terça-feira, 7 de dezembro de 2010

SAIR SOZINHO


"O B nunca sai sozinho com os amigos? Você se importa?"
(pergunta feita no Formspring, pra variar, rs)

Mesmo sendo mais curiosidade sobre a minha vida do que assunto legal de post, achei que dava um pano pra manga, rs.
Eu acho esse tipo de pergunta interessante; isso é muito bem resolvido na minha cabeça. Óbvio que não deve ser na de todo mundo. Isso deve gerar conflito e até briga pra um monte de gente.
Brigar é tão chato - acho que eu sou uma simplista, rs.

Assim, deixa eu responder por partes - eu não tenho mais 18 anos. Quando a gente é mais novo, se importa muito mais com algumas coisas que, felizmente, depois de uma certa idade vê que são umas bobices mesmo.
Pelo menos a idade traz alguma coisa boa, né? HAHAHAH

Minha opinião é a seguinte (veja bem, minha OPINIÃO, pois cada um faz como quiser, e eu não sou parâmetro pra porra nenhuma, nem dar lição de moral a ninguém. Tou respondendo à curiosidade):

meu último cordão umbilical foi cortado há 11 anos, no parto da Memée, rs. Eu não sou grudada nem nele nem em ninguém, e ele idem. Deve ser muito muito chato você fazer tudo tudo o tempo todo com a mesma pessoa.
Satura.

Por outro lado, nós trabalhamos muito (como a maioria dos casais e pessoas em geral), e quando chega o finde, estamos loucos pra ficarmos um com o outro. E quase todos os nossos amigos e interesses são os mesmos. Então não faz muito sentido sair sozinho.
Sim, ele às vezes fala "fulano tá precisando conversar - vou sair pra tomar um chopp com ele, ok?". Sem problema algum. Ou mesmo "Os meninos vão tomar um chopp hoje (comum quinta à noite). Hoje a mulherada não vai, papo de homem - tudo bem?". Tranquilo.

O mesmo vale pra mim. Agora, claro, eu não iria ao cinema sem ele (e vice-versa), ver um filme que eu sei que ele quer ver. Ele ficaria chateado e eu também. Se os dois querem ver e querem ficar juntos, sair sozinho pra quê?
Por exemplo, eu queria ver "Piranha" e ele não fazia questão. Marquei de ver com meu amigo Yann no meio da semana (acabamos não indo por outros motivos, rs).
Se fosse no finde, ele até iria comigo, porque a companhia é mais importante do que o filme escolhido.
Mas eu ir com amigos sem ele, num dia em que ele teria que trabalhar até tarde - qual o problema??

Nós temos uma filha e somos um casal, temos que nos programar pra sair, até pra ver onde ela vai ficar.
O que não faria sentido seria, sábado à noite ele (ou eu) virar e falar pro outro "quero ir pra tal boate sozinho, com meus amigos"
Ué, mas se os dois adoram dançar, e os amigos são os mesmos, por que não ir, sacaram? Aí poderia haver alguma coisa estranha. Algum descompasso na relação, se a pessoa que mais deveria querer ficar com você não quer, deliberadamente. Ele é a minha melhor companhia e eu sou a dele - como assim não querer aproveitar o máximo de tempo junto, quando der?

Diferente se fosse assim "B, vai ter uma festa pra ex turma da faculdade, e os maridos-esposas não vão. Eu quero ir", não haveria problema. Ele podia até aproveitar pra sair com amigos mais distantes de mim, com os quais ele não tem tanto contato.

Como ele trabalha até muito tarde, cansa de acontecer de eu ir pra festinha (principalmenmte de filho de amigo) no meio da semana sozinha. Ou com meu amigo Rafa. Sem neura.
Ou ele ir a evento de trabalho sozinho. Ou ele ir jogar vôlei sábado pela manhã, ou eu sair pra almoçar com amigas... ou simplesmente sermos chamados pra alguma coisa, e um dos dois estar cansado ou sem saco de ir. Se o outro estiver a fim, qual o galho??

Acho que os dois terem alguns programas em separado é saudável.
Não faz bem é se virar rotina, toda semana (ou final de semana), os dois quererem  fazer tudo sozinhos ou separados, e programas que o outro poderia partilhar. Aí é sinal de que há um desencontro, como eu disse antes.

Mas é mega normal ter interesses em separado também, ou querer estar com os amigos sozinho. Desde que isso não seja maior do que o casal.

