segunda-feira, 13 de outubro de 2008

DOMINGO NA LAGOA


Ah, obrigada sol, por dar o ar de sua graça!!!!

Sábado foi um dia corrido, pois fomos almoçar na casa da minha sogra. Eles fizeram "caril" (comida de camarão e curry típica lá de Moçambique) pra comemorarmos o dia das crianças, e a gente só conseguiu dormir depois.

Mas domingo....ah, domingo!
Resolvemos levar nossos "filhos" (Memée e Jack) à Lagoa, e aproveitar o sol. Domingo de sol na Lagoa é tudo, né?

Andamos de bicicleta-pedalinho, corremos, pedalamos em volta da lagoa, tomamos sorvete, comemos milho e cachoro-quente....
Memée curtiu demais, mas o Jack....

Gente, o cão ficou doido! O engraçado na Lagoa é o seguinte: tem um monte de cachorro de madame lá. Cachorrinho de apartamento Zona Sul.

E o Jack é uma figura. Sem educação, estabanado...o próprio "Marley"!!

A gente morria de vergonha. Se vinham uns Shitzu todos comportados falar com ele, ele pulava, babava, latia, e rolava de costas no chão. E os donos (outros esnobes!) olhando pra gente como se fôssemos uns selvagens, hahahahahaha.

Sem brincadeira, o B reparou que ele era o único cachorro latindo. A gente bege, com medo de alguém vir expulsar-nos dos lugares. Bom, também foi o único cão que andou de bicicleta e brincou de pique-pega, rsrsrsrs. Mas ele fazia o maior sucesso com os "não-donos" de cachorro. Todo mundo vinha falar com ele, chamar ele de lindo...então no meio da tarde ele tava todo "paludo", todo pimpão, com meio palmo de língua pra fora, e se achando o salsicha mais charmoso do mundo - uma peça!

Daí a gente sentou numa sombra pra descansar, e perto tinha um casal com um bulldog francês (um cão tão feio, que eu acho bonito, rsrs), todo engomadinho. E o diacho do cachorro estava sem coleira. O Jack começou a dar uma choradinha na direção dele, tipo "vem, vem, quer brincar??"

O outro cachorro ameaçou um movimento, quando os donos alertaram "fulano (algum nome freeesco toda vida) uh, uh, sentado!" com um ar muito pernóstico. E o cachorro sentou.

O Jack não se conformava, e começou a puxar a guia, e chorar, e o outro cachorro olhando compriiiiido querendo brincar, mas firme e forte.

Daí sabe o que o casal começou a fazer?? Começou a se exibir. E mostrar como o cachorro era adestrado. Fez ele andar dois passos e parar. Depois ficar junto. Depois deitar. Depois sentar. E por aí foi.
Eu, só de raiva, comecei a dar água na garrafinha de plástico pro Jack (o máximo de sofisticação que ele consegue!! hahaha).

Até que o B falou pra gente ir pra outro lugar, porque os bestas estavam olhando torto pra gente, porque o Jack começou a rolar na terra com a Memée, enquanto ela ria loucamente.

Quando a gente foi, o Jack olhava desolado pra trás com cara de "não tou entendendo a desse cara!"

Eu bem sussurei no ouvido dele: "esquece esse bundão; ele não sabe se divertir"

Foi um domingo feliz...

PS: acharam que acabou? Que ficamos mortos de cansaço? Ficamos mesmo, mas quando eu pensei que a gente fosse voltar pra casa e descansar, a comadre Déia ligou, e chamou a gente pra tomar um chopp no Beluga aqui perto de casa, enquanto deixávamos as crianças no parquinho um pouco.
Quem disse? Chegamos em casa à noite, uns trapos.....

4 comentários:

Renata disse...

êita que domingão bom!!! Nada como um solzinho pra dar uma levantada no astral, né??
beijoca pra essa família animadíssima!

Cinthya Rachel disse...

delicia! eu tb to virada desse fim de semana. mas foi taooooooooo bommmmmmmmmmm

Daniely Novo Kamaroff disse...

Lindo domingo...bjks

Renata R. disse...

Jack é um cachorrinho feliz! ;)