quarta-feira, 3 de junho de 2009

PÃO VELHO

Daí que domingo eu surtei e comprei trocentos pães franceses. E sobrou muuuito.

Todo mundo tá cansado de aproveitar pão velho-amanhecido pra fazer torrada, né?

Eu gosto mais de cortar ele em fatias, esfregar um dente de alho e regar com um fio de azeite, antes de botar no forno. Fica uma torradinha deliciosa.

Mas vou dar uma dica mais americanizada (e mais a minha cara, rsrsrs), de como aproveitar pão velho.

FRENCH TOAST! Eu aaaaaaamo french toast!

O pão não pode estar muito duro (assim só dá pra fazer pudim de pão com ele). Só amanhecido de 1 ou 2 dias.

Corte 1 pãozinho em fatias não muito grossas (senão ele fica muito mole por dentro), e reserve.
Em um prato fundo, quebre um ovo, bata ligeiramente com o garfo, complete o prato com leite, 2 colheres de açúcar, e uma pitada de canela. (se for fazer mais de 1 pão, dobre a receita, e por aí vai...)

Molhe as fatias no prato, até ficarem bem amolecidas (mas não desmanchando), e frite em frigideira bem quente. Quando ficar douradinho dos dois lados, é só tirar.

Vc pode servir de dois jeitos - polvilhado de açúcar e canela, ou com geléia, ou sorvete ao lado.

Te lembrou a rabanada do natal? Pois é. O princípio é o mesmo.

E é bom pra comer nesse frio, de manhã, ou mesmo à tarde....

PS: se vc estiver com MUITO pão sobrando (uns 6, sei lá), e não for fazer tudo de french toast e torrada de uma vez, pode congelar eles pra fazer depois, que funciona (não pra comer puro, só pra fazer essas coisas mesmo. Mas pelo menos não desperdiça...)

DEU VONTADE?????????????????????? rsrsrs
Beijas.

Foto: reprodução

13 comentários:

Nathalia disse...

elise, aindabem que voce colocou essa receitinha aqui.
leio seu blog há tempos e uma vez, vc deu uma receita de "batatas sangrentas", lembra?

cara, eu tentei fazer em casa umas duas vezes e não saiu NADA. rsrs
ficaram duras, sem sal e, meu Deus, eu realmente não levo jeito na cozinha. rsrs
pior: tentei fazer pro meu anmorada e disse que teria uma surpresa. Coitado, tivemos que partir pro Outback e comer as batatas recheadas de lá mesmo (ok. não foi um sacrificio..rsrs eu sou LOUCA por batatas, vc n tá entendendo..rsrsrs)

mas, não queria desistir, então queria saber se devo ou não cozinhar as batatas antes de ir ao forno (elise, eu disse que não sei absolutamente NADA de cozinha, não disse? rs)?

beijos e vou tentar essa receita também ;)

Anônimo disse...

Seria quase uma rabanada?!hehehe

Elise disse...

Hahahaha, Nathalia, me manda um email que eu te explico direitinho as batatas, ok? Não desiste não! No começo é assim mesmo... já cozinhei cada besteira....

Cara, precisa ficar anônimo pra perguntar isso???????? rsrsrs. Tou me sentindo o mosntro do biscoito de novo... rsrsrs
É, como eu disse no texto, o princípio é o mesmo da rabanada. A diferença é que vc não faz com pão de rabanada, faz com pão francês, envelhecido, então fica um pouco menor. A french toast original, original mesmo, é feita com pão de forma, então essa é "meio de improviso".

A diferença pra rabanada tb, é que ela é frita sem imersão em óleo, e só colocada na chapa quente com margarina. Fica um pouquinho diferente, pq a maioria das pessoas tb não serve com açúcar, e sim come com geléia e sorvete.

Mas, sim. Como dito antes - é como rabanada. Moleza, né?

Beijas.

"Docka" Boneca Platinada disse...

Essa receita é ótima, uma torrada doce,que maravilha ainda mais se for acompanhada de café ou chá.

Será q dá para fazer com pão de forma???

