sexta-feira, 19 de junho de 2009

AMIGUINHAS...

Eu tenho que confessar. Se eu ainda não tinha ingresso carimbado no expresso-belzebu, via inferno, agora tenho, rsrsr.

Eu tenho problemas com as amiguinhas da Memée. Vcs sabem, a minha política é a de quase-não-interferência, pra deixar ela ser exposta a todo tipo de gente, lidar com situações conflitantes ela mesma... então fico remoendo um monte de restrições que tenho em relação às garotas.

Que fique claro - eu até gosto de crianças. Bom, nem todas, rsrsrs. E em sua maioria bebês ou crianças pequenas. Agora com pré-adolescentes... putz.

E a Memée tem muitas, né. Tem dias de ter umas 5 ou 6 de uma vez aqui (minhas paredes! Minhas paredes!! Essas ogras não tem mãe, não!!). Uma delas, a melhor amiga dela, eu AMO. De paixão mesmo. Como se fosse minha filha. Sabe por quê?

Ela é um docinho, e educadíssima. Me abraça, me beija, me chama de tia querida, sempre agradece, conversa com a maior educação, não grita... quem conhece sabe do que estou falando.

Agora, a maioria...

Uma entra aqui e nem me cumprimenta, é mole??! Passa do meu lado, ABRE MINHA GELADEIRA, e nem tchum pra mim!!

Outra me chama pelo nome, e não de tia (tudo bem, nada demais. Mas cara, a moleca tem uns 11 anos; tá se achando muito adulta, né? Eu não curto não. Acho que chamar de tia demonstra assim, um respeito aos mais velhos, sabe? Pô, eu chamo minha sogra de "tia" até hj!! Pq eu conheci ela garota, e achava falta de educação chamá-la pelo nome, como se ela fosse minha igual... neuroses)

Outra, é a famosa ANTI-CRISTO, que eu já falei várias vezes aqui. Essa tem o coração PELUDO mesmo. Faz merda e bota a culpa nas outras; é mentirosa; judia do cachorro quando acha que ninguém está olhando. Faz intriga com as outras.

Tem a MINI-PERIGUETE, que usa short enfiado no c..., com top micro curto, dança funk rebolando de forma indecente até o chão, fala baixaria quando acha que eu não estou ouvindo..

Tem a TRATOR, que já quebrou 3 dos brinquedos preferidos da Memée, rasgou uma blusa, passou batom no corredor, quebrou o quadro da porta...

Pô, nem tou falando que a Aimée é uma santa, nem nada. Se as mães das amiguinhas dela tb tiverem restrições a ela, entendo completamente. Essas meninas até são boazinhas (menos a anti-cristo), mas, CARA, a verdade é que eu não aturava adolescente nem quando era uma, rsrsrs.

Aliás, acho que só aturo a Memée pq é minha filha mesmo, rsrs.

20 comentários:

fátima disse...

odeio que me chamem de tia, sempre odiei.
sempre fiz a maior campanha com os amigos dos filhos por causa disso. alguns aceitaram e me chamam de "fá", outros continuam me chamando de tia até hoje. acho um saco: tremendos cavalões e cavalonas, formados, profissionais, doutores, me chamando de tia!!!

bj

Elise disse...

Rsrsrsrs, Fátima, se um cara de 20 me chamar de tia, até infarto, rsrsr.
Mas uma moleca de 10 anos... acho tão esquisito!
Ela chega e diz _"oi, Elise! Beleza?", rssrs

E pior que quando me refiro a mim mesma pra ela, eu digo tia - " fulana, a tia vai botar lanche pra vcs, tá?", rssrs.

A maior confusão!!! hahaha

Andréa Ramos disse...

Amiga,essa fase é a pior de todas.
Eu estou na minha terceira eperiência com adolescêntes.
Os meus filhos até que são bonzinhos,têm uns amigos legais,mas sempre tem um que irrita a gente.
Tem um que é educado,de família muito boa,mas come que é o cão.
Nunca vi uma coisa daquela,o cara é uma draga.
Boa sorte com essas adolescentes,vc vai precisar.
Beijas.

Elise disse...

Déa, ai que alívio!! Achei que fosse só eu!! srsrsrs

Menina, tem dias que a Memée traz 5 aqui pro lanche, e elas comem tudo!!! Eu não ligo dela trazer as amiguinhas pa comer aqui, até fico feliz. Mas vc me entende: às vezes eu faço um bolo, ou pudim à tarde, e à noite nem tem um pedacinho pro B! srsrsrs

Teve uma vez que elas queriam comer maçã, e comeram... 7 de uma vez!! Todas as que eu tinha separado pra fazer uma torta, hahaha.

