quarta-feira, 30 de setembro de 2009

SOBRE AMOR, AMIZADE, PERDAS E GANHOS...

Papo sério.
Eu vivo falando da "comadre Dani", pra lá e para cá aqui no blog, mas quem não acompanha desde o começo talvez não saiba a nossa história.

Eu e a Dani somos amigas desde a quarta série (há um milhão de anos, rsrs) . Fizemos faculdade juntas. Ela começou a namorar o Léo, marido dela, no meu casamento. Ela é madrinha da Aimée. Ela não é minha amiga, ELA É MINHA IRMÃ. Ela sabe todos os meus defeitos, e me perdoa. Eu sei todos os dela, e a amo. A gente até pode se estressar e brigar, mas nada, nunca, ficou entre nós.

Outro dia eu faço um post falando sobre a gente, e como a gente se entende e se ama. Mas hoje o assunto é outro.


Acontece que a vida andou nos dando uns "limões". Digo nós, porque o que a afeta me afeta profundamente.

A Dani é uma ótima madrinha, ela é realmente uma pessoa maternal. Tão cuidadosa que a gente implica chamando ela de "mãe do Nemo", rsrs. E ela sempre, sempre quis ter filhos.
Há anos ela vem tentando.

Foram 3 gravidezes (gravidez tem plural???), e três perdas. Uma diferente e pior do que a outra. Numa delas, uma tubária quase fez a minha comadre passar dessa pra melhor.

Ela foi investigar, procurou geneticista, especialistas e há pouco tempo, a bomba - ELA NÃO PODE TER FILHOS.

Bom, ela pode. Com alguma intervenção divina e milhares de reais, porque as chances são realmente baixas.


O que a gente faz numa situação dessas???

Se eu sofri, imagina ela. Imagina o que passa na cabeça da pessoa??

Ficamos baratinadas (de novo eu usando o plural. Mas é como se eu fosse a "marida" dela, rsrs). O gosto do limão ficou amargo demais. Pesado demais. Triste demais.
Raiva, sabe? Da injustiça, da vida, de tudo.
Foi uma angústia que vocês não podem imaginar.

Só que agora o limão está virando uma limonada....

Eu estou contando esse aspecto tão íntimo da minha (nossa) vida, por um motivo - ela fez um post desabafando sobre o assunto, e contando o que aconteceu com ela. E que pode acontecer com qualquer pessoa.

E como ela resolveu contornar o problema. E eu acho importante que o máximo de pessoas possível leia a história, e saiba como ela vai acabar.

E como agora nós vamos passar para a próxima etapa. E quem tiver histórias que possam ajudar e compartilhar, por favor, nos envie!

O link do blog dela é COISITAS DA DANI.

PS: viu, comadre? Você sabe que eu me odeio nessas fotos, mas coloquei mesmo assim pra mostrar a gente... isso que é amor, hein? ;) rsrs

10 comentários:

Anônimo disse...

Oi Elise!! Passei rapidinho por aqui, pois hoje estou meio atrapalhada! hehe
Mas, como sempre encontro um post bacana, e não importa qual seja o assunto tratado, sempre tiro alguma coisa muito boa pra mim! Obrigada,viu! E feliz dia do tradutor,guria!!
Quanto a Dani, eu realmente desejo que tudo se ajeite pra ela, que pelo que tu fala dá pra ver que é uma pessoa muito bacana mesmo! Tô torcendo para que a limonada dela resulte num suco bem doce como o sorriso que ela tem!
E quanto as tuas fotos, te achei realmente bonita! Tu és um mulher bonita, então não tem de maneira nenhuma ficar encucando com a aparência,poxa! Deixa disso!A Memé também é uma graça de guria, e tem a quem puxar!!
Linda, uma ótima tarde pra ti,fica na paz!
ótimo blog!!
ótimo seriado de uma ótima escritora!
Beijusss!!
Cris Gayer

Dani Claudino disse...

Embaragada

Freda disse...

Adorei o post!!! Tbem tenho medo de descobrir que nao posso ter filhos, não sei pq, mas sempre tive esse medo, às vezes é tão insusto pensar que pessoas que nao tem dinheiro nem estabilidade saem tendo filho adoiado, e pessoas com tdas as condições não conseguem.
Adoro amizades assim, tenho uma amiga que conheço desde os 4 anos e estamos juntas até hj, 25 anos depois!!
bjosss
Fre
www.vidapassadaalimpo.blogger.com.br

Paulinha Robles disse...

E eu sempre descobrindo as coisas por aqui ¬¬

de qualquer forma, parabééééns pelo seu dia Dona Tradutora :) !!!!!

E a próxima etapa, estamos todos juntos e torcendo muitooo !!!


beeijãããão

Clarisse disse...

Oi Elise, deixei um recadinho pra Dani no blog dela, estou torcendo pra que dê tudo certo.

Mas agora, uma fofoquinha, o tempo não passa pra vc hein? E a Dani como é linda, parece a Cláudia Abreu!

Beijos pra vcs 2

Elise Machado disse...

Chéries, obrigada pela força!!
Eu sempre posso contar com vcs...

Antes que a minha mãe tenha um ataque, deixa eu esclarecer - eu não fumo charuto não! rsrsr A primeira foto foi a comemoração da segunda gravidez da Dani.

E na última, aquela minha cara de cansada é pq festinha em casa ninguém merece, né? rsrs

Cris e Clarice... adorei os elogios... mas vcs não valem, pq gostam de mim! Iam achar minha aparência boa mesmo se eu fosse desdentada, rsrsr ;)
Tou brincando.

Obrigada tb a todos que deixaram comments no blog da comadre.

E QUE VENHA O FILHO - menino, menina, branco, preto, marciano... como for. Será muito amado.

Vanessa disse...

Tão bom amizade assim né?
Vou lá ler o blog dela!
beijos!

Ana T disse...

Tenho uma amiga-irmã assim, desde os 4 anos, só que ela mora aí, e eu aqui... tão longe... mas a sintonia é tanta... me vi na situação de vcs...
Sorte e mto amor pra Família toda daí!

Silvia Maria disse...

deixei um recadinho para a Dani. Esqueci de falar: minha vizinha adotou um menino, na Bahia. Longe, mas foi mais rápido que aqui... tudo dentro da lei, direitinho.
Bjks

Jussara disse...

Que bom que a Dani fez dos limões uma limonada e que maravilha ela ter uma amiga como vc, que está aí pro que der e vier, pronta pra dar todo o suporte necessário. Amizades assim hj são raras.
Mas Elise, se vc não se gosta nessas fotos e está linda, imagina nas fotos em que vc acha que saiu bem, hein?! ;)