quarta-feira, 27 de outubro de 2010

"DOUUUUZE"


"- Meu irmão levou DOUUUUUZE tiros...(!)"

"- Ô, dotô, fiquei DOUUUUUUZE horas nessa fila do hospital..."

"- Mas eu liguei pra fulano DOUUUUUZE vezes!"

DOZE.
DO-ZE.
Sem "U".
Por que as pessoas cismam em encher a boca pra falar, enfatizando, essa porra de u que não existe???

Fica a dica.

(percebam irritação aleatória e fora de lugar em Grau 5 na pessoa aqui)

27 comentários:

Anônimo disse...

Não se irrite Elise, são os regionalismos...
Agora, numericamente falando eu também me estresso com gente que fala "deiz", porque aí é erro mesmo!

Beijas.

Bianca.

Clarisse disse...

Hahhahahha!!! Elise, fica com raiva de mim não, mas vou te contar que doUze é coisa de carioca, faz parte do sotaque!!!

Conte comigo: um, doix, trêix, quatro, ciinco, seix, sete, oito, nove, deix, ounze e douze!!! kkkkk

Ah, carioca fala adoUro tbm, já reparou? Do "adouro" eu gosto, acho engraçadinho, rsrsrrs!

Beijos!!!

Ice disse...

eu falo doze.
;-)

Maela disse...

Sem bairrismos, isso é coisa de cariocas, aqui em Sampa não se fala douze não...... nem arroIxxxx ( ta agroa foi zoando mesmo )

Elise Machado disse...

Sério que é coisa só de carioca??
Tou arrasada, rs.

E eu que gostava tanto do nosso sotaque....

Maela, que diabos é "arrolx"???? hahahah

Gabriela disse...

hahaha! Isso me irrita muito também, mas aqui em porto alegre ningúem fala assim, viu. Tô achando que é coisa de carioca mesmo!

Outra coisa que eu acho profundamente irritante é quem fala "Cuatorze", ou sei lá como se escreveria isso! Gente, é CATORZE! Sem U pelarmodedeus!

Maela disse...

é o que se come com o feijaummmmmm

Alexsandra Moreira disse...

hahahah, me irrita demais...

E "rezistro"? Aqui em Salvador ouço mt.

bjs

Elise Machado disse...

HAHAHAHAHA.
Ok, que merda - eu falo arroixxxx!!

Pô, mas meu sotaque nem é tão carioquês...

Os carioquês brabos são os funkeiros e... o Evandro Mesquita, HAHAHAHA.
O resto, pelo menos aqui na capital, não é tão terrível!

Chris Vasques disse...

hahaha... sempre me fiz a mesma pergunta, Elise!!
Sou paulista e o que mais me irritava durante os quatro anos que morei no Rio era, justamente, o tal do douuuze.
Acho que é coisa só de carioca mesmo, viu!
Bjs

Michelle disse...

Coisa de carioca! Sem bairrismo, hein. rsrsrsrsrs
Paulista fala doze mesmo!

Maela disse...

KKKK amei Evandro Mesquita!
Para vc rir um pouco :
Para distinguir um falante do dialeto carioquês, peça para que ele gentilmente pronuncie a palavra biscoito. Se falar "bixcoitu", é um típico falante do carioquês. Uma alternativa é a palavra "esperto", onde podemos notar dois acidentes típicos do carioquês. A pronúncia seria ishpeihrhrhrtu, e pode chegar a demorar até 2 segundos para que a palavra seja dita.

Frase original: Você realmente deu carona para um travestí?

Frase em carioquês: Aíh, fala séro, aíh! Coé, mehmão, qui merda! Na real, tu pegou mehmo um traveco, mehmão? Tu tá de caô, aíh! Aêh, tu botô um travecãoo nu teu carro, vacilão? Porra, coé, qui mané, aeh!

Como o percebido, uma simples frase de 3 segundos vira uma frase de 1 minuto e meio para um carioca, que fará uma grande quantidade de gestos e arrastará todos os "R's" e "S's" da frase. Até a mãe chamar seus filhos para jantarem, a comida já esfriou.

Elise Machado disse...

HAHAHAHAHAHA.
TOU PASSANDO MAL DE RIR!!!

