quarta-feira, 24 de outubro de 2007

SEM COMENTÁRIOS

Aimée chegou chorando da escola hoje, dizendo que o amiguinho evangélico dela disse que a Hello Kitty é coisa do diabo.

Nem vou fazer comentários. Não quero ofender ninguém.

Tadinha da minha filha. E que merda de mundo em que ela tá crescendo.

25 comentários:

Renata disse...

Nossa, não vou falar o que eu penso pelo mesmo motivo que você. Muito, muito triste e muito, muito revoltante!!!

Mari disse...

Descobri seu blog a pouco tempo e tenho lido sempre, super interessante, inteligente e bem-humorado.
Está de parabéns Elise!

Quanto ao comentário, eu faço por voce: Cambada de evangélicos idiotas e o pior que na sua grande maioria são ex: ex-viciados, ex-presidiários, ex-putas, ex-bandidos... rs

Beijocas

Elise disse...

Rê, tristeza e revolta, sabe?

Mari, nem te conheço e já te amo! hehe
Por favor, comente sempre, viu?

É claro que existe gente boa e gente ruim em todo tipo de lugar, e só em consideração às boas pessoas, e pelo fato deu respeitar a religião dos outros (embora ninguém me respeite, sabe?) é que eu tenho que me segurar. É uma pena que os bons paguem pelos malucos...

Mas...obrigada, deu um alívio...rsrsr

Andréa Ramos disse...

Nossa,que loucura!!!!
Mas estou com a Mari,ela está super correta.
A que ponto essa gente chega??Ensinar para os filhos tamanha idiotice.
Impressionante é que na sua maioria são mesmo os ex-tudo que não presta que vêm com essa historia de Diabo.Eu tenho uma pena desse tal Diabo,coitado,tudo que fazem de errado jogam em cima dele.Mais fácil passar pra frente suas culpas.
Conversa com ela Elise,não deixa a piquininha ficar assustada com essas bobagens,liga na escola e pede para a coordenadora conversar com essa mãe louca.
Olha só como eu sou bicho.kkk
Beijos

Adri disse...

É, eu concordo com a Mari... esses filhas-da-puta que ficam dando a grana deles pro Edir Macedo, uns frustrados sem noção, que acham que vão comprar o Paraíso. A gente tem que respeitar todas as crenças, mas esse tipo de fanatismo é um pouco demais. E a coitada da sua filhinha, na inocência dela, não entendendo porque falaram isso da Hello Kitty...
Fim da Picada...
Bjs

Andréa Ramos disse...

Elise,mudando de assunto rapidinho,vc disse que vai para a Disney ano que vem né??
Vc conhece esse site:www.viajandoparaorlando.com??
Se não,passe por lá,pq tem dicas preciosas para tornar sua viagem bem mais fácil.Eu usei no começo desse ano e foi muito útil.
Fica a dica.
Bjs

Andréa Ramos disse...

Elise,mudando de assunto rapidinho,vc disse que vai para a Disney ano que vem né??
Vc conhece esse site:www.viajandoparaorlando.com??
Se não,passe por lá,pq tem dicas preciosas para tornar sua viagem bem mais fácil.Eu usei no começo desse ano e foi muito útil.
Fica a dica.
Bjs

Elise disse...

Ôpa, valeu pela dica!!!

Fabiano disse...

Eu vou abrir uma história aqui. Uma história que eu nunca contei pra ninguém, pois eu não gosto de falar sobre a minha viagem para a california em 2002.

“Fabiano andava sozinho por uma longa e deserta rua de Los Angeles quando, de repente, Jesus Cristo apareceu na sua frente. Bem ali. Na longa e deserta rua. Em Los Angeles. Na frente do Fabiano.

Sem saber o que dizer, pois toda a sua empáfia ateísta havia acabado de ser destruída, Fabiano conseguiu apenas balbuciar uma pergunta: “Meu senhor, qual é o sentido da Vida?”

Então Jesus olhou para Fabiano e disse: “Allllllright! 'Ti Tuga digga tu Gi Friba fligugibu Uh Fligugigbu Uh Di Ei Friba Du Gi Fligu fligugigugi Flilibili Ah Bow Bow Bow Ooh Bow Bi Fligu wene mamamana Lucifer!”

E então Jesus saiu da sua caixa de papelão, que jazia na calçada da longa e deserta rua , de Los Angeles, tirou um rato morto do seu bolso e disse: “D’y’all want some o’ that? Tastes gudde with ketchup.”

Fabiano estupefato com a sabedoria das palavras de Jesus, nada disse. E foi nesse momento que ele decidiu ser uma boa hora pra voltar pro Brazil”

É tudo verdade. Juro por Deus.

Fabiano

Elise disse...

Fabi, seu chato! Tem sempre que fazer comments mais interessantes que os meus posts, hahahahaha...

Fabiano disse...

Acho que vou fazer um blog pra competir com vc... ehehe =)

Mil Retalhos disse...

