segunda-feira, 9 de maio de 2011

O COMPORTAMENTO ANAL-RETENTIVO NACIONALISTA


Deixa eu explicar.
Comportamento anal-retentitvo =  "cheio de merdinha", rsrsrsr
É aquela  pessoa que adoooora controlar as coisas (opa, eu sou controladora, mas não assim), só que o que ela controla na verdade não é nada importrante, é merda. Ou seja, babaquice, nada importante.
Uma pessoa anal-retentiva nacionalista, é um chato nacionalista que adora controlar bobice.

Ser nacionalista já é das coisas mais babacas que existem - seja de que cultura for. Porque nacionalismo é o 'bairrismo' em dimensão maior.
E nada pior do que bairrismo - gostar de algo por uma questão de regionalismo.

E antes que alguém grite - ser anglófilo não é nacionalismo estrangeiro; não tem nada a ver, ok?
É admirar a cultura proveniente de uma língua específica.
Mas não é ser otário e achar tudo que eles fazem bom.

Aí a pessoa vai ver "Velozes e Furiosos 5", sabendo que se passa no Rio. Sabendo que é ficção. Sabendo que é cinema, fantasia, que vai ter mentirada, que vai usar a liberdade criativa .... E FICA RECLAMANDO DO JEITO QUE NEGO RETRATA A CIDADE.

Na boa, não precisa gostar do filme - mas por esse motivo, não entendo.
Pra que foi ver então?
Só pra poder criticar?????
É a mesma coisa - nego vai assistir a animação "Rio" com a maior atenção e se vangloria de "pegar" os erros descritivos da cidade.
Que comportamentozinho mais... olha, vai arrumar uma louça pra lavar, viu?!

Essas são as pessoas que vão ver uma adaptação de livro pro cinema e reclamam de cada besteirinha diferente, sem levar em consideração que são meios diferentes, e que talvez o detalhezinho não fosse importante pro todo, ou que a mudança era necessária pra se adaptar ao formato!

"Mas tem uma hora que aparece não sei o quê, que não existe no Rio"
E... daí?

É filme, não documentário, porra!

E você, nacionalista babaca, que adoooora preservar a imagem de sua cidade/país, acha que sabe a realidade dos outros países, por causa dos filmes?
Nego inventa com a realidade  de tooooodos os países, inclusive com o deles!
Quer ver?
Veja aqui as 6 coisas que você, idiota, acha que sabe sobre os países, e que são invenções de filmes.

Esquecendo os nacionalistas, minha impressão do filme: eu adorei!
É  ação o tempo todo, é engraçado, a parte do Rio é legal até (e justamente) nos erros grotescos, os carros são fodas...
E tem Vin Diesel.
E  tem The Rock.
E eu, apaixonada pelos dois trogloditas, me esbaldei!

Você pode avaliar sempre tudo racionalmente.
Ou pode simplesmente escolher se divertir.

Eu quero sempre me divertir.

14 comentários:

Patrícia Nunes disse...

não é o mesmo assunto, mas acabei me lembrando:
estava no mercado e 2 homens comprando vegetais e um deles disse (no jeito peão de falar, sem preconceito...apenas para ilustrar: - essas procarias cheias de agrotóxicos, vai deixar a gente tudo doente.

eu pensei comigo: o cara nem sabe oq está falando, ouve alguém falar algo e repete sem nem conhecer do assunto, sem saber a real importância dos agrotóxicos e transgênicos

(como Técnica em Nutrição...eu poderia escrever vários argumentos sobre isso aqui, mas não é o caso)

Maela disse...

Estou soltando meu esfíncter e andando para estas pessoas.

É o mesmo que assistir Turistas e fazer um discurso sobre o politicamente correto.

Fica em casa gente chata!

Anônimo disse...

Concordo totalmente

Fui ver Rio e tinha um babaca reclamando do filme. É difícil entender que é um desenho, uma animação? E depois, o diretor do filme tem o direito de se expressar da maneira que achar melhor. Ninguém tem nada a ver com isso, a pessoa pode até não gostar, mas não criticar esses detalhes.

Ou todo mundo acha que a África é só o que aparece no Rei Leão?

Bjs

Bia disse...

Ai Elise, só vc viu...comecei a ler o post e fiquei puta da vida, discordando de tudo que vc escreveu. Do meio em diante, concordo plenamente!
Mas o que me tira do sério é quem fala coisas do tipo "só no Brasil pra ter um negócio desses". Me dá vontade de gritar loucamente e perguntar ahhhhhh, vc descobriu isso naquele estudo sociopoliticoantropológico que vc fez estudando TODOS os países do mundo, né???
Nossa, fico nervosa só de escrever! rs
Adoro as polêmicas que vc levanta!
Bejos!

Anônimo disse...

Concordo com a Bia, isso de "só no Brasil pra ter isso" me irrita muito, há também a variação "só em *insira aqui um estado brasileiro* se vê isso". Como se a pessoa conhecesse todos os países/estados. Mas há casos e casos, muitas vezes a pessoa fala em tom de brincadeira, né?
E confesso que fico incomodada com as retratações absurdas do Brasil que os gringos fazem - não falo desse filme em especial porque não vi nem pretendo ver - não pelo "erro" em si, mas porque fico incomodada com a imagem que os estrangeiros têm/vão ter do país. Só isso. Não gosto que pensem que aqui só tem prostituta, como pensam em vários lugares - mulher sozinha pra conseguir alugar ap na Espanha, por exemplo, é missão quase impossível. E tem coisas que reforçam esse preconceito, não gosto.

ni

♥ ♫ ♥ ♪ ♥ disse...

