sexta-feira, 2 de outubro de 2009

JACK, CAÇADOR DE BARATAS

Os bichos andam a solta mesmo.... dias desses foi a Filé, que teve uma invasão de caruncho e formigas na cozinha, todo mundo que eu conheço que mora aqui no Recreio reclamando que os mosquitos andam impossíveis, e pra completar, aparece uma BARATA aqui em casa.

Estava eu toda serelepe na cozinha, distraída, quando "woshhh", passa uma "coisa preta" MEGAZORD correndo próximo aos meus pés.
Eu só lembro do meu amigo Yann nessas horas.... o francês é enorme, mas morre de medo das bichinhas.
Eu não gosto de baratas, óbvio, mas não tenho grandes problemas para matar.

Só que a desgraçada ficava se esquivando da chinelada, e eu sempre tento "cacetar" ela por trás, de medo dela "perceber" a manobra e voar em cima de mim (ridículo, eu sei). Eu não tenho nojo de matar, mas não "avoa" pra cima de mim, né????

Daí eu resolvi chamar o cão pra ajudar: "pega, Jack, PEGA!".

Só que o Jack é um tremendo fanfarrão. Ele vem todo alerta, todo "paludo", na maior pose de caçador, e quando chega perto da barata, ele fica com a patinha cutucando ela.
A bicha não gosta, claro, e fica mais arisca. Ao invés dele morder, sei lá, ele fica nessa com uma patinha, de fazer ela de bola de totó, ou então chega o focinho perto e BUFA em cima dela.

A essa altura eu e a criança já estávamos nos mijando de rir.

Ele só é bom mesmo em montar guarda na barata. Tipos, ela se enfiou atrás da geladeira, e ele ficou sentado lá, de olho. Bom, meio bom. Porque ele é meio mongol.. se distrai e a barata corre bem do lado dele, e ele nem vê! A gente é que tem que gritar e avisar! Jack, cadê seu instinto canino???? Tsc, tsc....

Final da história: a barata deu um sumiço, e só apareceu quando o B já estava em casa. E ele que acabou esmagando ela. Eu até ando cogitando comprar um desses spray "Matox" da vida, e deixar por aqui prum caso desses.

Mas daí eu lembro que supostamente as baratas sobrevivem até ao holocausto nuclear... e fico meio desconfiada se elas vão morrer mesmo com spray inseticida....

13 comentários:

Maela disse...

Ahh facilita a vida os baratox da vida, eu tenho em casa..rs.
Mas eu tinha uma gata chamada Sacha ( bem antes da cria da xuxa ) e ela matava barata, grilos e apssarinhos incautos, era muito legal!

Mari disse...

Então vc mora no Recreio???
Tá ferrada rs, já sei quem eu vou mandar e-mails pedindo dicas, já que em breve serei uma cidadã carioca, e ao que tudo indica morarei aí no Recreio tbm.

Bjs e bom fim de Semana.

Andréa disse...

Eu prefiro a morte do que matar uma barata.
Sem chance.
Eu pego a bolsa e saio de casa.
Se bem que aqui aconteceu só uma vez,mas já entrou uma borboleta mega gigante e tm foi difícil.
À propósito,parabéns por ser carioca,fiquei feliz por ver o Rio ganhar.
Beijos

Sam... disse...

E meus gatos? E OS MEUS GAAATOS? Fazem PICADINHO de barata e eu tenho PAVOR até dos cadáveres esquartejados!!!!!!!!
E quando jogam Futebol, voley, peteca com elas hein?? HEIN???
TA bom, seria hilário, se não fosse com barata..rsrsrs

beijas, bom fds!

Jussara disse...

Hahaha, esse Jack é uma figura.
Os baratóis em spray ajudam muito, Elise. Pq quando elas ficam nessa de fugir e se esconder (existem melhores e mais espertas fugitivas do que baratas??) o spray é útil, pq daí é só ter boa pontaria. Mesmo que não acerte em cheio, elas acabam ficando tontas, e daí é mais fácil de dar a chinelada fatal. Tb tenho pavor/nojo de que elas voem pra cima de mim!

Adriana Pereira disse...

O meu gato, Nietzsche, adora uma barata. Não sei se ele come (espero que não), mas brinca até a bicha morrer despedaçada!!
já coloquei aquele veneno que fica escondido na caixinha, mas não adianta... Tenho medo de mandar dedetizar o apto por causa do gato.

Luciana disse...

Qdo morava em casa, tinha jardim e apareciam aos montes, enormes, pretas e voadoras, eca!!!! Descobri alguns macetes:
- só aquele Raid preto mata as fdps.
- passar pano úmido na casa com uma tampinha de baygon liquido uma vez por semana - se elas desavisadamente entrarem, ficam tontas e não reagem qdo vc as caça (bem legal - só assim fico corajosa pra matar uma.)

não se preocupe c/ o Jack,foi até dica do meu veterinário pq tbem não deixa infestar de pulgas caso alguma pule nele.
Beijas

Cristal - a louca. disse...

Elise, como as amygas disseram acima, pelo a barata tonteia com o veneno e fica mais fácil vc dar uma chinelada nelas, eu num tenho pavor de baratas, mas matá-las no chinelo me enoja, aquela mosma das tripas da bicha, eca. Mas é a vida, uma hora quem sabe esses seres que só servem para nos importunar (ráaaa) somem da face terrestre.


Beijocas

Renata disse...

MInha filha, adota um gato!
Quando a gente acha a barata, já está mortinha!! rsrsrs!
o Gato da Beca é o meu Cheddar, gordo, amarelo, bonzinho, carinhoso...adorei! rs!

A garota disse...

AOSUAOSUAOSUOAUAUSAO
e a minha gata? ela faz os bichinhos nojento de bola de futebol e brinca com eles um tempão e depois qeu consegue matar com tanats patadas ela fica olhando esperando pensando que o bicho vai se recuperar pra ela brincar mais, e deus sabe que gato tem paciencia viu! OASUASOUAOSUA
AAAAAAAAAI GATA, CARIOCA TAMBEM \O/ uhuuu, hoje eu fui lá na praia de copacabana torcer pro rio (:

beijos :*

Silvia Maria disse...

Tenho PA-VOR de baratas. Pego cobra, sapo, lagartixa... mas se aparecer uma baratinha, mesmo morta, eu surto!
Medooooooo!
Bjks

Renata Mel disse...

Um dia entrou uma no meu apartamento, pela janela do quarto. Marido estava no computador e entrou em desespero por causa da dita cuja. Sobrou para mim, que tive que ir salvá-lo do ataque da selvagem e saquei o chinelinho! Ele morre de vergonha desta história, pois gozei muito da cara dele, pois sou o "homem" da relação e eu que troco lâmpada, abro os potes de maionese, azeitona e... Mato as baratas!!!

Carol Monteiro disse...

Ah morre sim... eu tenho uma coleção de veneno de barata de tanto PAVOR que tenho dessas coisinhas nojentas rastejantes...eeewwwwwwwww
Aparece uma espirro quase o vidro todo em cima, alé de ter ter espalhado pela casa um monte dauqelas "armadilhas". Quem abre meu armário de limpeza, vai achar que sou uma serial killer que mata as vítimas com veneno de barata, mas pelo menos em casa não sobra nenhum bicho asqueroso pra contar história.