quarta-feira, 11 de agosto de 2010

PESADELO

1:30 da madrugada.

Acabei de acordar de um pesadelo.

Voltei pro computador pra me acalmar, porque fiquei com dó de acordar o B (ele vai levantar cedo amanhã).

Ainda tou toda me tremendo, e, por mais patético que pareça, escrevendo aqui não me sinto tão sozinha.

Foi ruim. Daqueles, sabe? Pôxa, há tempos não tinha.
O saco de ficar revirando certas coisas, certos pensamentos, é que traz eles mais pra perto de novo.

E a gente pode fazer bravata, pode se fazer de fortona, mas tem certas coisas que são duras de entubar. E que quebram mesmo. Que metem medo.
E eu odeio sentir medo. Quando controlo o medo (e eu controlo), me dá a maior raiva. De mim. De ser fraca. De ter medo. Tenho nojo da minha fragilidade.

Acordei com o coração tão disparado, que parecia que tinha corrido a meia maratona. Chorando copiosamente. Mas tentei chorar baixinho, pra não incomodar ele.
Os pulsos, que no sonho estavam amarrados, acordaram latejando. Como pode? Uma sensação de sonho vir pro real?

Também não acordei ele porque fiquei magoada. Totalmente injusto e infundado.
No sonho eu chamei por ele. E ele não veio. Ele não chegava nunca!
Lógico que eu não sou retardada, e sei que ele não tem culpa de não ter me protegido em sonho: ele não consegue controlar isso! E que se ele pudesse, estaria lá, como sempre esteve.
Mas fiquei chateada mesmo assim.
É residual, daqui a pouco passa.

E agora?
Pego um livro de terror, pra distrair e relaxar?

Ah, sim. Porque esses "terrores" de vampiros e monstros são pinto pra mim.
Meus terrores são os reais.
Os gritos.
As maldades.
Brrr!

10 comentários:

Jô Sousa disse...

Oi Elise
Sabe que Às vezes sonho com meu B me traindo e acordo numa raiva dele, daí ele vai pra meu lado e eu falo 'num encosta não, seu traidor', rsrsrs

Anônimo disse...

ow peep querida, é horrível essa coisa de pesadelo, tb tenho mt raramente, ainda bem...geralmente depois q vc dorme e acorda de novo vc acha mt nonsense e até graça, mas ao acordar e até dormir d novo é foda :/

tive um uma vez q acordei desesperada mas depois achei super bizonho, sonhei q meu pai era crucificado, tadinho, q nem Jesus...acordei suando, chorando mas depois de outra dormida só achei meio doido mesmo (devia ser época de páscoa q fica passando td qt é filme da paixão de cristo e eu fiquei com aquilo no subconsciente)

e meu namorado esses dias só sonha q mata gente, ando até com medo dele cmeçar a ficar agressivo durante o sono hahahahaha...é um tal de que sonhou q eu traia ele e ele matava o cara, q um outro queria matar ele e ele matava o sujeito uehauheuehuheauheau...deve ser stress tadinho :P

Anônimo disse...

Ainda bem que já é dia né Saladera!!
Dia lindo, família linda ... os outros são um inferno, mas o dia tá lindo e a família continua linda ...

Vc tem que sentir uma vitoriosa porque consegue crescer com o medo. Não pára, não estaguina. Eu tenho muitos medos e muitos deles ainda me fazem evitar o próximo passo...

Ai ai, acordei meio melosa/melancólica hoje.

Aaaa, saiba que apesar de não te conhecer, como vc já faz parte da minha rotina diária (te vejo todos os dias no trabalho) não gosto de te ver mals. Me aflige ver pessoas boas e legais mals. Logo, logo você tá boa né. Né que tá???

Beijas

Ana Cristina - Curitiba

Silvia Maria disse...

É. Buscar uma válvula de escape ajuda.
Bjks

Jackie disse...

Nossaaaaaa, tá melhor agora?

Também tive pesadelos essa noite, não era aterrorizante mas sabe aquela sensação de sufoco de opressão de sem saída? Acordava e qdo voltava a dormir a porra do sonho recorria. Também, estou revendo Supernatural e assisti o 3x8 de True Blood tudo à noite...rs
E pior, sonhei que eu havia namorado uma mulher (nada contra gays, mas definitivamente não sou) e não me lembrava de nada. E ficava me perguntando, como eu posso ter feito isso se não me recordo e sinto zero de atração por mulher??? (e ela era tão sem graceira) rsrsrss
Aí sim acordei nauseada...

Espero que esteja melhor.

beijo

Anônimo disse...

Pesadelos são terríveis!!! Mas, pelo menos, podemos despertar e sair deles...
Quem dera se os nossos fossem tão patéticos como um filme de Freedy krueger...
Dão é muito medo, isso sim!!!
Beijos e bons sonhos!
Rê.

Jussara disse...

Espero que vc melhore ao longo do dia. Eu detesto ter pesadelos, ainda mais se namorado estiver no meio e não me ajudar ou estiver contra mim. Geralmente fico com sensação e impressão ruins ao longo do dia, mas é bom tentar tirar da cabeça logo.
Fazia alguns dias que não lia o blog, estou em outra cidade, por problemas familiares, e meio afastada do computador, sem vontade até (e olha que sou internet addict). Mas hj deu um tempinho e resolvi ler os posts atrasados. E é mto bom te ler, dá um alívio tremendo, relaxa, faz rir.
Sobre o post do lanterninha que te deu um tapa nas costas no teatro, eu tb detesto isso. Não suporto que estranhos peguem em mim, mto menos que cheguem batendo.
Bjas.

ni disse...

Poucas vezes acordei chorando de um pesadelo, mas sei que na hora a sensação é terrível, né? Esses sonhos terríveis só têm uma coisa boa: o alívio que sentimos quando acordamos e vemos que era só um sonho.

Nice Oliveira disse...

Nossa é horrivel isso chérie.Sempre que tenho pesadelos acordo chorando.Essa semana tb tive um pesadelo, mas eram meus braços que estavam amarrados. O pior foi sonhar que meu pai estava morto.So de pensar da vontade de chorar.
Beijos e bons sonhos pra hoje à noite.

Anônimo disse...

Coincidência.. semana passada aconteceu o mesmo comigo!
Foi um dos piores pesadelos que já tive.. acordei assustada, com vontade de chorar.. quase não adormecia novamente. Rezei.
Sonhei que estava possuída pelo demônio! No sonho, eu estava sozinha num apartamento.. qnd a "crise" passava, eu ia até a varanda e gritava pelo meu ex (terminei com ele há umas 3 semanas) que tava no prédio da frente, mas ele não fazia nada, ignorava meus pedidos de ajuda (aí tinha um fundo de verdade, pq eu acabei justamente por ele ser desatencioso). Ninguem aparecia.. Coisas muito estranhas continuavam acontecendo cmg, e eu não conseguia fazer parar.. Tudo parecia muito real, acordei angustiada! Ainda bem que desde então não sonhei mais nada parecido.