sexta-feira, 1 de maio de 2009

OOOPS!


Feriado. A piscina do prédio fechada para obras. Moleza na frente da tv.

A criança desceu depois do almoço pra brincar, e não dava sinais que subiria na próxima hora.

O que vc e seu marido fariam?????????? rsrsrsrs

Acho que chega esse fatídico dia na vida de todo pai: ser pego pelo filho!

Raios! Estávamos no quarto, porta trancada, claro, na maior empolgação, quando ouvimos barulho na maçaneta.

- Pai? PAI??????!!!!

Imagina a cena - um pula prum lado, o outro pula pro outro. Todo mundo segurando o riso, e se olhando naquela: "o que fazer?"

- Que é Memée? Fala.
- Abre a porta.

- Pode falar filha, a mamãe tá cochilando, e eu estou no banheiro (eu mordo o lábio pra não rir).
- Abre a porta.

- Fala, logo Aimée. Não precisa esperar abrir a porta. Que é que vc quer?

Aí a gente começa a ouvir a risadinha da sem-vergonha do outro lado.

- Quero mostrar uma coisa.
- Que coisa?

- Abre logo pai! Eu sei o que vocês estão fazendo mesmo (mais risadinhas diabólicas).

Nós, misto de vergonha, estupefação, e falta de presença de espírito.

(ele, sussurando pra mim) - E agora?

- Enfia a roupa e vai lá abrir...
- Eu não! Que vergonha!

- Tá, eu vou.

Abro a porta, e ela se estica, querendo entrar. Eu, desesperada, faço sinais pro B esconder a camisinha que está à vista.

Ela vai olhando tudo, meio rindo, sem a menor cerimônia. Senta na cama, do lado dele (que está enfiado embaixo do edredom, com a cara vermelha de vergonha), e mostra um micro arranhão na perna.

- Viu? Me ralei... (cara de safada enroladeira). Vim só pegar um biscoito... já estou descendo de novo.

A gente "", ainda sem graça.

Aí, pai e mãe, pegos de calças curtas (literalmente), ainda tentam aquela enrolada final: "não demora a subir. A gente vai continuar cochilando, e daqui a pouco vai levantar".

Ela sai rindo:
- Tá. Vou fingir que acredito! Tchau!

Putz! E agora?????

PS: Duro é continuar depois disso, rsrsrs. Felizmente disso eu não posso reclamar...
Será que vamos gastar muito em terapia com essa criança??! Hahahahaah. Mas, na minha filosofia é assim - melhor saber que os pais estão se amando, do que ver os dois brigando, né? Tem que ser. Vou fingir que nada aconteceu, pra não valorizar....

Rê, se prepara que a hora do Godolino chega. Pais - que dureza ser pai e mãe, hein? A gente passa por cada uma...

20 comentários:

Tati Ferri disse...

Hahaha!! Realmente é 'embassado'...!! O melhor são os comentários simplesmente sarcásticos...hehee!!!
Beijos!!

Karla disse...

Ai, ai... será que dá pra preparar um texto, ensaiar e deixar pronto pra quando isso acontecer comigo? A intimidade do casal é DO CASAL e não precisa ser dividida com os filhos né? Talvez a gente gaste mais tempo na terapia do que eles...hahaha. Beijos.

Renata disse...

hahaha, to passando mal de rir aqui...acabei de chamar o Dani pra ler esse post tb.
O engraçado é que ela nem disfarça, fala mesmo "eu sei o que vcs estão fazendo"...hahaha
Que vergonhaaaaaaaaaa!!! rsrsrs!
beijos, querida!

Luciana Leal disse...

E o mais incrível foi a disposição para recomeçar!!!

Gente, imagina ser pego em plena ação??????

Com a boca literalmente na botija???

Alguem aqui já passou por isso???

Nathy disse...

aaaai, que bom que ela é mente aberta.
eu, já velha, vi minha mãe e meu padrasto dando um pega BONITO,e advinha? MORRI de tanto ódio! haha

caaalma, calma. Eu sou mente aberta, ok? Só que meu padrasto não mora com a gente... eles são tipo namorados, sabe?

MORRO de pensar; confesso: chorei!

hahaha

beijoooo

fátima disse...

terapia nada! no fundo, no fundo, eles acham ótimo confirmar que os pais "ainda" fazem sexo. sim, porque pra eles os pais são velhos - como todas as pessoas por volta de 30 anos ou, pior, acima de 30 -, e velhos não fazem sexo, né? ela deve ter achado o máximo, e vai contar para as amigas, com certeza!

bj

Jussara disse...

Que situação, hein?! rs. Eu no lugar da Aimée teria ficado muito sem graça e envergonhada. Não teria feito a mínima questão de entrar no quarto ;D. Ela é muito "mente aberta" mesmo e já deve saber como as coisas funcionam.

