quinta-feira, 21 de outubro de 2010

MAS EU ME MORDO DE CIÚÚÚMES....


(introdução da música Roxane, versão Moulin Rouge)

Antes do texto, uma musiquinha, pra você ouvir lendo o post, rs.
Ciúme, do Ultraje a Rigor (não é da sua época?? Tsc, tsc. Não sabe o que tá perdendo, rs)


Ah, o ciúme!

Vira e mexe alguém pergunta em resposta aos posts: "mas ele não ficou com ciúmes de você?" ou "Mas você não ficou com ciúmes dele?".

Eu abro esse texto dizendo que eu acho o ciúme LEGAL. Sério.
Necessário pra dinâmica de qualquer casal. O ciúme alimenta a paixão, demonstra cuidado, uma necessidade de ser único, querido, desejado acima de todos.

A merda não é o ciúme - é o EXAGERO de ciúme, o ciúme descabido, aquele que envenena, atrapalha, corrói. Ou a FALTA TOTAL DELE, que leva ao descaso, à arrogância e ao desalmor pela falta de importância.

Primeiro, falemos sobre o exagero.
Uma coisa que gosto sempre de afirmar é a seguinte: confiança é uma coisa que se leva 10 ANOS pra conquistar, e 10 MINUTOS pra perder.

Então eu acho que o excesso de ciúmes, que não é normal, é consequência de duas coisas:

1) FALTA DE CONFIANÇA AO EXTREMO
E aí a pessoa deveria rever o relacionamento por quem ela sente esse ciúme obsessivo e extremo. Porque ou essa pessoa REALMENTE não merece sua confiança, ou você está paranóico além da conta (e o problema é seu, na sua cabeça e tem que ser revisto tb!)
Normal, não está.
Eu acho que pessoas que te inspiram muita confiança são menos sujeitas a inspirarem um ciúme doentio, não acha? Se a pessoa não te dá motivos, é super correta em suas escolhas, olhares, comentários, atitudes, como não vai inspirar confiança??

Agora, aquele indivíduo que você SABE que está sempre procurando, à caça, olhando, desejando, que não corta investida, se coloca numa posição de fácil acesso, sempre dando condição ou que você SABE que já andou errado uma vez... é uma merda!
Vai confiar como???
Eu entendo.

Mas, se você escolher ficar com aquela pessoa mesmo assim, é melhor entregar logo os pontos. Pra confiar sem enlouquecer, eu prefiro confiar e ESQUECER. Saber que você está fazendo sua parte, e entregar a responsabilidade de ser honesto ou não na mão do outro. Se ele eventualmente não corresponder, bom, você fez o certo, o seu melhor, e o filho da puta é ele. Então pelo menos sua consciência está limpa.
Pois ciúmes nunca impediu ninguém que estivesse determinado a fazer certa coisa, de fazê-la, tá?
Então melhor tirar logo a carga de cima de você. Você não vai querer um relacionamento em que você só pode confiar na pessoa se você estiver vigiando, vai????


2) AUTO-ESTIMA BAIXA
Um exagero de ciúme relacionado a um parceiro que não dá motivos, normalmente é culpa do ciumento mesmo.
Se você não se sente merecedor de amar, ser amado, daquela pessoa, ou não se tem em alta conta, vai sempre ter ciúmes do parceiro de medo dele achar alguém melhor.
A pessoa que "se garante" é mais segura e menos ciumenta.

E acho que a falta total de ciúme se deve por:

1) AUTO-ESTIMA EXACERBADA
É o contrário da anterior - a pessoa até gosta do parceiro, mas é tão auto-centrada, se acha tão a última bolacha do pacote, que não tem ciúmes simplesmente porque "como ele poderia sequer cogitar estar com outra pessoa que não eu?"
Triste, pois isso leva ao desinteresse do parceiro com o tempo.
Ser 100% seguro o tempo todo é chatíssimo!
A empáfia do convencimento é chata porque ninguém gosta de um metido e convencido! Que acha que está seguro demais por ser fodão, e que você tem SORTE em tê-lo.


2) FALTA DE IMPORTÂNCIA MESMO
A falta total de ciúmes faz parecer que você não tem valor! E pode não ter mesmo...
Se a pessoa não sofre nem um pouquinho de medo de te perder... bom, talvez pra ela tanto faz como tanto fez você estar ali ou não. Se não estiver, ela arranja melhor.
Argh. É tão ruim quanto ter ciúmes demais! Te minimiza, te menospreza.

