segunda-feira, 4 de agosto de 2008

PEARLS ARE A GIRL'S BEST FRIEND

Pra mim tudo começou com ela: Coco Chanel, a dama, a inspiração.

O que nem todo mundo sabe é que Chanel foi mais do que meramente uma estilista. Em meados da década de 20, o mundo estava às voltas com o movimento sufragista, e Chanel revolucionou a moda feminina (e o modo de pensar feminino tb, por que não?) livrando as mulheres de roupas caras (que o pós-guerra não permitia), com espartilhos e anáguas, popularizando tecidos considerados na época menos nobres, invadindo o armário masculino (e liberando o uso de calças de alfaiataria e camisas pras mulheres) e fazendo moda literalmente com o que havia disponível à mão.

Diamantes reinavam até então, e com uma grande sacada Coco popularizou as pérolas, permitindo que as mulheres usassem jóias, mas jóias mais acessíveis.

Mais tarde outro ícone de estilo, Audrey Hepburn, também fez uso do colar, virando referência.

O brilho discreto das pérolas encantava a bonequinha de luxo, que marcou o uso das pérolas com o estilo "básico e chique".

Uma reviravolta na estória das pérolas foi nos anos 80, quando a nossa cinquentona Madonna resolveu misturá-las pra criar esse estilo rocker-over, que foi usado por meninas no mundo todo.

E mudou o modo de vestir de uma geração (acredite, eu vivi nela)

E agora temos Sarah J.P. Não, eu não a coloquei aqui querendo compará-la com as outras divas ícones.

Longe de mim. Mas acho que devemos à ela o retorno triunfal das pérolas ao cenário fashion.

Para algumas nem foi retorno, pois nunca deixaram de usá-las.
O colar fino e comprido usado por ela está virando marca registrada.

Mas o que eu estou realmente gostando nessa estória toda é a desglamourização da jóia.

Quando ela apareceu no filme usando o colar com camisete e calcinha, insinuando que ía dormir com ele, pra mim foi como um soco na boca do estômago!

Uma porrada boa, entenda! Foi quase como Marilyn dizendo que só dormia usando Chanel nr. 5!

Foi um passe livre, um sinal verde de que o acessório pode ser mais cotidiano e.... EU AMEI!

Por isso, é até bacana o jeito "normal' de se usar pérolas (com o clássico LBD - little black dress-).

Mas mais do que nunca estou querendo usá-lo de formas anti-convencionais.

E não o de muitas voltas que tenho. Esse ainda é too much classic pro dia-a-dia.

Estou querendo usar o comprido, displicente.

E sabe como?
Com camisetas, lisas ou irreverentes, e tecidos menos nobres.

Acho que Chanel aprovaria....

2 comentários:

Renata R. disse...

Amiga, eu PRECISO de um comprido desse de pérolas. Cadê as lojas que não vendem? Esse povo não sabe ganhar dinheiro... Ah, seu eu fosse dona de loja feminina! rs

May disse...

por isso que eu vendo, eu faço, e eu uso!!!
amooooooooooo!

beijos!