Quem fica neurótico com esse tipo de distância é bobo - quem tem que fazer alguma coisa "errada", faz em qualquer lugar, a qualquer  momento. Dá um jeito.
Conheço um monte de gente assim e te digo - até sair com puta no horário de almoço de trabalho, já vi.
Ou seja, esse controle absoluto de passos, essa neurose de estar junto o tempo todo não previne nada.

O que é legal é um charminho, né?
Quando o outro vai sair sozinho um "se cuida, hãn!", ou uns beijos possessivos de ciúme de brincadeira, só pra mostrar que o outro FAZ FALTA.

E tem suas exceções, claro. Se em tal  dia especificamente a pessoa se incomoda de verdade com a saída,  por algum outro motivo aleatório ou está sensível por alguma coisa, vale até dessistir do vôo solo. Mas tem que ser honesto e ter intimidade pra dizer: "dessa vez não queria que você fosse, por isso e por isso."

Já aconteceu de eu falar "preferia que você não fosse, porque fulana que eu não gosto vai estar lá, e mesmo eu confiando em você, vou ficar chateada". Se não for um evento importante, por que ele escolheria ir, se ele pode me poupar de ficar triste?
Afinal, o objetivo de ambos é deixar o outro feliz, não?

E é tudo bom senso.

PS: te dizer que eu sou até mais tranquila que ele. Quando sou eu quem saio sozinha, ele não encana, claro... mas é daquele que liga carente toda hora, sabe como?? rsrs

23 comentários:

ni disse...

O troço é que tem gente realmente que não deixa o outro sair sozinho de jeito nenhum.. ou quando o outro sai, tem briga, e alguém sempre fica cheio de noia na cabeça.. eu acho que deve ser muito triste vc estar numa relação assim, em quem não há confiança mesmo. Isso é muito comum, tenho uma colega que desde o começo do namoro ela diz que não confia no namorado (e bom, ele já traiu ela várias vezes e ela sabe de pelo menos 1 e perdoou), e acreditem, eles se casaram. Fico pensando como é a vida dela, deve ficar toda hora olhando pra todos os lados pra ver se tem alguma ameaça. Não dá pra viver assim. Eu e meu noivo moramos em cidades diferentes, nos vemos mais ou menos 2x no mês, nos fds que não estamos juntos ele sai às vezes com os amigos e acreditem (2) eu não me preocupo nem um pouco. nunca deu motivo pra eu desconfiar, por que vou ficar encucando com isso? E a partir do momento que der motivo, é hora de repensar se é pra ficar junto mesmo.
Ah, isso que vc falou do cinema já aconteceu comigo, vi A Origem aqui com uma amiga e ele quando descobriu ficou puto da vida comigo, dizendo que eu deveria ter visto com ele, que ele disse que queria ver, e blablablabla... hahaha, eu não sabia que ia fazer tanto escândalo. e quando eu falei que ia no cinema de novo pra ver com ele ele disse que não queria mais. Até hoje não viu o filme, tadinho.

Diogo disse...

hoje eu estou comentador, eheh
seguinte: acho muito legal esse entendimento de vocês, de verdade, acho que é saudável para o relacionamento
inclusive a namorada sai com as amigas para restaurante, tomar chopp, tranquilo
mas você disse sair com seu amigo yann, seu amigo rafa, para o b. isso é tranquilo?
eu sempre tive mais amiga do que amigo, sempre sai só com amigas, tranquilão, isso antes da namorada, mas a namorada às vezes não curte muito a idéia
esses dias uma amiga me chamou para assistir no estádio um jogo do nosso time, ela achou estranho, tudo bem que não é normal para ela, e eu nem fui, preferi ficar com a namô
enfim, para o b. é tranquilão isso? você também não vê problema no caso dele sair com amiga/amigas/?
mal aí o questionário, mas você parece ser ponderada, e acho legal, do que tenho lido, o relacionamento de vocês, e opinião de gente sensata é bom!

Elise Machado disse...

Diogo, pode virar perguntador, que eu acho ótimo, rs.

Olha só, pertinente sua pergunta: existem AMIGOS e AMIGOS, né?