Eu ja tinha escutado esse tipo de história, tem também a da Xuxa, você ja escutou??? Eu acho isso o fim da picada, se a gente for achar que a pessoa faz sucesso porque fez pacto com o diabo, estamos todos perdidos...

Na minha opinião, cada um deveria ficar na sua, afinal é com Deus que vamos prestar contas um dia, e não com os mortais daqui da terra. Eu , na minha família, faço questão que todos respeitem minha religião, que é somente DEUS e nenhuma igreja vai mudar isso, eu é que não dou dinheiro para pastor sem vergonha ficar gastando la nos estates......eu ajudo meu próximo e tenho cverteza que é isso que Ele quer...

Bjs

Helen disse...

De novo essa história da gatinha do capeta? Afe, que coisa mais aborrecida.

tenho preguiça existencial de discutir esse tipo de coisa, de como tudo que é sucesso é automaticamente coisa do Diabo. Acho até um pouco caso com Deus, já que pra ele sobram só as mazelas (afinal, não é tudo porque Deus quer?). A ignorância é uma coisa super cansativa. Vamos dar de ombrinhos pra ela.

Tadinha da sua Memée, que tem que conviver com esse tipo de coisa desde pequena. Por um lado é até bom, viu, Elise, vai construindo o senso crítico dela.

beijo!

gááábi disse...

eu acho q Deus é bom e faz o bem...mas religião, acho q isso não faz bem não...

religiosos são pessoas pouco amorosas...colocam meia dúzia no inferno, seja q religião for...

crianças deveriam ser isentas de ouvir essas coisas...

aff

bjo na loirinha!

Drica disse...

eu sou professora e há um tempo atras um aluno me veio com esta história, tive q me segurar para nao cair na gargalhada, que coisa mais estúpida...nem sabia o q dizer pra ele, pq se eu dissesse o q eu penso no outro dia a familia toda do guri iria direto na prefeitura pedir a minha expulsão e depois me queimariam em uma grande fogueira em frente a igreja mais próxima, hehehe! um absurdo, completamente alienante estas religioes!

Aline Tolotti. disse...

Adorei o blog e o espírito dele! Dei muita risada.
Está adicionadíssima ok?
Beijo grande da mais nova frequentadora assídua deste mundinho.

Cinthya Rachel disse...

como assim? nojinho! coitada de A. que teve que ouvir essas coisas.

Elise disse...

Gentem, é tão bom saber que eu não sou anormal por ficar inconformada com essas coisas... agradeço. A cabeça vai descansar melhor no travesseiro hoje.

É bom mesmo, porque já eu pensei tanta coisa condenável hoje, que se tivesse a tal fogueira que a Drica falou, eu ía ser a primeira a ser queimada. E o povo ía batendo palma!! rsrs

Aline, outra Aline pro grupo, que bom! Eu gostei demais do seu blog, e mais ainda das suas coisas! Cada bolsa de babar! Titia Elise vai providenciar compritchas assim que virar o mês...

Renata disse...

Se você soubesse a opinião que o meu marido deu quando eu contei pra ele o conteúdo desse post, teria a certeza que ele seria queimado antes que você! rs! Ficou muito revoltado!!!

Marcela Rabello disse...

Do diabo é esse "amiguinho" que falou isso né... Se a criança fala isso, você imagina a mãe dessa criatura!!!
Estamos perdidos!

Drica disse...

tenho uma coisa pra t dizer: hj qd fui comentar uns blogs e li o q vc tinha escrito quase morri rindo (duas vezes)e na segunda vez quase cuspi em cima do teclado todo o suco q estava tomando, hehe. teus comentários são como teus posts: OTIMOS! bjao!

Elise disse...

Drica, ótima é vc, gata!! Sempre de bom astral!!

Não sou eu quem escreve legal, é vc quem tem coração pra ouvir.
(e senso de humor pra entender, hehe)

Cris disse...

Eu sempre prometi para mim mesma não julgar nenhuma religião. Afinal, não quero ser julgada. Mas, como ser imparcial ao ler uma maluquice dessa? Sempre que vejo aquele monte de gente na rua, tocando as campainhas logo cedo, penso: "Por que essa turma não vai trabalhar em um asilo, ser voluntário em um hospital ao invés te torrar o saco da gente?". Diga para a sua filhinha que diabo está na mente desse bando de desocupados e nã na Hello Kitty!

Bjs

Elise disse...

Gente, Memée já foi devidmente doutrinada contra essas maluquices, depois de tudo.
Obrigada de novo pelo apoio.

E eu pensando que colocando ela em colégio católico me livrava de certas coisas...
Que nada, esse amiguinho era da condução!

Daniely Novo Kamaroff disse...

AHAHAHAHAHAHAH, ESSA É ÓTIMA....A GATINHA É COISA DO CAPETA...HAHAHHAAHAHAHAHAHA, Elise, tenho que ter uma conversa com minha amiguinha memê e dar uns conselhos para ela dizer para esses amiguinhos problemáticos...bjks