quinta-feira, 26 de março de 2009

SOBRE A ARTE DE SE REINVENTAR

Essa semana eu li uma matéria interessante no site da Lilían Pacce sobre as fases de Marc Jacobs. E fiquei pensando nisso.

Olha só que pessoa que se reinventou!
Eu sei (I've been there) que é muito complicado quando vc por dentro é uma coisa, e o seu exterior não reflete aquilo. Essa inadequação traz muita angústia. Vc se sente uma pessoa por dentro, e quando se olha no espelho, mal se reconhece.

Mas não precisa ser assim! Acho que o negócio é sair da fase da inércia, e partir pra fase da mudança. Porque mudar o exterior pode ser mais fácil do que o interior. É mais tangível.

De repente vc tem alma de loura, mas é morena. De repente combina com unhas vermelhas fatais, mas rói unha. (uma tinta - e coragem- te separa do seu sonho! Ou força de vontade e uma manicure! rsrsrs)

Ou não se veste de um jeito que combina com vc. Claro que tem coisas que não dá pra mudar! (seu sonho é ter a pele chocolate, mas nasceu oriental, por exemplo). Mas tem tantas que dá, e a gente não muda por... sei lá porque motivo! Preguiça? Falta de estímulo? Não caiu a ficha?


Até as famosas tem de se esforçar para combinarem mais consigo mesmas! Todo mundo.

Não, não tou falando que vc tem de emagrecer/engordar, virar loura/morena, ou coisa assim. Mas é que eu vejo tanta gente que pode combinar mais consigo mesma, se fizer pequenas alterações!

Veja o Marc de novo. Aposto que ele não se sentia o nerd que aparentava ser. Aposto que ele pensou um belo dia: o que eu posso mudar, pra melhorar minha imagem pra mim mesmo? Que mostre quem eu sou? Será que é melhor cortar o cabelo? Ficar sarado? Será que eu tenho alma de bofe??? rsrsrs

Acho que deve ser por isso que tanta gente se detesta na adolescência, e depois se gosta na fase adulta - com o tempo vc vai se adequando melhor a quem vc realmente é. E não se conforma com o pacote básico que recebeu ao nascer! rsrsrs

Se eu me "conformasse" de todo, seria monocelha, por exemplo. Ou teria um culote maior do mundo. Fiz o que deu - faço a sobrancelha e fiz uma lipo. Vc não pode fazer lipo?

Ok, mas vai descobrir que TEM outras coisas que pode. Pequenos detalhes fazem toda a diferença.
Então ao invés da gente ficar reclamando do que não dá pra mudar/fazer, 'bora fazer o que dá.

Tá sem grana pra pagar academia? Malha em casa. (eu malho) Tem dvd de Pilates por 19,00 na Saraiva. Vc deve ter aparelho de dvd...

Não dá pra pagar nutricionista? Bom, se vc está aqui, tem internet. Pode ler sobre o assunto. Não tem grana pra comidas diet? Nada tão barato quanto a feira...

Adoraria se vestir só de Maria Bonita Extra, mas não rola? Se informa nas revistas ou nos sites sobre o estilo e procura versões mais baratas. Ou arruma uma boa costureira que faça.

Enfim, eu falei só sobre o empecilho "grana", mas existem os fatores "tempo, "preguiça", "saco" etc. Mas... vc sabe que isso tudo é desculpa pra se sabotar, né? E tem outras coisas. De repente sua vida pode mudar se vc só der AQUELE telefonema, ou enviar aquele currículo, ou terminar com aquela pessoa... isso é mais difícil, mas se vai te fazer mais de acordo com quem você é...

Então levanta esse rabo daí e vai mudar o que te incomoda!

[TPM MODE UBER ON]
Fotos: reprodução

14 comentários:

Milena disse...

hahahahah e eu achando sua filha super articulada!
Olha só: maça inteira sim! a linhaça, vc compra ela em sementes (a dourada tem mais valor nutricional) e deixa num potinho com água por 8 horas, isso é germinar entendeu?
E vc pode passar na peneira sem problema, mas aí ele fica mais grosso, com uma consistência mais difícil de engolir...
Mas tenta sim!! Faz muuuuito bem pra saúde!
depois me conta! bjoooo

Maela disse...

Cortei 3 palmos do cabelo, fiz mechas, e estou treinando p/ correr os 10 Km da Tribuna, e indo na ginástica pelo menso 4X por semana. OU seja, deixei o "saco de preguiça" p/ próxima encarnação!

Milena disse...

Ah Elise! Coador não funciona! Peneira se não tiver o pano ok?

bjo

Tina Lopes disse...

Jura que tem DVD de pilates que presta? Indica, please?

Elise disse...

Mi, vou tentar!!

Maela, muito bem! É DISSO que eu tou falando!!!

