sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A ORIGEM DO CHÉRIE


Agora que a novela Vale Tudo está reprisando, resolvi contar essa história.

Acontece que ela tem tudo a ver com a minha mania de chamar as pessoas aqui de CHÉRIE.
Quando a novela passou, influenciou muito a minha adolescência (acho que a de todo mundo na época, né??).
As personagens marcaram tanto que perduraram e viraram referência - anos depois, quando a gente queria chamar alguém de bebum, ainda chamava de Heleninha, e quando alguém era um tremendo vilão esnobe, era a Odete Roitman.

E a personagem da Lídia Brondi, minha favorita, influenciou minha vida - a SOLANGE era a mocinha que não era mocinha.
Decidida, independente, esperta... Tudo que eu queria ser!
Ela inclusive teve tudo a ver com a minha decisão de ir fazer Jornalismo!
Eu gostava de tudo nela - a irreverência, a franjinha que hoje seria quase Amélie Poulain, as roupas modernas (pra época), o cabelo vermelho... e o JARGÃO!

Eu achava o máximo do cool ela chamando todo mundo de chérie!

Daí quando criei o blog, há 3 anos, incoscientemente comecei a usar a palavra no trato com as pessoas, diariamente.
E pegou - eu agora só escrevo assim!

Não tive tempo de acompanhar a reprise ainda.
Mas vou começar a gravar.
Não posso perder a oportunidade de rever minha querida chérie! ;)

5 comentários:

Pety Nunes disse...

onde está repreisando?

K∂riиє* Smith. disse...

Pois é, ela também formou meu carater, deve ter se sentido tão culpada depois que sumiu!
Agora que eu não moro mais no Brasil fico doida pra acompanhar pela net mesmo...

Elise Machado disse...

Tá passando no Viva, da net!

Anônimo disse...

Nossa, Elise, quando li o seu 'chérie' pela primeira vez, logo lembrei da personagem.
Adorei essa novela!
Bjus!
Rê.

Anônimo disse...

AMO VALE TUDO E O CASAL DO POST;AFONSO E SOLANGE.