Oi Elise .. fui ver o filme e AMEI !
tenho que confessar que prestei bastante atenção nos detalhes "fake" que mostraram sobre a nossa cidade, mas no geralzão gostei sim !
e recomendo,
lebrando tb que é um dos poucos filmes de sequencia que seguem dando certo.
Que venha Velozes e Furiosos 6, Vin Diesel é sempre bem vindo !
kkkkkk
bjs !!

Silvia Maria disse...

Hahaha. Meu filho vi Rio e achou o filme preconceituoso... Eu achei fofo. Ele fez outra leitura... =/ (eu pari, eu eduquei... mas de onde ele tira essas leituras?)
Hoje ele vai ver Velozes... ele ama! Viu todos, tem todos, passa e ele vê. Como se fosse a primeira vez. Vai entender...
Não curto o estilo do filme, mas agora... pelo Vin Diesel, eu vejo 0 1,2,3,4,5,6,7.... 100... kkkkk

Nane Cabral disse...

Olá Elise, kkkkk... adorei o post! figura vc, rs... sempre tem um para reclamar de tudo, infelizmente. Beijinhos, Nane www.vovoqueensinou.blogspot.com ah, tem sorteio Sazón no blog!!

Anônimo disse...

Vc então é uma grande idiota nacionalista, pq vive alegando que tudo dos EUA é melhor do que o que tem no Brasil...

Elise Machado disse...

Hohoho, temos um nacionalista na casa!! rsrsr
Ficou chateadinho pq eu mostrei exatamente o que você acha, baby?? rs
É por isso que postou como anônimo? Ficou com medinho de dar a cara a tapa, porque no fundo sabe que é burrinho, foi?? hahahah

Vai aprender interpretação de texto, pra parar de dizer que eu disse o que não disse, honey, e depois a gente conversa....
Quem sabe sair um pouco da internet e ir estudar... é válido, viu?! ;) hahahaha

Sade disse...

Acho que há filmes e filmes!

O cinema é entretenimento? Ou cinema também é trabalho crítico?

Particularmente, assisto um filme sem pretensão e tenho o direito de não gostar tb!

Mas acho que tem gente que espera demais de certos filmes...alguns de fato são intelectuais e escrevem críticas bem fundamentadas.Infelizmente a maioria posa de Cult.rs

Gosto de ' curtindo a vida adoidado" e também gosto de " cinema paradiso". Temáticas diferentes...rs

Acho que tem momentos que o cara que assiste cinema não quer ficar analisando o filme criticamente...quer é distrair, rir, se emocionar....e ponto final.

Por isso digo, há filmes e filmes.Depende do que o cara quer.

Eu nem assisto filmes desse tipo porque não são os que me agradam...se bem que deve ser legal para tirar suas conclusões...

Abraços

Caco Branco disse...

Não assisi esse filme ainda... nem gosto de velozes e furiosos, mas sabe como é né... curiosidade pq tá todo mundo falando, juro que não vou criticar pq eu não conheço o Rio...hehehe bjoo

Ariane disse...

Lise, assisti Rio e Velozes e Furiosos!

São filmes com a finalidade de entreter e não de documentar! Eu amei os dois!!!!!

Claro que dei bastante risada com algumas coisas que apareceram ao longo do filme e que sabemos que é fake! Ri demais com aquelas mulheres só de lingerie contando dólares!

Mas eu fiquei até vesga com Vin e The Rock! aiiii delícia! kkkk

Aime Chiquini disse...

ODEIO essa porra de Nacionalismo escroto!!!
Sejamos realistas, em todos os filmes, ha exageros, modificações para encaixe (como vc disse) e interpretações erroneas ou não. Ou vao dizer que nunca ngm aki interpretou algo erroneamente!!!!!

Nem ligo se um americano pinta o rio de janeiro, sao paulo, ceara ou qualquer outro de outra forma.

O que me deixa fudida MESMO é os filmes metidos a semi-documentarios que os nossos autores nacinais produzem que só se exalta a favela e o bandido e o caralho a quatro.
Não se exalta o que é certo e devido como o Tropa de Elite faz, mostra o bandido e mostra a tentativa de correção.

Me deixa mais fudida ainda é ver nacionalista escroto falando que fulano nao sei de onde pensa mal do brasil e nem sequer cogita analisar como é que o brasileiro (em seu proprio territorio) se comporta perante um estrangeiro e o pior de tudo como é que o proprio brasileiro se comporta em seu dia a dia!!!!!! Poupe-me os nacionalistas de plantao. Mas quer criticar, entao faça algo válido e verdadeiro vai conscientizar a população sobre como eleger seus candidatos e exigir deles atitudes. Nao fica ai sentado no sofa engordando a bunda metendo o pau em filme. PQ o problema não é o filme. VOLTA pra REALIDADE. É onde mora o problema.
Não gosto da imagem que mts estrangeiros tem nossa... MAS o que o brasileiro acaba transpassando é isso. Pode não ser a realidade da maioria, mas nem sempre a opinião é formada em argumentos sólidos e sim em primeiras impressões. Assim como há preconceitos com outras nações há conosco. É a vida!