Enfim.
Em resposta às perguntas: sim, eu tenho ciúmes, normal. Mas não exagerado. Só um pouco. E jamais condenaria ele com o meu ciúme por uma situação que estivesse fora do controle dele (alguém achar ele bonito, ou cantar ele. Eu poderia ter mais ciúme da resposta dele à questão).
Ciúme dele achar alguém gostosa, ou bonita? Tenho, lógico, mas é leve - se ele quisesse ficar com alguém mais gostosa ou bonita, não estaria comigo, uai! E eu tenho que ter em mente que existem trocentas mulheres mais gostosas e bonitas do que eu.
Eu teria muito mais ciúmes se ele achasse um mulher interessante, divertida ou inteligente, e momentaneamente ficasse encantado ou desse mais atenção a ela. Isso aciona meu ciúme, porque aciona minha insegurança, como eu expliquei acima.

Mas eu acho que o ciúme é válido; é até gostoso!
Mostra que a pessoa sabe que você tem valor aos olhos dos outros, e que você é importante pra ela, e que ela não está disposta a te dividir ou te perder. Uma delícia. Como tudo na vida, é bom com equilíbrio.
Eu, por exemplo, jamais ficaria com um cara que tivesse ciúme 0! Eu adoro que tenha ciuminho de mim!
Mas tem que ser aquela coisa leve, e que dura minutos, sem grandes repercussões. Apimenta o negócio e záz.

Você faz um charminho, um beicinho, dá uma emburradinha, a pessoa te reassegura da sua importância e que você é único e... ACABOU!
Sem grandes "DRs", sem neuras, sem cobranças monstruosas.
Porque se rolar isso... bom, está acontecendo alguma das situações que eu falei acima.
E é bom descobrir logo qual é.


13 comentários:

Livia disse...

Você disse que ninguém deixa de fazer nada que tenha vontade porque o parceiro demonstra ciúmes, mas tem mais um detalhe: às vezes até sente vontade de fazer alguma coisa POR CAUSA do ciúme exagerado.
A gente que é mulher sabe, ou pelo menos deveria saber, que se insistir muito dizendo que "fulana tá dando mole", pode despertar curiosidade no homem de uma coisa que ele nem tinha notado.
E outra: conheço pessoas, mais de uma, que pensam do seguinte modo: se eu tô levando a fama de pegador sem ficar com outras, melhor é ficar logo de uma vez! Se levo a fama, deito na cama, então.
Triste, mas real.
Ciúme pra mim é o seguinte: ninguém é obrigado a ficar com ninguém. Se eu namoro, é porque quero - se eu passar a desejar outros, termino o namoro e fico com outros, ora! Então não tem motivo pra sentir ciúme, porque o único motivo de eu estar com meu homem é a minha vontade, não há nada que me prenda a ele. E se eu tô com vontade de estar com ele, é porque não sinto vontade de estar com mais ninguém - e vice versa.

Anônimo disse...

Peep, q coisa impressionante, vc falou coisas com as mesmas palavras q uso mts vezes o_o hehehe

genial sua colocação q ciúme nenhum do mundo impede nada...2 histórias verídicas com conhecidos:

1º exemplo: conheço vários (vááááários) casais q moram em cidades diferentes, já morei e/ou sou amiga tanto d homens qt mulheres q teriam TODA a oportunidade do mundo d trair, com companheiros sem ciúme excessivo, se vendo só de 15 em 15 dias ou um vez por mês e são fiéis

2º exemplo: conhecidos do meu namorado são um casal q a mulher é psicótica...dessas loucas mesmo...liga 500 vezes por dia, controla tudo...numa viagem d navio em q os 2 estavam, enquanto ela foi prum spa ou qqr coisa do tipo o cara conheceu uma piriguete, levou pra finalizar na cabine deles e enfim...

percebem? se a pessoa é fiel não há "falta d controle" q estimule a traição e não há ciúme doentio q segure uma pessoa disposta a t trair, então, pq extresssar? se for pra acontecer, vai acontecer, não há nada q vc possa fazer, então só se relacione se vc confiar, não ache q namorar um pilantra na base da coleira vai ser saudável ou vai terminar bem...

ótimas colocações, Lise

Tata =) disse...

Flor, eu concordo totalmente com você!
Primeiro que tudo em excesso é ruim, não adianta. E também acho que uma relação com ciúmes excessivo não é uma relação saudável. Porque acaba gerando uma necessidade de omissão, por exemplo, e até mentiras. As vezes você deixa de contar uma coisa boba que aconteceu para evitar uma briga, ou acaba tendo que mentir até, o que, na minha opinião, não pode fazer parte de um relacionamento saudável!

Outra coisa, tem aquilo né, quem procura acha. Você vai SEMPRE encontrar alguma coisa para aguçar seu ciúmes, então deixe para sentir quando realmente precisa, quando tiver motivos realmente, principalmente por parte do seu parceiro. Seria ótimo deixar ele invisível para todas as outras mulheres do mundo, mas como não é possível, a gente tem que pensar que isso está fora do nosso controle, e devemos viver mais e aproveitar mais os momentos juntos e o sentimento sincero que sentimos um pelo outro.

Ufa, que texto!

Beeijo!!

Ellen Giese disse...