Bjs

Aline disse...

hmmmmm parece delicioso!!!!

ai, eu amo rabanada... e não sabia que tinha um pão especial p/ isso, minha mãe sempre fazia com pão francês amanhecido... hahaha

beijón!

Natie disse...

Oba nova forma de reaproveitar pão. Na minha casa é assim: tem dia que falta pão do tipo que ue tenho que ir na padaria umas duas ou 3 vezes no dia. e tem dia que sobra pão proque meu pai faz greve e só toma café (já desisti de tentar entender este digníssimo ser).

Ahh, e atire a primeira pedra quem nem chupinhou uma receitinha do site da Ana Maria Brega: lá tem uma que ela deu semana passada ou essa não lembro que também reaproveita pão amanhecido. Fizemos em casa, parece queijadinha, vai queijo ralado, côco e passas. Super fácil.

Elise disse...

Docka, a receita original americana é com pão de forma - pode fazer sem medo!!

Aline, viu? Sua mãe já sabia das coisas....;)
Eu sempre comprei pão especial pra fazer rabanada, um com casca macia e bem comprido, tipo uma bisnaga... tou vendo que nem precisava, né??!! rsr

Natie, as receitas da ana Maria são super boas, sabe por quê? Porque são bem testadas por eles, então geralmente dão certo!
Eu uso bastante!

Fiquei até com vontade de fazer essa que vc falou... rsrsrsr
Beijas, chéries!

Luciana disse...

Minha mãe faz uma receita bem parecida, porém se chama pão dourado.
O processo é o mesmo para o tratamento do pão francês no ovo, leite, acuçar e canela, porém o pulo do gato está aí.... não é frito. Faz-se uma calda de agua e açucar, deixando em ponto de fio. Mergulha-se os pãee alí até cozinharem, sem desmanchar - vc percebe que o amarelado do ovo muda pq está cozido, coisa de 1 min. Retira e colaca num refratário e polvilha canela.
É td de bom, dá opra comer quente com sorvete ou puro mesmo e tbem gelado, pois fica com uma leve crostinha crocante do açucar.
Experimenta um dia, é ever minha sobremesa preferida - e olha q sou doçólatra convicta.

Maria Fernanda disse...

Olá... sempre leio seu blog mas nunca tive tempo pra comentar...
vou passar uma dica que meu pai me ensinou.. hahah eu moro sozinha e nao tenho tempo nenhum de ir na padaria durante a semana... entao eu compro pao frances o suficiente pra uma semana e congelo na hora q eu chego em casa...
ai o truque: no cafe da manha, eu pego aquele paozinho congelado e espirro um pouquinho d agua(com a mao mesmo.. soh umas gotinhas) e ponho em um saco de papel pra assar no forno por uns 3, 4 minutos... resultado!?!? parece pao feito na hora... uma delicia!!!
só que só dá esse resultado se o pao é congelado na hora...
espero que sirva de dica para alguém...
beijos

Jussara disse...

Eu li aqui, claro que fiquei com vontadem, rs, e fui fazer... o meu não ficou tão bom, ficou meio mole e tb ficou com o gosto da margarina que coloquei na frigideira, rs. Não sei se foi esse o problema, pois ela esquentava mto rápido, por ser fina; então não podia deixar mto tempo pq queimava. Mas pelo menos matou minha vontade.

Eu tb sempre fiz rabanada com pão francês amanhecido, não sabia que existia ume special pra isso. Até lembrei que uma amiga que mora na França já tentou fazer com o pão de lá e não deu certo, pq ele fica duro no mesmo dia se não for comido na hora; afinal, na França não tem pão francês, rs.

Elise disse...

Luciana - passei maaaaal de vontade de tentar isso! Depois que fizer, falo.

Maria Fernanda, essa dica é ótima. Eu faço isso tb.

Ju, por que será que não rolou?? Muita margarina?? Tenta de novo! Depois em conta!
Beijas.

Camila disse...

Um post digno do Rainhas do Lar rs Elise, to indo morar sozinha essa semana, odeiiiio cozinhar, vou precisar de umas dicas assim, ou morrerei de inanição hahahaha

Claudio disse...

Mmmmmm, vou ja fazer

Obrigado pela ideia