Por ex. os que eu citei e vc tb - Rafa e Yann. São muito amigos dele também. E são como se fossem meus irmãos. Pra ele é tranquilíssimo.
Acho que ele fica até mais tranquilo de eu estar com eles, pois sabem que eles olham por mim (que nem criança, né? rs)

Agora, existem uns amigos meus que ele... "atura". São caras que não são amigos dele, ou mal o conhecem, ou que ele cismou que "querem te comer", sabe como?? rsrs
Com esses não seria tão tranquilo pegar uma night sozinha, ou pegar um cinema.
E eu respeito.
Posso estar com eles pra um café, ou vê-los com outras pessoas, ou mesmo estando o B junto.

Não existe risco - o risco não aumenta, é óbvio. Mas se vai incomodar ele, isso é motivo suficiente pra mim pra respeitar.

Aliás, essa é a frase chave de qualquer relacionamento, não acha: "incomodou, parou". Não precisa ser racional - se a coisa incomoda a pessoa, vamos tentar negociar pra amenizar, né?

Bjas.

Anônimo disse...

Acho mto legal essa relação vcs tem...mais q td são amigos e respeitam um ao outro.
Eu realmente não entendo esse sentimento de posse que alguns insistem em tem ter. Acho q amar uma pessoa, entre outras coisas, é confiar. Ou vc confia em quem está ao seu lado ou não...como vai construir uma vida, uma família, se vc estiver sempre de pé atrás com a pessoa...não tem sentido.
Nunca fui ciumenta e nunca admiti que namorado meu fosse possessivo...sei lá, parece q a pessoa duvida da sua honestidade...lógico q um ciuminho de charme sempre rola, faz parte...mas sentimento de posse não dá. Sempre dei espaço pra namorado ter sua vida e suas coisas além da nossa relação e tbm sempre tive isso.
Tenho um amigo que namora a uns 2 anos e ele é o cara mais sossegado que eu conheço, sabe aqueles q não tem vicio, não fica em porta de boteco, não é de largar a namorada pra ficar na zona...o cara trabalha q nem um escravo a semana toda. Pois o bicho tem uma namorada que é o cão de ciumenta...daquele tipo q o cara nem tá olhando e ela já diz pra ele pelo menos disfarçar pra olhar...dá escândalo na rua, liga umas 500 vezes no dia...uma vez estávamos em reunião no trabalho e ele desligou o celular...pois qdo ele ligou tinha 25 ligações dela do tipo, 1 ligação as 18h, 1 ligação as 18:02h, uma ligação as 18:03h...eu juro q é verdade, a mina totalmente doente. Aí eu fico me perguntando, o q um cara legal como ele está fazendo com esse tipo de mulher...as vezes eu acho q é aquele tipo do tá ruim, mas tá bom...ou ela deve ser mto boa de cama, pq se fosse comigo no 1º escândalo eu já tinha largado faz é tempo...Eu não saberia viver assim e nem ser assim.
Bjos
Vanessa

Elise Machado disse...

Só pra complementar, pois esqueci de dizer da minha parte -idem.
Outro dia mesmo ele foi tomar chopp com a Déia, e nem eu nem o Rafa fomos.
Tranquilo.
Ele pode sair com a maioria das amigas, mas eu tb não gostaria que saísse só com algumas que eu cismo que tem alguma intenção, ou não conheço bem.
É bobice, mas ambos respeitamos o incômodo do outro.

Nesse aspecto acho até que ele fica em desvantagem - eu tenho muito mais amigos que não são amigos dele também, do que ele tem amigas que não são minhas amigas.
Acontece que ele é um cara bem mais reservado nese aspecto, diferente de mim, que viro amiga íntima em dois segundos, rs.

Mas acho que confiança está ligada tb à pessoa que está com vc.
Ele me inspira confiança e a merece.
E eu acho que é igual em relação a mim.

Anônimo disse...

Lá em casa ele só sai com a seguinte autorização:


