos chocar é com a imprensa q publica, por ganância, este tipo de reportagem. Enfim, como vc pode ver, eu creio em Deus, e enxergo a nossa responsabilidade humana em tudo q acontece nesse mundo. Regiões intocadas do planeta são perfeitas. Nosso continente era simplesmente incrível antes da conquista européia. Nosso corpo, os dos animais, as plantas e todos os seres micro ou macroscópicos que habitam esse planeta são dotados de estrutura, fisiologia e metabolismo perfeitos, moldes biológicos cuja construção aleatória é pra dizer o mínimo improvável. Então, querida, é uma questão de reflexão, eu não pretendo lhe inculcar fé, pq isso é dom, e quem dá é Deus, eu pretendo apenas lhe mostrar que existem seres pensantes do outro lado da linha, bjs mil!

May disse...

Cara...nem me fala nisso, tô numa angústia só...
E sim, super concordo como fato da fatalidade. Sou alguém que respeita as opiniões religiosas alheias, e, se vc não entrar numa de me catequizar, vou escutar na boa o que tens a dizer. Pois bem. Numa dessas, uma moça, testemunha de Jeová, me parou aqui perto de casa pra querer evangelizar, aulas da Bíblia, blá blá blá wiskas sachê. Parei, ouvi, e até me interessei, posto que a moça era super culta, educada e inteligente. Gata, sentei com esta moça umas duas vezes, pq depois não tive mais tempo. E ela mesma, nesse estudo me mostrou EXATAMENTE ISSO escrito na Bíblia (pelo menos na dela...rs)Fatalidade existe, sim. Por Deus, segundo ela, todos seríamos saudáveis, felizes, bonitos... Por Ele, segunda a moça, não teria guerra, acidente, morte... A vida seria eterna e de paz. Então tb me emputeço com neguinho dizer que foi a "mão de Deus" que a fez não entrar no avião. Fuck Fuck! fatalidade. pronto. Uns estavam a bordo. Outros, não, independente de credo, raça, pouca ou muita fé... Fatalidade e ponto. Deixa Deus quieto, que o cara já tem coisa pra burro pra pensar...Inclusive até, pensar em se arrepender de ter criado o povão aqui debaixo, quando ouve uma imbecilidade dessas...

Ah! e só pra ilustrar... Filhos de Iansã,arquetipicamente falando, a medida que vão amadurecendo vão ficando com medo de dirigir e viajar de avião tá...rsrsrs

beijas mil!