Eu falo "bixcoitu", hahahahah.
Mas sou rapidinha pra falar, juro :)

E falo "mermão" à beça...
Vixe!
Tou me entregando, né?? hahahah

Anônimo disse...

Morei no rio por um ano, mas nem percebi o DOUZE.....o que percebi e me irritava profundamente é o naISce, naIScimento etc e tal!!!!!ficava mto irritada!!!!!rsssss
bjos
Pat

Ellen Giese disse...

Aqui no sul ninguém fala douze não, rs. Em vez de douze, bixcoito, etc, nosso problema é a porrrrrta e o tal do leitE quentE. Beijos!!

Ruiva disse...

Sabe o que me mata?? Professora falando doUze, e ficando putinha se alguém corrige.

E igualmente irritante é o otcho do baiano. Aff.....


Gabriela, eu aprendi que 14 tanto pode ser catorze quanto quatorze. Nesse caso não está errado não. Deve ser questão de costume do local.

je disse...

coisa de carioca mesmo colocar letra onde nao existe e se vc o corrige ele diz que ta falando certo,nao consegue perceber a letra ali no meio!tinha uma carioca que fazia questao de dizer naIscimento e nao nascimento como qq mortal!

leticia disse...

DOUZE é coisa de CARIOCA..porque aqui no NORDESTE é doze mesmo..bjos.

Claudio Barretto disse...

Opa opa opa - peraí que há um erro nessa história.
Carioca não fala "douze"; carioca de verdade fala "DOAZE". hahaha

"Mermão", "mermo" e "cupadi" são os melhores diagnósticos do carioquês.

Divertido tb é o pessoal que fala "azu" ao invés de azul.

ni disse...

Deve ser do sotaque carioca, porque eu nunca reparei esse U do DOUZE, vou pedir a uns conhecidos cariocas falarem doze pra eu ver.
Que nem carioca tem mania de botar um "a" no fim das palavras: "AlôA", "carpeteA"

ni disse...

ah, concordo com esse último comentário do Claudio, olha o "A" intruso aí! hahaha
Desculpe pela repetição do "é coisa de carioca", comentei antes de ler os comentários.

Giuliana disse...

Leu Machado de Assis? Douze... pois é ... prefiro acreditar que essas pessoas tenham influência de Machado de Assis.

Fernanda Fernie disse...

Elise, vc é mto cariocaaaaaaaaa, percebi na tua voz qd vc postou aqueles vídeos, sabe? mas amo sotaque carioca, da mesma maneira q amo meu sotaque nordestino..são regionalismos, cherie
bjas

Silvia Maria disse...

Pô, Elise,
Qual o pobrema de falar douze?
Pega sua bicicreta e vai dar umas volta por aí. Mas cuidado pra num atropelá as criança!
Kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

galhera, lhegal, flamiengo, elaixtico... sao palavras que sempre denunciam um carioca!

renata959 disse...

Elise, realmente nós cariocas falamos doUze (grau máximo de carioquice) mesmo ou dOAze (como disse alguém aí em cima) e o pior é que falamos "cantadinho" ainda por cima, hahaha. Isso rola com o oUnze também, repara só. Eu moro em SP há uns 8 anos e SEMPRE me perguntaram porque o U no meio.

Uma vez me disseram que carioca qdo fala "ai que bosta", é um rebosteio geral, pq é "ai, que boSH-sh-SH-sh-SH-sh-SH-shta" (o hífen é pra frisar que falamo com cadencia, meio que subindo e descendo o tom do SH). Morri de rir, mas o pior é que sonoramente sai assim mesmo, subindo e descendo o tom.

Já o "ai que merda" sai lá do fundo da garganta, mas isso pode ser tbm por conta da situação. Veja só: tem situação que é uma merda simples [curta e breve] e outras que são uma mer-r-r-r-r-r-r-r-r-r-rda master, que demandam uma pronuncia mais enfática, com o R vindo lááááá de dentro, com raiva mesmo, kkkk! Só de falar já alivia, experimenta! É quase uma sessão de terapia.

Mari disse...

Meu primeiro comentário pra dizer que o que irrita mesmo é o tal do "naisceu" (nasceu) - hihihi!