A L V A R Á D E S O L T U R A

FORMULÁRIO PARA SAIR SOZINHO E CHEGAR TARDE
Minha caríssima Esposa/Companheira/Namorada/Paquera/Ficante,....:
Pela presente, solicito humildemente autorização a V.Sa., Autoridade Máxima na minha vida,para me ausentar no seguinte período:
Data:
Hora de saída:
Hora de regresso:
Em caso de atendimento à solicitação, juro solenemente pelo presente documento visitar unicamente os lugares referidos abaixo. Igualmente, comprometo-me a não falar com outra Mulher além das listadas abaixo, sem obter autorização verbal com um mínimo de uma hora deantecedência. Não desligarei o celular depois de duas bebidas, nem deverei consumir acima donível de álcool abaixo autorizado, sem antes chamar um táxi. Entendo que mesmo que esta autorização seja concedida, a Autoridade Máxima conserva o direito de se chatear comigo durante a semana imediatamente posterior sem necessidade de justificação para tal, porém em silêncio.
Quantidade de álcool autorizada:
Lugares de visita autorizados:
Mulheres que posso
encontrar:
Declaro conhecer quem manda em nossa relação e afirmo que não sou eu.Prometo cumprir as regras, normas e procedimentos que a Autoridade Máxima estabelecercomo condições para a presente solicitação. Prometo, do mesmo modo, dormir num banco de praça no caso de não regressar para casa até a hora autorizada acima.De volta à casa, prometo que não me chatearei com reclamações e ofensas pois não surtirão efeito na minha mente confusa.Prometo, também, que não entrarei em discussões profundas com a Autoridade Máxima.Entendo que o armário, o aparador, o balde da roupa suja, o frigorífico e a máquina de lavarroupa não são lugares autorizados para necessidades urinárias.Ass. – _____________________________________
A solicitação é
CONCEDIDA
NEGADA

Esta decisão não é susceptível de negociação.……………………………………………………………………………………………………………Autorizo meu marido: ______________________________________________Data:
Hora de saída:
Hora de regresso:
Assinado – Autoridade Máxima:

Quarto de Despejo disse...

Aqui em casa é bem como você descreveu.
Até a última frase "mas é daquele que liga carente toda hora, sabe como??" rsrs

Bjs,

Lucia

Michelle disse...

Chérie, sou tranquila qnto a isso também. Aqui funciona dessa forma que vc falou.
Inclusive qndo saio só, ele também liga toooodo carente. É uma graça, fica todo charmoso e pimpão! Rrssrss

Andréa disse...

Amadurecer siginifica dar import^ncia ao que realmente é importante.
Estar junto é muito bom.
Sábado passado ele teve o almoço de aniversário com a turma da pescaria.
Só homem,ele se divertiu,ganhou presente e voltou pra casa feliz.
Sábado agora eu tenho encontro das tricoteiras.
Começa meio dia e termina lá pelas 7 da noite.
Eu preciso estar com minhas amigas,é uma vez por mês,acho importante ter essas horas gostosas.
No domingo passado visitamos uma amiga juntos,foi uma delícia.
Enfim,é legal ficar junto,mas para a estabilidade do casamento,também é legal que cada um tenha seu espaço e sua tribo.
Beijas.

Maela disse...

Não teria a acrescentar, aqui em casa igualzinho ( irmã perdida, isso é maluco )!

Mas... só para reafirmar :

Fui no Bon Jovi sozinha. Bob não gosta de show de estádio. Fui no Creedence sozinha, Bob não curte a banda e vamos juntos no U2, pq mesmo sendo show de estádio, o Bob gosta da banda e DE MIM e viu que estava "me" deixando de lado e vai só para me deixar feliz.

E ele me liga 200 mil vezes

Daniel disse...

Bom... em casa Era diferente no começo... pois meu casamento ERA MUITO ADOLESCENTE.

Volei. Futebol. Video-Game (Fliperama) era um absurdo. (Coisa de adolescente que tem que estar 24horas juntos).

As coisas evoluíram. Achava que ela tinha que sair com as amigas do trabalho (pois tinha gente que eu não gostava). Era a turma dela e eu ficava isolado dos papos, preferia não ir. A turma do futebl idem.

Mas dai as coisas foram mudando, você se prende (e é um problema seu, por achar que a pessoa não quer vcoê nem tenta, nem sai, nem comenta) e para de sair com seus amigos/amigas.

Mais tarde percebemos que isso era besteira e saímos. Eu cheguei a ir em despedida de solteiro, todos os amigos achando um absurdo minha mulher saber disso, mas sabia, fazer o que, se ela não gostasse eu não iria.

Do mesmo jeito se ela dissesse que iria num clube de mulheres eu acharia de boa (o importante é se garantir e confiar), aliás acho que toda mulher deveria ir com amigas num lugar assim. Não precisa fazer nada, só ir pra dar risada mesmo. Bagunçar.

Por isso acho Muito Válido esses acertos, todos os que a Elise comentou, cinema, festa, barzinho, boteco, danceteria, shows... Combinando e principalmente sendo Honesto e Sincero Vale tudo. Até pedir para não ir por causa do Fulano de Tal. Ou fulana...

Beijos do Saladeto (agora virou assinatura)

Daniel

Anônimo disse...

