quinta-feira, 14 de maio de 2009

DELIVERY GUY X GORJETA

Com esse negócio de mudança, móveis novos e tals, a gente começa a receber um monte de encomenda em casa. Um dia é o armário. No outro é o montador do armário. O cara da entrega do fogão.. e por aí vai.

Minha mãe me liga (ela tb recebeu um armário parecido com o meu, da mesma loja, esses dias), e pergunta: "vem cá, você deu gorjeta pro cara?"

E eu nunca sei como agir nessa situação.

Eu fico puta da vida pelo seguinte: aquele é o trabalho do cara - entregar, montar o que seja.

Ele recebe por isso. Eu não quero ser obrigada a dar gorjeta cada vez que um deles vem na minha casa.

Acho que gorjeta tem de ser um AGRADO ESPONTÂNEO, que você tem vontade de fazer. O cara foi ultra educado, fez tudo direitinho. Te ajudou em alguma situação. Aí, ok, dou com o maior prazer (se tiver em casa tb, né?!).

Mas eu fico pra morrer com aqueles que pedem caixinha, que fazem cara feia quando vc não dá ou não tem. Que fazem as coisas de má vontade.

Peraí!!! Porra, nem sempre eu tenho dinheiro em casa. E se vc dá menos de 10 paus, eles fazem careta. Eu me sinto até coagida nessas situações!

(sem falar que NUNCA, NUNCA vêm uns caras jeitosinhos e simpáticos como esse daí da foto. São sempre uns desbeiçados, fedidos, que ficam olhando tudo na sua casa, credo!)

E vcs? COMO AGEM NESSA SITUAÇÃO? DÃO, NÃO DÃO? GOSTAM, ACHAM JUSTO? FALAÍ!

19 comentários:

Nathalia disse...

acho que depende, né?
pra mim, é como vc falou...

mas eu AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI não ter que pagar os 10% ao graçon. Não pago MESMO!
único lugar que pago, AS VEZES, é no outback pq todos são mto simpáticos...

Lica disse...

Não dou, sou totalmente contra! Ngm vem aqui no meu trabalho me dar gorgeta, faça eu um trabalho ótimo ou meia-boca.
Vc mesma ja disse, eles ganham pra isso, certo?

Monica Vieira disse...

Eu penso o seguinte: o cara tem obrigação de fazer um bom serviço e a gorjeta é o reconhecimento disso, independente do valor.

Ele já chega na minha casa com o salário garantido e eu, se assim desejar, dou-lhe um "agrado" por ele ter sido profissional e cuidadoso com a minha aquisição. Não tenho obrigação de complementar seu ordenado.

Para mim é simples assim. E não é só com relação aos entregadores, não. Também vale para manicures, cabeleireiros etc.

Já reparou como as pessoas dão gorjetas às manicures? Dobram a nota em três e passam escondido para elas, como se fosse drogras! rsrsrs Isso é constrangedor...

Canguinha? Não era. Me tornei. rsrsrs

Beijo,
Monica

Laura disse...

É como você falou, só se o cara merecer. Já dei gorjeta quando tinha dinheiro e vi que o serviço do cara foi bem feito e muuuuito trabalhoso.
Mas tem uns que nem pedindo eu dou. Uma vez um cara de uma loja ajudou a colocar o microondas no carro pq eu estava com uma tia deficiente, que estava na cadeira de rodas. Vc acredita que o cara veio pedir "o do guaraná"??? Eu olhei pra cara dele e nem respondi de tanta raiva. É cada um...

Beijos,
Laura

Dani Claudino disse...

Eu não dou! Nem pra entregador e nem pra manicure. Porra, pago pro cara entregar. Pq vou dar gorjeta??? No way. Não é canguice não. É que achoq eu não tem nada a ver o cu com as calças. Manicure eu tb não dou. Pô, tô pagando sei lá quanto pra fazer a minha unha. Pq tenho que dar um extra pra ela? Na boua, acho que não faz o MENOR sentido. Já garçom eu acho mais complicado...acabo dando na maioria das vezes. Sem sentido, né?!

Titi disse...

Já faz algum tempo que aboli totalmente a "gorjeta"para qualquer tipo de serviço.
Quando vc trata ou contrata um serviço entendo que no orçamento está tudo incluído, material,custo e mão de obra.
Manicure,montador de armário, eletricista, bombeiro....
Abro uma exceção somente para os entregadores da padaria e do sacolão( que são independentes) onde eu faço compras, pois eles estão alí contando com isso.
E só.
Bjcas.

Gábi (desaia) disse...

Eu reforço tudo que a Dani falou e ainda digo: acho um ABSURDO. O meu trabalho é mais formal, de escritório...mas foda-se...eu não tenho gorjeta, porq eu vou dar?

Para ninguém! No way! Mesmo! Pago pelo serviço, se fizer bem feito, q bom...vou indicar pra alguém.

bjs

Ice Ice Baby disse...

eu não sei dar gorjeta, mas estou aprendendo...

Nai Romero disse...

Elise, super concordo!