Pior é quando eu chego e tem um monte que eu não conheço na minha cozinha, abrindo a geladeira... teve uma que perguntou pra mim: tia, só tem leite desnatado, é???

É mole???? rsrsr

Jussara disse...

Meu Deus, Elise, mas essa meninada é mto sem educação ou eu que parei no século passado?rs. Eu sou burra velha já e não abro geladeira na casa alheia. Estou passada aqui...Sou como vc, "até" gosto de crianças, rs, mas tb prefiro bebês e as menorzinhas (e aquelas fofas que só existem nos filmes, rs). E chamar pelo nome, como se vc tivesse a idade dela, acho falta de respeito, sei lá. É como chamar pai e mãe de "cara", eu, pelo menos, acho feio. E essas que comem como se estivessem amarradas, não têm comida em casa, não? Que horror, rsrs.

Priscila B. disse...

ai, tenho horroooor a adolescentes.. nunca gostei..só quero ver agora que meu irmãozinho tá se tornando um..: (
bjim!

Ju disse...

olá!
quanto à história só tenho a comentar: criança mal educada é o fim!

tenho acompanhado teu blog há um tempo, tava lendo esse post e fiquei pensando... as pessoas que convivem contigo sabem que tens esse blog? Tua filhinha, amigos, vizinhos, por exemplo, sabem e lêem?

Eu tenho meio que esse receio. tenho um blog que deixo aberto e n posto quase nada, somente pra as pessoas que quiserem falar comigo diretamente e tenho outro que é privado, que uso mais.

Deixo privado pq faço esse tipo de desabafo que às vezes tu fazes, e ainda tenho um certo receio da repercussão desses posts em relação a certas pessoas...
tens este mesmo pensamento?

massa teu blog!

bjos

Cristal - a louca. disse...

Elise, me cago com seu blog, nem sempre comento, mas sou seguidora e tals.
Eu que enm tenho filhos me "arreliei" só de ler e fiquei rindo aqui da tal anti cristo, garotinha mau caráter kkkk.

Beijundas ^^

Silvia Maria disse...

Ai, Elise...
o meu é menino e a minha tentativa de não-intereferencia é grande! Ele iria sim te chamar de Elise, mas é todo dá licensa, por favor e obrigado. É do tipo INCAPAZ de entrar no elevador antes de qualquer pessoa (menos os amigos dele). Meninas, mulheres, mais velhos e criancinhas, tem a preferencia. Mas ele tem cada amigo...PUTAQUEOPARIU! O meu cachorro é mais educado!
Fazemos a nossa parte, né?
Bjks

CooKie disse...

q amiga ótima!!

Luciana Leal disse...

Elise, eu ainda não tenho filhos, mas tenho sobrinhos e afilhados. Como sou uma tia/madrinha participativa, conheço os amiguinhos e os inimiguinhos por tabela.Fico também chocada com a falta de educação desses seres do mal.
Uma vez, numa festa de 7 anos da minha afilhada, eu me fantasiei de princesa para animar a festinha que foi simples, no apartamento.
Me senti A XUXA, imagine.
Tinha uma menina, a Clara que era A DO CONTRA. Recusava todas as brincadeiras propostas. Teve uma hora em que ordenou que eu fosse buscar uma coca cola para ela, pois EU ESTAVA SENDO PAGA PARA ISSO (ela achou que por eu estar fantasiada, era empregada da festa).
Certamente essa menina, que devia se chamar ESCURA, já presenciou a mãe falando assim com os seus empregados.Os filhos copiam o comportamento dos pais e o que não falta é gente mal-educada nesse mundo!!!

Lanny disse...

Concordo com tuuuudo que vc dise, essas meninas devem ser perigosas! :) Serio, nao eh pq eh crianca que a gente nao pode odiar! Mas chamar vc pelo seu nome nao vejo nada demais. Eu nao sou tia de ninguem (ninguem mesmo) e tenho nome. Ja odeio flanelinha me chamando de tia.... serio.. acho que nao eh desrespeito.. ja abrir a geladeira sem falar contigo ja sao outros 500. Beijos!! Ah! So um porem (nao quero levantar polemica, ok? eh so um toque): a Luciana leal nao deveria falar que "escuro" eh do mal. E "judiar" de cachorro pode ser substituido por maltratar.

Lanny disse...

Ah desculpe: acho que judiar tem a ver com judas e nao judeu, ne? eh que ontem dive uma discussao tao grande com uma pessoa que disse coisas abseurdas sobre judeu que fiquei meio traumatizada. Ai quando vi judiar, logo veio judeu na mente. Foi mal!