Ai,vou ser sincera: Sou bastante ciumenta, mas me controlo horrores ou então a vida se torna um inferno!
Acho que deve ser porque sou sin cera ao extremo e muitas vezes, já descobri mentirinhas dele,coisas tão bobas que realmente não entendi o porquê da mentira...
Aí a MAGA (a pulga que volta e meia aparece atrás da minha orelha) vem com seus devaneios: ah, quem mente isso, pode mentir muito mais... E por aí vai...
Muito difícil não ter ciúmes se não há transparência e sinceridade...
Bjas!

Cici disse...

Concordo. Detestaria se meu namorado me sufocasse, na verdade eu daria tchau p ele. Coisa mais chata essa de tirar a liberdade do outro. Poxa, tem que ser fiel porque ama, porque tem respeito e não porque faltou oportunidade (um dia não vai faltar).

aime disse...

Olha.... Sinceramente?
Eu não sei se eu tenho um problema ou se isso é normal e as minhas amigas que tem problema!!! hahaha
Eu não sou ciumenta, OBVIO, não acharia normal ir em balada sozinho com os amigos... Não agora que estamos realmente sério e comprometidos.... Mas no começo, super de boa...
Eu não ligo que tenha amigos, nem amigas... Nao sou o tipo que pensa q a culpa é SO do cara ou SO da mulher se rolou traição... Acho que TODOS tem culpa, e a menos culpada é a AMANTE, ja que nao era ela quem era comprometida... Nao ligo se quiser sair pra tomar uma cerveja... tocar e cantar em estudio... feira do automovel... Enfim... Acho saudavel... fui criada embaixo de MTO ciume... Entao nao faz mais parte de mim o ciume... Acho MTO desgastante, pra tds!!! Obvio, nao sou de ferro e nem tenho gelo nas veias... Se houver motivo...
Agora meu namorado, foi criado de forma totalmente diferente... NA casa dele todos menosprezam ele... Subestimam mesmo... CLARAMENTE, então ele cresceu com essa FALTA de confiança.. Entendam, eu VEJO isso nao foi ele quem assumiu, eu VEJO isso até hj, eles ainda o tratam assim... Então eu entendi o pq dele ser TAO inseguro, nao eh que ele nao confie em mim, ele nao confia NELE.... Ele se sente diminuido por qlqr coisa... Pra lidar com isso eu uso o esquema de compensação... Opa, fds vc quer ir tocar com seus amigos no estudio? Claro amor, vai la... Eu nao to afim de ir nao... Prefiro ficar em casa... E um dia antes eu aviso que minhas amigas vem em casa... Eu nao bebo fora de casa, ate pq dirijo, eu nao sinto necessidade em ver filmes no cinema com as minhas amigas, ate pq temos gostos MTO diferentes pra esse tipo de coisa... Entao qd elas vem em casa, passam um dia todo, e nos fazemos a farra... ele nao se sente inseguro, eu satisfaço minha vontade e TODOS ficam felizes... Eu tb entendo o ciume dele.. minha melhor amiga eh bi e a outra aparenta ser... É tudo uma questão de negociar e saber lidar com os problemas. Se eu fosse bater o pé só pra enfrentar sem nem ser uma necessidade minha, teriamos brigas... Assim como ele vai tocar no estudio e depois eles bebem uma cervejinha rapida e voltam, eu ia pra facul, bebia uma cervejinha no intervalo e tava td bem... Estou ensinando ele a confiar nele. Q so esta na cabeça dele as possibilidades, q se eu quisesse trair, nao precisaria de mto... Nao traia pq estou feliz.

Sara disse...

Putz, viajei agora....coloquei o Salada Mista nos favoritos mas foi num post de setembro ((um que vc fez sobre chupão)), assim que comecei a ler ((sem ver a data)) pensei:

Putz, a Elise tá ficando doida? Eu tenho certeza que já li esse post dela aqui, o que tá acontecendo?

Aí tico e teco resolveram trabalhar e fui olhar a data...kkkkkkkkkkkkkk


UFA!!!

Sara disse...

Ahhhh, sobre o sair sozinha (o)...

Marido é viciadissimo em futebol, logo que começamos a namorar eu comecei a odiar essa história dele sair pra jogar futebol e eu ficar em casa esperando ele ((eu não podia sair sozinha na época pq além de morar longe meus pais não deixavam mesmo)). Nos casamos e continuei odiando, cheguei ao cúmulo de não querer abrir a porta pra ele numa sexta que ele foi jogar ((eu com criança pqna em casa, só abri pq ele começou a espancar a porta)).