Daniely Novo Kamaroff disse...

Se a Memê não existisse teria que inventar uma...essa criança nasceu com 30 anos!!!...rs
BJkss

Cele disse...

Jesus, apaga a luz! Tô preparada pra isso, não!!! Se bem que meus filhotes são bem pequenos!!! Mas lembro bem o quanto fiquei IMPRESSIONADA de ver meus pais na cama, bem na hora H!!! UUUiiii!!!

Camila disse...

A Memee já nasceu analisada, menina prodígio total rs E ainda por cima irônica! De quem será que ela herdou isso? hahahah Beijas!

Anônimo disse...

Curiosidade: Pra que a camisinha? Ele não é seu marido????

Elise disse...

Hahahahaha.
Anônimo, é verdade, normalmente a gente não usa.
Mas esse mês eu esqueci a pílula um dia, e fiquei com medo de engravidar.
Mistério resolvido?? rsrrs

lolo disse...

Pelo menos ela não viu nada, né, a terapia sai mais barato :)

laissrizzato disse...

É o que eu vivo dizendo: não existe mais criança inocente depois que inventaram a televisão e as novelas da Globo! XD

Anônimo disse...

oncordo A intimida do casal é do CASAL!!! Mas Aqui sua intimidade é da sua filh tb quando vc escreve posts sobre sua vida sexual.ë claro que ela lê! Vc acha que ela teria outro comportamento lendo sobre a visa sexual de vcs? Na Boua filhos não precisam de detalhes da vida sexual dos pais, por mais que os tempo sejam outros vcs não são "amigas de escola"são mãe e filha e certas coisas não mudam nunca, simplesmente pq não devem mudar!

Camila disse...

Anônimo, caia fora! Eu hem, Elise, é cada louco que aparece! Alguém que dá opiniões e sequer assina, patrulha a vida sexual alheia, e ainda fica querendo dar pitaco... Eu hem!

Como já dizia Millôr, não devemos ampliar a voz dos imbecis, mas não resisti... Tenho certeza de que Memee é uma menina linda, esclarecida e bem educada, ao contrário do Anônimo e sua prole (se houver né, coisa que eu torço para que não haja, pq gente assim deveria ser impedida de procriar hahahaha)

(Elise, se quiser pode deletar esse meu comment junto com o dele, mas não me segurei)

Elise disse...

Camila, claaaro que não apagaria um comment seu, chérie!!! Eu amo seus comments!

Eu só publiquei esse anônimo pq, muito embora não seja chegada em quem não assina o que pensa, não me senti ofendida.
Se ele tivesse sido grosseiro, eu nem tinha lido e apagava direto. Mas achei que ele merecia ter uma opinião, mesmo que fosse diferente da minha. Respeito.

Óbvio que não dou bola, pq já estou ouvindo há quase 10 anos que não sou boa mãe, já até acostumei, e hello?, a criança tá aí pra provar, né?! rsrsrs

Mas super obrigada pela força, me senti querida.
Beijas.

Anônimo disse...

Oi Camilla! Po acaso vc me conhece para saber se eu e minha "prole", ou melhor definindo filhos,somos o contrário de lindos, educados e maravilhosos?
Acho que não ofendi ninguém, apenas deixei a minha opinião.
Devemos ser tolerantes com quem tem opinião contrária a nossa.
Leio sempre e gosto do blog, apenas acho que a dona expõe muito sua "intimidade".Só isso sem mistérios.
Tudo bem! Cada um na sua o que não pode haver é intolerância.
E tenho dito!

Monica Vieira disse...

Ué? Como assim não se usa camisinha só por que é casada?!

Elise, sorry, ando meio em falta com o seu blog e cheguei um pouco tarde aqui. Mas depois que vi o comment do anônimo...

"Todo mundo sabe" que houve um aumento absurdo no número de mulheres CASADAS infectadas pelo HIV transmitida pelos seus respectivos maridos.

Tudo bem que nós queremos acreditar na fidelidade dos nossos amados, mas nem sempre é assim, e nem sempre a esposa sabe o que se passa longe de seus olhos. Eu também quero muito acreditar nisso, mas não deixo de usar a camisinha e por dois principais motivos:
1. Não tomo pílula e não quero engravidar agora – os remédios me dão náuseas, espinhas, me engordam, ou seja, ficava péssima e então optei em não tomá-los;
2. Tenho pavor de pegar alguma DST, mesmo que não seja daquelas com risco de morte. Cuido da minha pepeca melhor do que qualquer outra parte do corpo. Rsrsrs

A vergonha alheia me faz querer escrever mais, mas vou parar por aqui por que esse é o seu espaço e eu uma enxerida. Rsrsrs Desculpe pelo comment enooorme!

Beijo,
Monica

Monica Vieira disse...

Correção: "porque" e não "por que" escrito duas vezes!!!