Anônimo disse...

Prefiro ser chamada pelo nome a tia!!ehhehehh....beijos,Elise!!!

Marina Mattos

Luciana Leal disse...

Oi,Lanny:
Acho que você não entendeu....achei que ela deveria se Chamar ESCURA porque o nome dela é CLARA, e ela é chata pra caramba!!!
A CLARIDADE é legal, do bem...
A ESCURIDÃO é das trevas, do mal...
Sacou?
Beijos!

Flá disse...

DEUS ME LIVREEEE!!Eu não tenho filhos,neh,mas tenho uma irmãzinha de 13 anos que tah nessas...A amo loucamente e gosto das amiguinhas dela mas juro,nem tenho paciência pra elas não!!!Aliás,apesar de eu não conseguir me sentir super adulta (problemas grandes com a pós adolescência!)eu não tenho nenhum saco pra (pré)adolescentes!A vantagem eh q elas me respeitam e eu posso bancar a "irmã mais velha antipática"e falar coisas do tipo "Nossa, mas pede por favor,tá?" ou "então,pode parar de mexer nisso?", já que minha mãe não tem coragem de falar algumas coisas,qndo a mulecada abusa...

Isadora disse...

Sofro isso com minhas alunas. GENTEDOCÉU, eu não vou ter filhos. Tem menina de 12 anos se esfregando em professor, Elise! Tem menina de 12 anos mandando professor praquele lugar! Sério, é assustador.
(E ás vezes eu tenho vontade de pendurar uns na árvore até tomarem jeito, viu!)

Beijos!

Renata disse...

Ai, ai, ai...acho que ainda vai demorar um pouco pra eu chegar nessa fase cheia de adolescentes em casa! Que medo! rsrsrs!
vê se faz logo outro bebê, que aí vc desencana um pouco dos teenagers...rs!
beijos, querida

Lanny disse...

Luciana, claro que saquei! Mas nao eh de hj que vejo negros (morenos, mulatos, etc) ficarem indignados pq ate hj relacionamos a cor escura (preto, trevas, etc) ao "mal". Em oposição ao branco, luz, etc. que se relaciona ao "bem". A bandeira de ouro preto dizia sobre o ouro "precioso, ainda que negro". Estao tentando mudar (nao sei se conseguiram) pq era perjorativo. Claro que a gente ta falando em cor das coisas, mas sao ideias que estao conosco ha muito tempo e aos poucos podemos tentar muda-las, pois as pessoas que tem boa intenção (como vc) nao estavam querendo dizer algo de negativo a respeito de negros. Abraços! Lanny

Elise disse...

Ju, eu sempre me perguntei isso, e já pensei bastante sobre. Já até fiquei bem preocupada com isso uma época.

Mas agora eu resolvi que tenho o direito de dizer o que quiser aqui sem neurose; o que eu faço é preservar a identidade das pessoas (das crianças). Nenhuma mãe poderia identificar o próprio filho aqui.

A Memée não lê, a não ser em ocasiões especiais.

Se elas me perguntassem se se tratava dos filhos delas, provavelmente eu confirmaria, pq costumo assumir o que falo.

Lanny, chérie, judiar vem de judeu? Ou de Judas? Não sabia.
Bom, não importa de onde vem, né; o verbo está previsto no dicionário, e eu não sou muito politicamente correta mesmo..rsrs

Ah, os judeus superam isso, eles passaram por coisa bem pior, rssr.

E essa coisa toda de claro e escuro.. bom, os negros não se ofenderiam com uma bobagem dessas, certo?
E a cor preta está sim associada às trevas, e ao medo, por causa da escuridão, e não por causa da raça.

E a questão da bandeira.. puxa espero sinceramente que não mudem! Pois é uma coisa estórica... seria uma pena perdê-la por causa de acertos raciais... sem falar que acho que o que se quer dizer é que, embora o ouro seja negro, e não dourado como de costume, ainda assim é precioso. Acho que se diria a mesma coisa, mesmo que o ouro fosse verde.

E, na boa, eu até entendi como um elogio. Ele é precioso, mesmo sem ser igual, mesmo sem ser dourado. Ele é precioso não importa a cor...

A gente não pode ficar tendo cuidado o tempo todo em não ofender ninguém com nosso discurso, pq senão a vida fica muito "engessada" e chata... sem falar que é impossível agradar a todos, então é melhor a gente ter compaixão na alma, e nada de preconceito no coração.

Assim, qq coisa que a gente diga, não será mal intencionada, e as pessoas não poderão se ofender. Ou pelo menos não deveriam.

Afinal, a vida já tem tantos problemas mais reais, né...

Beijas.