segunda-feira, 20 de setembro de 2010

NA OFICINA


Tou tão acostumada a ser mal atendida nos lugares, que quando sou bem atendida tenho até vontade de falar sobre!

Dei um pulo na concessionária Rennes, da Peugeot, aqui ao lado de casa para buscar uma peça que havia encomendado pro carro.
Besteira - um sensor para a luz de freio.

Eu tenho má vontade com oficinas mecânicas e concessionárias - acho que é um ambiente meio infeliz para mulheres. Mesmo curtindo e tendo interesse em carros, sempre sou tratada como se tivesse morte cerebral!
Sou frequentemente ignorada, lidada com frieza, sem a menor paciência, e nunca me explicam direito as coisas (como se eu fosse fazer cara de tonta para palavras simples como "transmissão" ou coisa assim). Isso sem falar o tanto que tentam me enrolar.
Enfim.
Machistas, esses mecânicos?! rs

E não é só em oficina - em concessionária é meio igual, principalmente no setor de peças e mecânica - mulher só tem vez no salão de vendas, se é que você me entende!
Então lá fui eu - preparada pra perder tempo e saco.

E mordi a língua.
Fui tratada maravilhosamente bem!

No momento em que entrei no setor de peças, fui abordada por 3 caras em menos de 5 minutos, todos gentis e sorridentes, perguntando se poderiam ajudar, se eu queria um café, e perguntando qual peça tinha ido buscar. E passaram mais do que um "rádio" pro cara responsável, para que ele viesse logo resolver.
Ele pegou rápido minha peça (que estava separada e não perdida entre milhares de outras coisas) e com boa vontade me explicou como funcionava, e que agora ela vinha com um componente novo, e blábláblá.
Ainda me perguntou qual era o mecânico que tinha encomendado, e quando eu disse qual era a oficina (conhecida deles), se ofereceu pra ligar pra lá e dar uma palavra com o cara, passar especificações e tals. Enquanto isso, um outro ia adiantando minha nota fiscal no balcão de pagamentos.

Fiquei boba!
Peugeot Rennes do Recreio mega bem recomendada.
E eu feliz, achando que ainda existe salvação pra raça masculina ;)

8 comentários:

Hellen Tavares disse...

E o pior é que é assim mesmO! Que bom que vc encontrou um lugar bacana!!

Beijos
Hellen

http://bonitete.blogspot.com/

Mirella Perroni disse...

Sei do q vc está falando! Uma vez, na Fiat, tive q botar o pau na mesa pra nego me respeitar (bando de cuzão - e pra piorar pra eles eu estava certa sobre o problema do carro). Mas e com pedreiro? Qdo fiz reforma no meu apê o mestre de obras (grrr) só perguntava pelo meu pai (moro sozinha e a reforma era MINHA na MINHA casa) e dizia q eu era detalhista demais pq era mulher e q meu pai entenderia melhor do q ele falava (isso pq eu fiz ele pintar 3 vezes uma parede branca q ele manchou todas as 2 anteriores)!

Anônimo disse...

Elise, quase nunca comento, mas agora não pude evitar! Aproveita e recomenda a oficina! Também uma raridade encontrar um lugar de confiança para arrumar o carro. E eu, que moro perto de você, acabo me despencando para Benfica! Pode?!
Bjs,
Dani

Hellen disse...

Rsrsrsrsrsrsrsrs, adoro essa expressão "tive que botar o pau na mesa". Meu irmão fala muito e todas as vezes morro de rir...

Ariane disse...

E num é que você tocou num assunto que todas as mulheres devem odiar!!!
Quando fui comprar minha moto os vendedores nem olhavam pra mim, e quando me atenderam só mostravam biz! E eu disse que não queria... como eles eram insistentes tive que dizer com todas as letras que odeio biz, acho feia, que eu trabalho em outra cidade e pegar pista com um treco desses é impossível! Só assim!
E mesmo assim o atendimento num foi dos melhores! PODE?!
Mas o pior é que como a moto precisa trocar o óleo de 1.000 em 1.000 eu tenho que ir na concessionário toda semana!

Anônimo disse...

Elise,
Sabe uma empresa que não tá nem aí pros consumidores? a Tramontina! pra começo de conversa não tem 0800, vc tem q pagar a ligação e por e-mail, desista vc não terá resposta. Comprei uma faca que ñ tinha corte, a 1ª vez a moça me respondeu o e-mail, pedindo q enviasse a faca, respondeu dizendo q havia recebido e tomaria providências. Resultado, nunca mais me respondeu e a fábrica, essa é que não tá nem aí. Só compro dessa marca se não encontrar um produto melhor. Se vc conhecer uma marca boa para talheres, principalmente facas q cortam de verdade, aceito sugestão.

Bjo

Gil

Renata Mel disse...

O pessoal da Peugeot Rennes é super bacana mesmo! Sempre que preciso de alguma peça eu compro com eles. Mesmo agora, depois de ter me mudado prefiro comprar ai no Rio, no Recreio com eles do que aqui na Peugeot de Volta Redonda... Já aconteceu até de eu ligar, saber que havia a peça, dizer que estaria no Rio no fim de semana e eles guardarem na maior boa vontade. Mais uma estrelinha para a Peugeot Rennes do Recreio, pois eles merecem!

Jussara disse...

Infelizmente é verdade esse mau atendimento nas concessionárias com as mulheres. Concessionária, oficina, loja de peças... que bom que essa é diferente, tem mais é que divulgar mesmo.
Agora a Mirella tb falou algo certo: os temidos pedreiros. Eles tb têm essa tendência a não respeitar a mulher, a achar que somos "detalhistas" e não que eles é que estão errados! Pra piorar eles não entendem o que a gente quer. A gente fala A e eles entendem Z. Difícil, lidar com pedreiro dá assunto pra outro post.