domingo, 30 de janeiro de 2011

NA BOATE

(imagem: reprodução)

Sábado, boate cheia.
Faz tempos que não vou pra esse tipo de lugar.
Mas na verdade não muda nunca.

Fomos até a pista de dança, e ele me disse: "guenta aí um minuto que eu vou ao banheiro".
Já suspirei porque, né, mulher sozinha em pista de dança de boate não tem sossego. Pode até ser feia, desdentada, que não tem jeito.

Volta ele e pergunta rindo:
- E aí, qual foi o "score"?
- Dois - respondo meio de saco cheio
- Hum... viu, até que você ainda tá dando um caldo, hein, Nita... - falou rindo e implicando, enquanto eu dou uns tabefes de leve nele - E aí, como foi?
- O de sempre; uma encoxada e um tentou pegar a minha mão.

Na verdade ESSE pra mim é que é um grande mistério da humanidade: homens que tentam chegar em mulheres desse jeito.
Um me empurrando, tentando me encoxar, como se fosse um Labrador no cio. Tenho que segurar o acesso de riso nessas ocasiões - isso pra mim é o oposto absoluto da sedução.
Outro tentando me segurar.
Juro que tive ganas de dar um tapão nesse. Ecoti, sei lá onde esses bêbados de boate botam a mão!
Só não dou logo umas bifas por conta do meu tamanho ridículo, e por não querer arrumar problema pro meu marido - se eu me engalfinhar com um cara, ele vai se sentir na obrigação de me defender e, Deus me livre!, vai acabar em confusão.

Mas o que se passa na cabeça dum cara desses???
A resposta deve ser óbvia - eles conseguem pegar mulher assim.
Encoxou, pegou. Segurou, pegou.
Me custa a crer, mas deve ser verdade, porque ninguém faria isso se não funcionasse!

Peeps, quem são essas mulheres???
Sério.
A pessoa sai de casa, vai pra uma boate maneira e pensa: "vou me atracar com o primeiro Zé Arruela que me pegar pela mão"???
É normal eu sentir nojo??? rsrsrs
Tá bom, eu sou chatinha com essas coisas; desconfiada, metida, jogo duro, o nome que você quiser chamar.
Mas não é NORMAL você beijar qualquer buraco, digo, qualquer pessoa que você nunca viu mais gorda!
E se ele tiver sapinho?
Ou bafo?
Ou tiver o hábito de roer a unha do pé???
Ou lamber a caixa de areia do gato dele?? rs

Eu não tenho TOC (não tenho mesmo), mas boca... é boca!
É muito pessoal! Beijo é uma coisa muito íntima (ou não é?).
Sem romantizar, não tou falando que tem que ter amor e nhénhénhé. Não é isso.
Dá pra beijar sem neura e compromisso, ok.
Mas, porra, tem que ter algum critério, né?
Até pra beijar prostituta é mais caro! rs.

Cada vez me convenço mais de que EU é que não faço parte dessa sociedade...

17 comentários:

ADri@n@ disse...

eu tambem, ja faz muito tempo q nao vou pra boate...
to ficando velha. rsrsrsrs
...
AH, EU QUERIA APROVEITAR PARA FALAR DO SORTEIO QUE ESTOU FAZENDO NO MEU BLOGUE...
DA UMA PASSADINHA LA...
BJO

Bia disse...

Eu juro que não entendo por que os caras fazem isso! Acho que só cola com aquelas mulheres que nem se aguentam de pé de tão bêbadas. Uma vez eu estava saindo de uma balada com umas amigas e uns caras fizeram um "aproach" completamente sem noção. Eu, encorajada por algumas (várias) cervejas perguntei "escuta, moço, quantas mulheres vc já pegou desse jeito?"
O idiota entrou no carro e saiu me xingando de qualquer coisa que eu não lembro...acho que xingando ele já deve ter conquistado váááááárias, né?

Ruiva disse...

O papo hoje na piscina foi exatamente sobre isso.
Eu morro de nojo também. Não achei minha boca no lixo e não admito que um troglodita qualquer ponha as patas em mim. Me chamem de careta, de frígida, de ridícula.. pouco me importa. Mas o mínimo que eu espero é um pouco de esforço pra me seduzir, mesmo que não fale muito. Custa paquerar um pouco? Dar uns olhares, fazer uma dancinha do acasalamento antes? Se não faz a menor questão disso logo de cara, quando é que vai fazer??

Cici disse...

