quarta-feira, 4 de maio de 2011

MINHA RECEITA DE CHILLI

(foto: reprodução)


Ontem eu fiz Chilli.
Estava friozinho, e eu com preguiça de cozinhar muitos pratos.
Fiz o comentário no Twitter e záz!, choveram pedidos pela receita, e comentários sobre a comida.
Então, vamos a ela.

Chilli é ridiculamente fácil e prático - é um prato que se come sozinho, sem precisar acompanhamentos e os ingredientes fáceis (e baratos) de achar e lidar.
Eu vi a receita original num programa da Nigella, depois corri atrás, traduzi e venho modificando ao longo do tempo. A dela leva uma crosta de milho deliciosa, que eu já fiz, mas dá mais trabalho, então eu faço quase sempre sem.
Fico até meio com ciuminhos de botar a minha receita aqui, pois meus amigos gostam muito e me pedem pra fazer, e botando aqui perde um pouco a graça (perco meu charme? rs), mas tudo bem :)

As quantidades vão ser aproximadas, pois faço agora mais no olho, ok?

Ingredientes:

- feijão vermelho (não é muito baratinho, mas faz a diferença no prato. Não é difícil achar)
- uns 400g de carne moída
- 2 cebolas grandes
- 1 pimentão AMARELO grande (não faça com o o vermelho ou o verde - a receita original usava o amarelo e eu descobri porquê: ele é mais doce e suave e dá uma quebrada na pimenta do prato)
- alho
- 1 lata de tomates inteiros pelados (existem boas marcas italianas que não são caras, mas acho que já há versão nacional. Dá pra fazer com molho de tomate em pedaços, mas não fica a mesma coisa)
- cheiro-verde
- mussarela (só um pedacinho de nada, pra finalizar. Pode ser em fatia ou ralada. Dá pra fazer com outro queijo amarelo, tipo Prato, mas ele não derrete tão bem...)
- sal e pimenta (aqui vale uma explicação. O ideal seria fazer com a pimenta chilli de verdade, ou o pó para chilli. Ambos são difíceis de encontrar, então você pode substituir pela pimenta de sua preferência. Eu uso a calabreza mesmo)
- farinha de milho (pode ser tipo "Milharina" ou a que você tiver. Dá super pra fazer sem isso, mas esse é o pulo do gato)

Fazendo:

Coloque o feijão pra cozinhar e deixe ele lá até ficar bem macio (se achar muito o saco de 500g, use um pouco mais que a metade, mas eu gosto com bastante feijão). Eu não gosto de usar panela de pressão (tenho medo, rs), então cozinho normalmente, só demora mais.
Em outra panela vá refogando as cebolas picadas até dourarem, depois o pimentão picadinho, depois uns dois dentes de alho amassados (eu uso aquele já picado pronto, que é mais fácil), e por fim coloque a lata de tomates. Cozinhe em fogo baixo. O tomate vai se desfazer conforme você mexe.

Tempere com sal e pimenta a gosto.
Depois coloque a carne moída no refogado e continue cozinhando em fogo baixo. Se ficar muito seco, acrescente um pouco de água ou molho de tomate. Não mexa muuuito, pra carne ficar em pedaços maiores.
Quando estiver bem cozido e ainda bem aguado, coloque o feijão (sem caldo, ou só com um nadinha de caldo), e o cheiro-verde picado. Deixe cozinhando bastante em fogo baixo.
Aí vem o truque - se o caldo ficou mais ralo, dê uma engrossada nele colocando umas 3 colheres de farinha de milho e deixando cozinhar mais, mexendo de vez em quando ;)

Quando desligar o fogo, salpique com o queijo e não mexa - ele vai derreter por cima.
Você pode colocar o queijo inclusive direto já no pote em que for servir.

É legal servir em potinhos, com o queijo por cima.
Tem  gente que acompanha com nachos (ou "Doritos", rs), ou come dentro de tacos vendidos prontos.
Eu sirvo com fatias de broa de milho fresca.

Fica de chorar de tão bom!

8 comentários:

Daniely Novo Kamaroff disse...

GENIAL!!! VOU COPIAR LOGO ESSE POST, ANTES QUE VC DESISTA E TIRE ELE DO AR...AHAHAHAHHAHAHAAHHAHA
Bjks

Vanessa disse...

Acho uma puta falta de sacanagem colocar um post desses a essa hora do dia!!! Hunf!!!
Ai que foooooome!!!

Caco Branco disse...

Nossa, com o frio que tá fazendo aqui na city hj essa receita caiu como uma luva... vou tentar fazer pra janta... depois te conto! bjoo!!!

Andréa disse...

Nossa,que delícia!
Cê faz quando eu for aí?
Salivando aqui.
Beijas.

O meu pensamento viaja disse...

Vou fazer. É bem fácil e económico.
Já visitou o meu blog , ou melhor, os meus 2 blogs?
Acho que não e acho também que iria gostar.
Eu venho aqui muitas vezes e ,oh! injustiça!, até sou sua seguidora enquanto você me ignora.
Venha visitar-me, sou muito portuguesa, muito bem disposta, muito ávida de aprender e fazer novos amigos, de ensinar, se for o caso de dar o ombro, a mão, atenção e carinho.
Já viu que pessoa sensacional você está esnobando?
Agora a sério, está convidada. Venha e entre, por favor.
Beijos de Portugal, concretamente do Porto, a melhor cidade do mundo.
Nina

Temporada perfumada disse...

Adorei seu blog!!! estou seguindo. segue o meu também?
www.temporadaperfumada.blogspot.com

Bianca Ladyhawke disse...

Tô copiando agooora, adorei a receita!!

stella disse...

Tô nem aí se o post é do blog antigo e se tem quase um mês. Tô com desejo desse seu chilli desde que vc postou a receita e hoje finalmente tive tempo pra comprar os ingredientes e fazer. Sucesso, Elise! Nossa, muito orgulho de mim, sua receita arrasou!!!! Beijão!