terça-feira, 25 de janeiro de 2011

NO ELEVADOR


Estávamos esperando pra sair do elevador.
Ele pára no térreo, e antes que eu sequer pudesse esboçar sair de dentro dele, sou empurrada por uma senhora querendo entrar.
Que estava parada acintosamente BEM em cima da porta de correr.

Depois de rolar um constrangedor mini-cabo de guerra de uns 2 segundos entre nós, pra ver quem passava antes (até onde eu sei, as pessoas que vão ENTRAR tem que esperar as pessoas SAÍREM primeiro da porra do elevador), finalmente conseguimos passar.

O B não aguentou e me disse:
- Mas é um misto de sem noção com uma falta de educação... !

É por isso que em elevador a minha política é a seguinte: sou educadíssima, seguro porta, dou bom dia.... mas uma vez dentro dele, evito até CONTATO VISUAL.
É muito perigoso ficar interagindo com esses nativos, rs.

7 comentários:

ADri@n@ disse...

bom dia/....
gente... tem gente que pensa que porque tem mais idade do que nos, somos obrigados a deixa-los passar por cima. nao e??
aqui o problema sao com os africanos, nigerianos, enfim...
Eles pensam que sao donos de tudo aqi... e tao sempre empurrando, pisando no pe e o pior... nao pedem desculpa e ainda olham com a maior cara feia...
mas eu sempre empurro tambem... que se fod***... eu sempre passo na frente deles e falo PRIMEIRO EU!!!
como diz o portugues... VAI PRO CARALHO***
BJAO

Hellen disse...

ODEIO esse povo que, quando abre a porta do elevador, só falta dar um beijo na nossa boca. PORR*. Não sabem esperar quem estar dentro sair para depois entrar? Fora que é um baita susto a porta abrir e vc já dar de cara com um cramulhão mal-educado da gota. Dá vontade de bicar...

É a coisa que mais me irrita aqui no Rio: a falta de educação e noção de civilidade e convivência em sociedade do povo - aquele pessoal que insiste em ouvir música (se bem que não podemos chamar a seleção musical geralmente utilizada de música né?) alta no celular sem fone de ouvido, o pessoal voltando da praia salgado e fedorento que cisma de sentar no chão do metrô ou ABRIR CADEIRA DE PRAIA PARA SENTAR. GRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRRR. ÓDIO.

Ai, desabafei...

selena disse...

achei que tinha sido eu quem inventou essas regras, porque parece que ninguém mais conhece:
1. quem está fora espera quem está dentro descer (e não o inverso)
2. quem entra, cumprimenta quem já estava dentro (e não o inverso)
3. quem sai, diz até logo para quem ficou no elevador (e não o inverso)
4. quem está próximo à porta e não vai sair, dá passagem pra quem está no fundo e vai descer, mesmo que necessite sair momentaneamente do elevador.
5. papos particulares não interessam em absoluto aos demais e ainda causam desconforto pois é inevitável escutar. Dá pra esperar ficar sozinho com o seu amigo, ou descer do elevador, pra continuar o assunto?
6. precisa pôr a mão no espelho do elevador?
7. e agora um bem polemico: voce tem cachorro ou outro animal? se vai entrar no elevador e já tiver gente dentro, pergunta se a pessoa se incomoda com a presença do animal, em caso positivo, espera o elevador passar vazio, porque a preferencia é de quem já estava dentro. Mesmo o bicho sendo manso , da família, o seu melhor amigo e tals, os outros não são obrigados a ficar fechados em um cubículo com ele;por outro lado, se voce já estava dentro do elevador e a pessoa quiser entrar, a preferencia é sua. mas não custa "imobilizar" o animal né?

Greice disse...

Sem contar que papo de elevador ninguém merece!Chega a ser constrangedor, por isso ando só de escada, pego o elevador só para subir, moro no 6º, e se tem alguém pra entrar junto, subo de escada. Não arrisco! E quanto a senhora mau educada, sabe que ando percebendo que os mais velhos exigem respeito e tal, mas não respeitam ninguém. Exigem tanto respeito que perderam a noção da boa educação.
bjas

Elise Machado disse...

Concordo com todas as regras da Selena.
E eu tenho os caninos - eu nem pergunto se a pessoa se incomoda: eu digo que vou no próximo, se tiver gente dentro.
Só se a pessoa espontaneamente disser: "pode vir, eu não ligo" ou coisa assim é que entro com os caninos no elevador.

aime disse...

SELENAAAAA, concordo contigooo, assim como a Elise eu tenho cachorros... Qd morava em predio nao entrava com eles nem se a pessoa dissesse q nao se incomoda, como tneho uma cachorra da altura de um pastor alemao q de vez em qd cisma de latir... ENtoa nao arrisco... NAO entro...

Greice, eu pensei que so eu estava reparando na falta de educação dos idosos daqui... Achei q era so uma questao do predio que eu morava, ou q era especialmente comigo, eu ADORAVA idosos, nos ultimos 2,5 anos eu passei a ter uma birra tao profunda deles que agora evito, nao adianta velho so é bom qd pe vô e vó e NAO mora com a gnt... INfelizmente cheguei a essa conclusao.
Uma vez discuti com a minha sogra e ela flou q eu tinha que respeitar ela pq ela era mais velha, minha resposta?: Nao me importa sua idade o respeito tem que ser reciproco, vc me respeita eu te respeito!!!

alessandra disse...

Odeio gente atendendo o celular no elevador!!!! vc é obrigado a ouvir td o papo e já reparou que eles falam gritando??? NotionLess!