Ai qdo eu era adolescente ia para as baladas e pegava geral, só precisava ser bonito. Hoje tenho nojinho das pessoas, principalmente homem (não sou lésbica mas pô, vamos admitir que as mulheres costumam ser mais limpas) e não é só nojo não me sinto mais à vontade com quem não conheço. Coisas da idade...

aime disse...

Ta aí algo que eu no alto dos meus poucos 21 anos sempre tive problemas...
Powwww, quer ver ter problemas, era ir em balada e micareta (logo no começo as micaretas em 2005... nao era coisa de baiano, nao aki em sp, nao era acessivel pros pobres como eh agora...) e sempre tinha confusao....
Uma vez numa micareta o cara me abraçou por tras e apertou meu peito, nossa, soquei tanto a cabeça dele... E ele no alto da bebedeira dele ainda veio novamente tentar fzr dnovo, obviamente fui pra perto do segurança....
Tipo acho ridiculo isso, e desculpe-me quem fez, faz ou acha legal, mas acho horrivel sair e beijar milhoes, tipo, oq isso melhorou na sua vida, oq isso ajudou com os problemas e anseios!?
Sei la, nunca gostei dessa historia de bjar qlqr ze mane que chega perto e disponibiliza 30 segundos do tmpo dele pra ver se consegue me dar uns catas...

Lisse disse...

Não ao certo, mas algum leitor poderia me confirmar: Homem prefere mulher que beija de primeira assim, sem dar trabalho? Pq eu sou fresca pra caramba e vejo uma certa vantagem pras mulheres que gostam de pouca conversa e mta mão.

Nina disse...

Menina, eu comentei esses dias que quero abrir um curso para ensinar os caras que 'pegar no cabelo', 'tentar encoxar', 'lamber os beiços' e 'dançar como o cara da propaganda da Skol que tem o Beto Barbosa' NÃO SÃO formas de conquistar uma mulher!
Esses dias um colega de trabalho atacou com TODAS essas pra cima de mim. Porra, o cara tem 40 anos e ainda não aprendeu???

Ruiva disse...

Nina, os que estão na casa dos 40 são os piores. Geralmente são recem separados e ficaram fora de combate há tempos. Dae, quando se veem livres, se acham essa coca-cola toda. Alguém, por favor, conta pra eles que é patético?

Anônimo disse...

HAHAHAHA
Me matei de rir!!!!!!!!
Tô numa fase solteira e esse será um grande problema prá mim, pq além de tudo, eu sou DENTISTA!!!! Aí, f..eu!!!!!!!!!!
Outro dia, um carinha que eu tô afim foi ao meu consultório fazer uma limpeza. Já achava uma gracinha e a boca está OK. Já deixei "beijável"!!!!!!!!!!!
Seria o ideal, fazer um exame clínico e uma limpezinha básica antes de beijar...
HAHAHAHAHA
Beijassss
Clau

Daniel disse...

Malditas Micaretas... Batidões... e Comitivas...

Eu acho que tem mulher que não se dá o devido respeito. E meninos que generalizam e tomam por base as piores.

Junta merda com merda.. dá....

Nada contra quem vai pra curtir. Problema deles. Só não serve pra mim

Malditas Micaretas... Batidões... e Comitivas... ahhh e os Forrós Universitários...

Sou "tradicional" olhares, oi, papinho, conversa, beijinho na bochecha, mais flerte (essa palavra é velha mesmo), paquera, ai quem sabe um beijo...

Beijos do Saladeto "Retrô"
Dan

Patrícia Nunes disse...

parece aquele tempo das cavernas, q o homem dav auma paulada na kbça da mulhere e puxava pelo cabelo arrastando pelo chão

Gábi disse...

Ahhhhhhhhhhhhh Elise, xô te contar!

Depois de anos na vida de casada me vi na solterice, e cara... NÃO DÁ!

Sair à noite é um pesadelo para quem é sozinha, e eu acabei desistindo de sair muitas vezes por conta disso.

Não tem cabimento! A minha turminha de amigas pega, vou te falar... QUALQUER UM. É bonitinho? Pode chegar e nem falar nada... elas beijam!!!

Eu tb tenho nojo... e pra ser bem honesta, eu não curto essa coisa de ficar. Não mesmo. Eu posso conhecer um cara na noite, mas no máximo vamos trocar tels (agora não q eu tô namorando...rs) mas é assim... vamos nos conhecer?

Não critico quem fica por tesão e só, mas eu não sou assim, não funciono assim. Eu tenho tesão em outras coisas e não na cara do bofe. Eu tenho tesão em como ele me trata, no papo dele, nos hábitos dele... sabe?