Não tem o porque dar gorjeta, afinal, ele está trabalhando como todo mundo e por isso recebe um salário; imagina se você vai entregar uma tradução e pede gorjeta? Ou se eu, quando começar a dar aulas, encontrar os pais na reunião e pedir gorjetas... Ninguém vai dar, né.

Acho que esse pessoal, que faz entregas e tal, super se aproveita da situação.
Odiavaaa quando fazia excursões com a escola e depois passava alguém com um saquinho recolhendo gorjeta dos alunos... Opa! Espera aí, né.

Por outro lado, acho que você até pode dar quando o sujeito é muito prestativo e tudo mais, mas isso também acaba sendo um caso para lá de particular.

Bjs =*

Jussara disse...

Eu não dou gorjeta, nunca dei. Eles são pagos mesmo pra isso, só fazem isso, é o trabalho deles. Quando a loja vende o produto já está implícito que não será cobrado, pra que vou dar gorjeta? E é como vc falou: geralmente são fedidos, grossos, etc. O máximo que a gente faz é oferecer um lanche e um suco, quando o serviço foi trabalhoso (e bem feito). Passar bem. Fiquei besta com o valor: menos de dez reais fazem careta? uma "gorjeta" assim eu tb queria. Aqui onde eu moro não é praxe dar gorjeta pra serviços assim, então nunca vi nenhum deles pedir. Ainda bem.

Alexsandra Moreira disse...

Eu acho que a gorjeta é válida quando o cara faz algo que não está no escopo do serviço dele. Ajudar a remover algo do lugar, carregar algum objeto...e por ai vai.

bj

Carol disse...

Não dou. Meu ditado é "se ninguém me ajuda, se ninguém me dada gorjeta eu tb não dou para os outros". Esse é o TRABALHO dele, e fazer tudo direito, com boa vontade É OBRIGAÇÃO DELE.

No meu trabalho eu não ganho gorjeta de ninguém porque fiz tudo certinho e no prazo!

Isso é cara de pau desse povo.

Cinthya Rachel disse...

parei de dar gorjeta! Toda semana era gente aqui! mas nem é por isso, mas sim pq depois q eles iam embora eu percebia que o serviço nao estava tao bem feito assim, o armario arranhado, o aquecedor amassado e coisas do tipo. Agora so dou se o serviço tiver sido muuuuuuuuito bem feito.

Anônimo disse...

Eu concordo com vc, o cara faz o trabalho dele e ja esta recebendo por isso. Eu so dou gorjeta se ele fizer uma coisa alem do que ele deveria. Por exemplo, o cara que empacota as coisas no supermercado: tem uns que empacotam as coisas e vao embora. Outros levam tudo ate o carro, colocam no porta mala bem bonitinho (principalemten de noite, quando o estacionamento ta meio esquisito pra uma mulher sozinha), pra estes eu dou um trocado. Mas tipo 2 reais no maximo, eu digo que eh "pra um cafezinho". Garçon eu sempre dou se eu for bem atendida. Uma coisa que MORRO de vergonha sao aqueles que levam tua mala de hotel!! Nao sei se eh por causa dos filmes (eles ficam parados esperando vc dar gorjeta), mas sempre fico no desespero do que fazer. Ja dei meio forçada, mas me prometi que nao vou dar mais nao. Beijos! Lanny

Elise disse...

Chéries, que bom!
Estou me sentindo menos estranha... sempre fico sem saber o que fazer quando sou "imprensada" pra dar caixinha....
Beijas.

Déia disse...

Eu não dou gorjeta, nem no salão, nem para manobrista de restaurante, nem para entregador/montador. Acho um saco ter que pagar novamente por um serviço que vc já pagou...

Bj
Déia

Camila disse...

Para montadores de móveis, só se realmenteee o cara fizer por merecer, for cuidadoso e trabalhar direito (e tb se a aparência for jeitosinha como a da foto hahahah to brincando, feios tb merecem gorjeta). Acho o cúmulo o carinha que monta uma mesinha em 10 min e vem pedir a "cervejinha".

Agora, em relação a manicures, depiladoras, cabeleireiras etc, eu dou sim. Confesso que não dava, até há algum tempo atrás, mas acabei percebendo que dando a gorjeta, acabo conseguindo chegar lá a hora que for, e sempre conseguir encaixar um horariozinho, sem estresse, sou muuuito mais bem tratada, o serviço acaba sendo melhor... Até não acho certo que a coisa funcione dessa maneira, eles deviam tratar todos igualmente, mas como não estamos em Pasárgada, temos que aprender a jogar né? Mas só dou gorjeta no salão que frequento normalmente, quando tenho alguma emergência e vou ao salão do shopping, me recuso a dar qq gorjeta - o preço que eles cobram já é deveras extorsivo :p

Nice disse...

Eu não dou,mas meu marido gosta de dar gorjeta.Sem falar que aqui o povo não é muito simpatico, ou seja, não merecem. Eu fico imaginando meu marido ai...vai gastar horrores em gorjeta rsrs

Luciana Leal disse...

Pior é na manicure....já não é um negócio baratíssimo, e ainda tem a gorgeta...