Tina, indico com o maior prazer! Nesse link vc pode ver qual é http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=158499&ID=C93554047D9031A0F00090375
Mas esse tá caro - eu peguei uma promoção de um box com esse Pilates + yoga + power yoga, tudo da MTV por 19,90!!! (acho que acabou, mas vale procurar!).

O dvd é legal, a aula pode ser em português ou em inglês, vc pode acompanhar a pessoa do nível básico, intermediário ou avançado. É uma questão de gosto, mas eu me adaptei muito bem, estou fazendo há alguns meses e gostando muito. Vario, pra não saturar. Eu detesto academia, então comprei pesos, caneleira, uma cama elástica e esses dvds e estou conseguindo me manter no meu ritmo!

Beijas.

Cele disse...

Ai, Gsus! Tô hiper precisando desse sacolejo! Depois do meu parto, eu tô um desgoto só. O menino já fez 5 meses e as pessoas ainda me perguntam se eu tô grávida!!! Para voltar ao peso de antes, ainda faltam 3kg, ms eu quero perder 8kg. Socorrrooo!!!!

Lú Elste disse...

Adoro teu blog, leio sempre que tenho um tempinho.

Amei o post porquê é exatamente isso que acontece: você se transforma no que quiser, desde que se sinta a pessoa que quer ser. Eu tinha 100 kg, usava tênis e camiseta, um cabelo-bucha e nenhum um pingo de maquiagem.

Um dia acordei e resolvi que ia mudar, e mudei. Faz 10 anos que sou a perua-mor do círculo de amigas, só uso salto, a-mo make, meu cabelo está ótimo. Mudei tanto que antigos conhecidos se negaram a acreditar que eu era eu. Muito precisei mostrar a carteira de identidade.

Acontece que dentro de mim sempre morou a Lú de agora, que só precisava se recelar.

Beijinho

Ana Barros disse...

Muito inspirador este post.
É sempre bom nos lembrarmos de que na nossa vida somos o personagem principal, e toda a nossa história se desenrola a partir de nossas ações. O primeiro passo é sempre mais difícil, mas dali pra frente as coisas só podem mudar. E normalmente para melhor !
Bjos

Elise disse...

Cele, calma! 5 meses ainda é pouco tempo pra se recuperar; o negócio é começar de pouquinho... passos de bebê ;)

Lú, fiquei muito tocada com seu comment. Principalmente a parte em que vc diz que a Lu de agora sempre morou dentro de você. Obrigada por compartilhar!

Ana, achei que vc estivesse de férias, menina!

Beijas.

Flá disse...

Concordo super com o post e totalmente me identifiquei pq eu sempre tenho reclamaçõezinhas sobre mim q msm me incomodando eu num faço nd além de encher o saco dos outros com elas!HAIHAIUHAihiaHIUahiua, e realmente pequenas mudanças fazem uma boa diferença!!

Agora,soh um comentário em off...na foto do Marc Jacobs com a blusa do Mickey me lembrou MTO o Hank Azaria qndo usava um cabelim assim!hAIUHaiuhAUIHaiuhIUa

bjos!=)

Natie disse...

Amei o post, concordo com o que você falou. No meu caso a mudança já começou era mais comportamental do que na imagem. To engatinhando, mudando aos pouquinhos, e to amando.
é e graçado como às vezes a gente acaba aceitando a mamenira como as pessoas nos enxergam julgando pelo exterior. Se não tomarmos cuidado acabamos virando o que os outros falam que somos. Bora tomar a rédeas e virar o jogo!!
bjo

Nanda disse...

Foda é quando tu tá naquela fase saido da adolescênca, saindo da faculdade, não sabendo direito o que te faz ficar mal, e a parte que vc sabe que não tá legal, não tá na hora de mudar...faltam alguns meses, meses decisivos, que exigem o seu máximo, mas vc tá ali sofrendo de uma ansiedade absurdaaaa...
Aff, desculpa pelo desabafo, mas este post tá na mesma vibe que eu to.

Beijos Elise

Natalia disse...

Elise,
concordo muito com o que você disse, mas faço ressalvas.
Hoje em dia acho que a plástica tá muito banalizada. Tipo, a pessoa acorda de TPM, se olha no espelho e fala: hum, acho que não gosto do meu nariz. Vai lá, faz uma plástica e se arrepende depois. A gente tem que se policiar um pouco para não virar um Michael Jackson, você não acha?
Não concordo que seja assim: "Não gosta dos seus pneus, faz lipo." Acho que dá para fazer uma ginástica bacana, uma dieta e ter força de vontade.
Algumas coisas acho que são aceitáveis, sim. Mas as pessoas estão pouco tolerantes hoje em dia. Além disso, essa busca incessante pela perfeição é um pouco doida ao meu ver. Cada um é um, bonito do jeito que é. Claro que podemos - e devemos - caminhar para a melhora sempre, mas com consciência.
beijos

Tina Lopes disse...

Obrigada!