É fácil demais ficar com alguém e não ter nenhum comprometimento, zero... não é casar ou apresentar pra mãe... mas assim, pra me pegar, tem que estar interessado em mim, e não em pegar uma mulher qualquer.

Eu sou de outro mundo... ou de outros tempos.

#prontofalei

Juliana disse...

Odeio sertanejo!
mas tô morando em Ribeirão Preto e mais cedo ou mais tarde eu não teria escapatória. Fomos com uns amigos sexta-feira pra uma baladex sertaneja, ai gente, eu gostei, sabe? Odeio a musica, mas via os meninos pedindo permissão pra dançar com as moças, agradeciam e davam beijinho quando a musica acabava. Juro que apesar de odiar sertanejo eu gostei muito disso.

Em compensação fomos em uma super cotada cheia de gente bem nascida aqui (nunca vi lugar pra ter tanta gente bem nascida feito aqui) e os caras eras super ogros, Urgh!!

A próxima será uma super balada gay, vamos ver qualé que vai ser.

aime disse...

juliana, vc vai em uma balada gay?!
Nao sei ai, mas aki balada gay tem vertentes....

Tipo tem a gay trash, q eh akela meio underground (aloca), uns travecos e talz, eu fui em uma uma vez la na frei caneca, eprto da paulista (trabalho de antropologia da facul), e eu achei suuuuper sussa, pessoal educado, conversam normal, ngm tenta arrancar um braço seu....
A de gay classe media/media-alta (leia-se bubu lounge) foi legal, tem tipo uns heteros/gays (nao da pra saber q eh) q sao meio chatos, tipo quer levar braço embora, apertar bunda...
E tem a de rico q é a pior de todas (the week) essa sim deveria ser chamada de underground, ja cara q so faltava estar trepando no sofa do lounge, nego se pegando de jeitos q nunca vi numa balada hetero, parecia q eu tava num GRD filme porno,mulher? contando comigo eramos em 5, digo 4, pq uma eu desconfio q era travesti!!!!! Horrivel, odiei, eh sem noçao... realmente nesse caso o $$ corrompe e mto, pq eles sem bem descarados... E nao se exige o minimo do comportamento social!
Tomara q vc de sorte.... Pq olha, eu ainda acho que o universo gay eh mto mais cheio de libertinagens em publico q o hetero

Juliana disse...

Aime, pra ser sincera acho que vai ser tensa hahahaha.

Pq é uma balada super barata, mas sabe quando vc precisa pagar pra ver?

Eu gostei da aloca e gostei, ams tinha uns 21 anos, e nessa época vivia nas similares da the week e eu tava numa época de piranhagem e não achava ruim, mas hoje em dia eu prefiro não frequentar nenhuma balada tecno, sério. Não sei se é a velhice mas não vejo propósito naquelas músicas.

Mas sou super do tipo sem preconceito que vai pra ver qual é, mas que geralmente nem volta hahaha. Já fui naquelas casas de swing que tem uma boa normal e juro pelos céus que tem muito menos putaria que qualquer outra casa noturna. Sérião.


E é isso dá impressão que qto mais grana a pessoa dá pra entrar no lugar menos respeito tem e a segurança não tá nem aí se estão trepando no sofá, agarrando moça a força... E é tenso que já fui em super baratinha que o segurança viu o casal se agarrando demais e expulsou.

Amanda disse...

vixi foi igual a mim esse fds. eu odeio menino que coloca a cara na sua pra tentar te beijar. serio isso podia ate funcionar quando era adolescente mas hojeeeee. e o pior que tava indo na direção do meu namorado e o cara fez isso. tentei sair e o cara ainda ficou me impatando. olhei pra ele "vc me dá licença" com a cara mais grossa q consegui fazer. ele saiu ainda ficou gritando umas coisa q nem escutei. podre.

Marina disse...

Elise, é sério! Vc me faz feliz por mostrar que existe gente igual a mim nesse mundo! Yay!!!!!!!!!! Não estou sozinha!!!!! kkkkkk!
Concordo com tudo o que vc disse e sempre me achei estranha por pensar assim, sentia que não me encaixava socialmente de maneira nenhuma!
Falo sério quando digo que fico feliz por constatar que tem gente que tem opiniões parecidas com as minhas (e convenhamos, nós somos minorias!)
Adoro o seu blog e, ouso dizer, vc tb, mesmo não te conhecendo pessoalmente!
Beijos mil!