Mas eu encrencava não era por ciúmes, mas por ficar em casa até tarde da noite sozinha.

Realmente com o tempo vamos amadurecendo ((eu no alto dos meus 23 anos :P)) e hj em dia eu imploro pra ele ir jogar...kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Hellen Tavares disse...

Adorei o malvará de soltura lá em cima! rsrsrsrs

Queria ter seu alto controle. Já fui mais ciumenta. E como vc disse, com a idade vai parecendo bobeira...

Mas ainda acho ruim se ele decide sair em um momento que poderia ficar comigo...

Afinal, é tão ficar juntinho, né?

Beijos
Hellen

Nice Oliveira disse...

Eu comi o pão que o diabo amassou quando me casei.O povo aqui tem uma facilidade de encarar essa tal liberdade do casal.Eu vejo até menos traição aqui que ai.Eu penei, mas aprendi e vi que a relação é muito melhor assim.
Pena que nos mudamos e agora ambos estão longe de amigos.Estamos quase nos matando rsrs
Bjs

Nice Oliveira disse...

Eu comi o pão que o diabo amassou quando me casei.O povo aqui tem uma facilidade de encarar essa tal liberdade do casal.Eu vejo até menos traição aqui que ai.Eu penei, mas aprendi e vi que a relação é muito melhor assim.
Pena que nos mudamos e agora ambos estão longe de amigos.Estamos quase nos matando rsrs
Bjs

disse...

Eu sempre saio sem meu noivo, porque vira e mexe eu e as minhas amigas fazemos uma "noite das meninas".
Acho isso super tranqüilo e ótimo para o relacionamento.
bj

Dark Kyra disse...

Mulher, sou assim desde o começo do namoro, há quase 10 anos (hoje tenho 30). Quando a gente começou ele ia pra balada todo fim de semana. E eu não suporto zumbizar dois dias pra curtir uma noite. Então ele ia sozinho, com a turma, uai! E nós temos programas em separado até hoje. Não tem essa de pedir permissão, temos confiança. E é como vc falou, pode calhar de algum programa incomodar por algum motivo, aí a gente conversa, sem crise. Os caras do trampo simplesmente não acreditam. Falam q eu sou sonho de consumo em termos de companheira. ahahaha!!! Mas depois eles pensaram melhor e repararam que se ele sai, eu também. E começou um papo de eu pensar dois passos a frente deles, como se fosse uma estratégia pra EU continuar livre-leve-solta por aí. AHAHAHAHAA!!! Pode??? Liberdade com fidelidade embutida parece algo surreal para a maioria das pessoas.

Adorei seu post, um beijão!

Jussara disse...

Concordo com tudo o que escreveu. Confesso que no começo do namoro eu não gostava quando ele saía sozinho com amigos, me sentia preterida. Depois amadureci e passei a não ligar. Mas quando era no fds eu não gostava, mas nunca falava nada, até pq ele só comunicava, não perguntava. rs
Mas já teve vezes de eu querer que ele tivesse ficado comigo, por estar sensível, como vc falou, mas nunca pedi, até por não ser casada, e como já disse, por ele só comunicar.

A ilustração do post está ótima e hilária.

Anônimo disse...

Elise amei seu post... muito mente aberta!! Só depois de muito tempo comecei a ver que as coisas não podiam ser do meu jeito sempre e essa questão do cordão umbilical é super pertinente a qualquer situação. A questão da confiança é necessária senão essencial para um relacionamento, e isso eu soube adquirir e vivemos bem. Mas essa questão de sair sozinho quando se pode ter a cia do namorado(a) ainda não consigo entender. Concordo que cada um precisa ter seus programas com amigos e afins, se não a coisa fica muito monótona, mas e se seu namorado(1 ano e 5 meses) chegasse falando q a familia estava se organizando pra ir pra praia e os agregados não estavam convidados, é uma situação complicada. 1º qndo disse familia ja estão te excluindo; 2º não é desconfiança mas qual o sentido de conhecer um lugar novo se não estamos perto de quem gostamos?; 3º ele nem interferiu quando a mãe disse q não poderia levar namorada( o cumulo do absurdo) Acho que nunca vou entender como funciona... Se vc pudesse se colocar no meu lugar e dizer o que faria seria interessantíssimo!!!!