sexta-feira, 9 de maio de 2008

O MAL-ESTAR



É com vergonha dupla que eu vou contar o que se segue.

São 7:30 da matina, e eu acordei passando mal.

Na verdade já estava meio mal de madrugada. Eu quase nunca passo mal, ou fico doente (claro que fico, mas em comparação ao que vejo as pessoas...), e por isso demoro a admitir que não estou bem. Não gosto, não me conformo e não tomo remédio.

Se rolar um pedido de remédio ou hospital, é porque estou nas últimas.

E eu tinha que levar Aimée na escola, hoje é um dia importante pra ela, pq é o dia do show do Rebelde.

Fui, suando frio, e só esperei ela entrar pra me apoiar em uma árvore (o mais longe possível da entrada), e começar a vomitar. Foi incontrolável.

Eis que aparece uma moça (tb levando filhos pra escola) e começa a ser super prestativa comigo. Perguntou se eu estava bem, se precisava de ajuda, se queria que ela me segurasse. E eu M-O-R-T-A de vergonha. E aí chega outra, tão prestativa quanto a primeira.

Peeps, eu queria sumir. Sério, eu sou daquelas que se tranca no banheiro pra vomitar, tal a vergonha.

Daí aconteceu a coisa da qual me envergonho mais: eu disse a elas que estava grávida.

Elas alí, todas boazinhas, e eu me sentindo um monstro mentindo daquele jeito. Mas foi inconsciente; quando pensei, já tinha dito. Acho que não queria que elas pensassem que eu era uma bulímica, maluca, bêbada, sei lá (paranóias de Elise). E olha que sou ruim de mentira assim de improviso.

E piorou tudo, porque elas ficaram MAIS boazinhas e MAIS prestativas! Se ofereceram pra me levar em casa e tudo, falaram que era assim mesmo no começo e tals. E eu fugi, feito o diabo foge da cruz. Saí ainda passando meio mal, mas sorrindo e garantindo que estava bem.

Dirigindo na volta pra casa, em concentração pra não bater o carro eu me senti tão péssima de ter mentido pra gente tão legal, que foi me dando uma vontade de chorar...que se eu não soubesse COM CERTEZA que não estou grávida, ía começar a desconfiar.

Resultado: existe ainda muita gente boa nesse mundo. Pena que eu não sou uma delas.

15 comentários:

Renata R. disse...

Ô, Elise, não foi nada. Só uma mentirinha boba e motivada pela vergonha.

Fica assim, não. E se recupera logo.

Um beijo.

Renata disse...

Essa foi uma mentirinha branca, pq vc estava sem graça. Não precisa se culpar! Todo mundo conta uma mentirinha de vez em quando!

Melhoras pra vc.
beijinhos, Re

Anônimo disse...

Mandou mal!

MLR disse...

Ah fala série Elise hehehehe Ficar mal por uma mentirinha tão bonitinha dessa hehehehe Vc estava com vergonha e foi a primeira coisa que apareceu na sua cabeça...
Relaxxxxxxxxxxx darling ;)
Melhorou???

MLR disse...

Ah fala série Elise hehehehe Ficar mal por uma mentirinha tão bonitinha dessa hehehehe Vc estava com vergonha e foi a primeira coisa que apareceu na sua cabeça...
Relaxxxxxxxxxxx darling ;)
Melhorou???

Tina Lopes disse...

Ih, Elise. Permita-me discordar das meninas. Agora as moças vão até te procurar na entrada da escola. Pra saber se ficou bem. Vão comentar com as outras mães em reunião de turma. E quando te virem sem barriga, vão pensar o pior, né? Bate na madeira. Esse negócio de gravidez é um chamariz de gente boa, interessada e dedicada. Eu lembro como era difícil não deixarem beijar a minha barriga. Agora você vai ter que se preparar pra mentir que não era gravidez, era alarme falso, uma doencinha qualquer. (sem querer estragar seu dia, sorry)

Milena disse...

Ai que absurdo! só pq vc mentiu que estava gravida não é uma pessoa boa?

Não pira! É claro que vc é uma pessoa boa! Uma pessoa boa que não gosta de ficar doente!

beijos

Titi disse...

Fica tranquila.Todo mundo na vida já contou uma mentirinha na hora da vergonha.
E com mal estar a gente fica um pouco fora de controle,né?
Se houver encontros com essas moças tão prestativas, você fala que achou que tava mesmo grávida, mas que já confirmou que não e que foi só um mal estar.
Pronto você conserta e não tem que ir em rente com a mentira.
Passou...
Bjcas.

Andréa Ramos disse...

Calma Elise!!!
Não foi nada demais.
Vc é boa sim,afinal teve coragem de assumir aqui para centenas de pessoas o seu deslize.
A gente fica sem saber o que dizer mesmo.Há uns dias atrás tive uma crise de pânico dentro de um elevador e fui amparada por uma senhora de idade.Tbm tive vergonha,mas no meu caso não deu nem tempo de inventar uma mentirinha,tive que assumir que sou doida mesmo.
Fique bem,tome bastante liquido que deve ser uma virose daquelas.
Beijos querida.

Ana Barros disse...

Relaxa, isto não foi nada. Você não prejudicou ninguém, apenas invetou uma desculpa plausível para disfarçar a vergonha. Perfeitamente aceitável e normal. Em suma: calma, que se depender deste pecadinho, você ainda vai pro céu ! rs

Daniely Novo Kamaroff disse...

ME POUPE ELISE! PARA DE SHOW!!! A mentira só é prejudicial quando ofende outras pessoas e interfere em suas vidas! A SUA FOI A MAIS INOCENTE DO MUNDO! VC ESTAVA BOTANDO OS BOFES PRA FORA, E FALOU QUE ESTAVA GRÁVIDA, E DAÍ? Eu estou começando a desconfiar que você está com dengue...GRANDES CHANCES POR CAUSA DOS SEUS SINTOMAS...mas quando chegar no colégio na PRIMEIRA OPORTUNIDADE brinque com a situação e diz que o seu suposto "bebê" foi uma virose ou dengue sei lá (VAI NO MÉDICO PORRA!!!) Elas vão entender perfeitamente. Não tem pq proliferar tal coisa pra toda a escola...SAI FORA
E PARA DE BOBEIRA QUANTO A SER MÁ PESSOA, PÕE UMA COISA NA SUA CABEÇA: TODO MUNDO É MAU E TODO MUNDO É BOM! E DEUS EM SUA SOBERANIA CONHECE MUITOS BEM OS FILHOS DELE....e vc NÃO É DOS PIORES NÃO...
Cá pra nós o inferno deve ser bem mais animado sem aquelas harpas né?...ahahahahahahahahaha
BEIJOS E MELHORAS (TRATA DE IR NUM MÉDICO Ô CACETE!)

Ice Ice Baby disse...

ah..a mentirinha foi dessas q saem e vc nem percebe..não faz mal.

mas olha, vc me fez pensar q eu sou má mas nem tão má assim...pq eu ajudaria alguém passando mal na rua tb..eu sou aquela q odeia seres humanos mas ajuda ceguinhos a atravessar a rua..how weird of me?!

bjs chuchu

fabiana disse...

Elise, não se torture, deixa disso.

Cinthya Rachel disse...

tadinha. tá melhor? eu tb tenho vergonha, se passo mal fecho a porta do banheiro e só peço ajuda qdo tõ morrendo.

Drica disse...

puxaeu tbm iria ficar me sentindo mal por ter mentido, mas quer saber, vc nao fez mal algum....vc estava com vergonha e isto é normal! fica bem menina! bjao! :D