Oie, voltei. Eu sou muito ciumenta, mas também sou muito controlada. Como moramos em cidades diferentes, não tem como ser de outro jeito. Por 2 vezes fiquei longos períodos fora do país (8 meses), e várias vezes eu entrava em crise. Não, eu não estava preocupada se ele saiu, se encontrou uma moça mais bonita.. eu me preocupava era se ele encontrasse uma mulher interessante e inteligente. Do jeito que vc falou. Mas também morro de ciúmes dos meus pais, amigos e até do gato! Talvez possamos dicutir outra coisa: o limite entre o ciúmes e o egoísmo, com requintes de possessividade. O que acha? Beijos!!!

BRUNA LETICIA disse...

ACHO O CIÚMES; CONSTRANGEDOR!!!

Maela disse...

É... isso aí, sem mais o que por nem tirar, igualzinho ( mais uma vez ) ao que eu penso.

Vou fazer minha árvore genealógica, devo ter um parente no Rio nãoépossível.... kkk

Anônimo disse...

Se o ciúme é sinal de amor, como querem alguns, é o mesmo que a febre no enfermo. Ela é sinal de que ele vive, porém uma vida enfermiça, maldisposta. (Cervantes)

Quarto de Despejo disse...

Eu sou ciumenta, sim.
Nada anormal.


Cara, Cervantes não entendia nada de ciúme e muito menos de febre!

Anônimo disse...

Cara, Cervantes não entendia nada de ciúme [2]

hahahahahahahahha

adoro (parte) da obra de Cervantes mas se a frase é realmente dele (hoje em dia não dá pra confiar na autoria de NADA pela internet), ele efetivamente não estava mt inspirado :P

Letícia disse...

Hum concordo metade! Não acho que a falta de ciúmes seja prejudicial, o problema é a falta de atenção, ou o simplismente(como vc bem colcou) se achar a ultima bolacha do pacote.
Eu não tenho ciumes, mas dou atenção e não me acho nem um pouco. Sei que existem milhares de mulheres mais bonitas e talvez até mais interessantes, mas tenho confiança no relacionamento. Penso que se ele quiser me trair ou lagar nada neste mundo, nem 'um pouquinho' de ciúme vai fazer ele mudar de idéia. Pra mim ciúme tem a ver com posse: ele é meu e vc não pode olhar, tocar, desejar enfim...e não com amor.

Soraya disse...

Ai, Elise... Eu acho ciúmes tãaaaaao chato... Gosto do cuidado e da atenção, ciúmes eu passo mesmo.

Juliana disse...

Eu tenho ciumes, mas nao sou ciumenta.
Se vejo alguém dar em cima fico mordidinha...

Namoramos há qse 5 anos, eu em SP ele no Rio (agora em Ribeirão preto) e eu tenho CERTEZA que ele nunca me traiu, e eu idem e ele tb tem essa certeza.
Nossa relação é mega aberta mimimi, as vezes sinto ele com ciuminho bobo tbm, mas só.

Nada que nso impeça de estar na rua passar uma mulher e comentarmos do quão a fia é gostosa, bonita, brega... E o contrário tbm, ele nao é do tipo masculinidade-frágil-se-eu-disser-que-o-cara-é-gato-viro-gay; e pelas merdas que eu ja disse que faço com ele nas horas vagas se fosse frágil... Já eras.

Mas conheço inúmeros casos daquelas mulheres neuróticas que ligam a cada 3 minutos pro cara querendo saber tudo e são as maiores chifrudas do mundo.
Alow, colega que é assim! Se o bofe não te quiser mais, não haverá pegação no pé que o faça desistir de mijar fora do penico.

outro caso, um amigo do namorado que tbm foi do Rio trabalhar em Ribeirão, super ligado a familia (do tipo que foi trabalhar na Gol, etodo santo dia saia no primeiro voo pra sp e a noite voltava pro Rio) Ele super triste foi falar com a mulher sobre a proposta de Ribeirão e ela disse: Vai.
Foi um vai de descaso, saca? E ele preocupado se isso atrapalharia o relacionamento deles. Filho, seu relacionamento já tá uma bosta, as ele é do tipo que não se SEPARA em hipótese nenhuma. Daí nesse caso, como eu vou conseguir repreender esse cara se ele achar uma pessoa pra dar uns pegas que dê toda essa atenção que falta?

Licele Faial disse...

Eu sou bem ciumenta, e teve uma época que a relação tava tão complicada que eu dava altos chiliques por bobagens...
Mas passou.
Agora eu consigo ter ciúme, mas num nível normal. E tenho ciúme de tudo também, até dos meus bichos de pelúcia! hahaha (vai ver não sou tão normal assim.)
Mas o mais engraçado é que eu não consigo ter certeza de que ELE tem ciúme. Sempre que ele fala alguma coisa é em tom de brincadeira e parece mesmo que é só brincadeira. Frustrante, às vezes.
Bom, pelo menos ele não é doido de não me deixar andar sozinha e talz... rs